Weverton propõe anistia dívidas dos agricultores atingidos por enchentes

Publicado em   19/jan/2022
por  Caio Hostilio

O senador Weverton (PDT-MA) apresentou um projeto de lei para anistiar operações de crédito rural do Pronaf e dívidas provenientes de operações de crédito fundiários, contratados nos estados vítimas das enchentes do início do ano de 2022. Os estados contemplados pelo projeto são Maranhão, Pará, Bahia e Minas Gerais e demais localizadas atingidas, cujo número de pessoas desabrigadas já ultrapassa 20 mil. Nestas localidades a maioria dos municípios atingidos são compostos por agricultores familiares, que devido às enchentes perderam toda a sua produção.
“É uma situação muito difícil. As enchentes atingiram em cheio os agricultores, que vivem da sua produção e com as enchentes viram toda plantação arruinada ficando sem meios de honrarem suas dívidas atuais e futuras”, disse Weverton, ressaltado ainda que além da perda da produção as pessoas ainda estão enfrentando outros fatores de risco devido às enchentes.
“As chuvas trouxeram ainda aumento exponencial dos casos de Covid 19 e Influenza. Os casos de dengue aumentaram, além de outras doenças como leptospirose e diarreias por causa da poluição das águas, também se espalham e já causaram vítimas fatais, por isso a necessidade de levar socorro urgente para a população”, frisou Weverton.

  Publicado em: Política

Assistam ao vídeo!!! Marcial Lima chama a atenção do Denit com o descaso com as rodovias que cortam as sedes dos municípios maranhenses..

Publicado em   19/jan/2022
por  Caio Hostilio

  Publicado em: Política

O Estado foi pro beleléu!!! Roseana volta a criticar o baixo índice de vacinação no MA

Publicado em   19/jan/2022
por  Caio Hostilio

A ex-governadora e pré-candidata do MDB ao Governo do Maranhão, Roseana Sarney, voltou a criticar e demonstrar preocupação com o baixo índice de vacinação contra a Covid-19 em todo o estado.

Roseana, baseado nos dados divulgados oficialmente, destacou que o vizinho estado do Piauí já é o segundo do Brasil na imunização, com mais de 75% da população vacinada, enquanto o Maranhão tem somente 51%.

“O Piauí já é o segundo estado brasileiro em cobertura vacinal completa – são mais de 75% da população vacinada. O Maranhão continua bem atrasado, com pouco mais de 51% de vacinados”, destacou Roseana.

Pelo visto tem muitos gestores fazendo politicagem com a vacinação, já que efetivamente não ter comprovadamente nem 60% da população vacinada chega a ser vergonhoso para o Maranhão. Lamentável é lembrar que, com um cenário ainda pior que o atual, o governador Flávio Dino liberou a obrigatoriedade de utilizar as máscaras em locais abertos.

É aguardar e conferir, mas essa realidade parece que não deve mudar, principalmente quando alguns querem apenas e tão somente tirar dividendos políticos eleitorais da imunização.

Por Jorge Aragão 

  Publicado em: Política

Qual a força eleitoral do representante do atraso, da miséria, da fome, do desemprego, da falência , da falta de oportunidades?

Publicado em   19/jan/2022
por  Caio Hostilio

Para piorar o voto é obrigatório!!!

A aposta sempre estará nos bilhões recebidos do governo federal, nas arrecadações do famigerado ICMS e do IPVA, além dos leilões das motos e veículos dos pobres maranhenses.

Claro que acreditam que o capital pode tudo e que com ele, prefeitos e lideranças correram com o pires nas mãos atrás das migalhas para se darem bem.

Acreditam que prefeitos e lideranças mandam nos votos dos maranhenses.

Porém esquecem que são esses maranhenses, em sua maioria esmagadora, que passam fome, que são os miseráveis, os desempregados e aqueles que viram seus empreendimentos decretarem falência.

São esses maranhenses que sofrem, ainda, com a falta de saúde pública, de segurança, de moradia, de infraestrutura, de saneamento básico etc.

Ou seja, acreditam que o eleitor é otario!!!

  Publicado em: Política

Projeto de lei do deputado Hildo Rocha que fortalece turismo nos municípios seguirá para o Senado Federal

Publicado em   19/jan/2022
por  Caio Hostilio

Foi concluída a tramitação na Câmara dos Deputados do Projeto de Lei 10777/18, de autoria do deputado Hildo Rocha, que cria o Calendário Turístico Oficial do Brasil. O projeto foi aprovado por unanimidade nas comissões de Turismo e de Constituição, Justiça e Cidadania. Por ser terminativo na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania o projeto de lei do parlamentar maranhense seguirá para análise do Senado Federal.

O PL de Hildo Rocha prevê que todos os eventos turísticos oficiais dos municípios do País, mesmo os que não ocorram todos os anos, sejam devidamente enumerados em um só documento.

“O propósito essencial é incentivar o turismo e o desenvolvimento local mediante divulgação de todos os eventos que acontecem, regularmente ou não, em todo o território nacional”, explicou Hildo Rocha.

A presidente da Comissão de Constituição Justiça e Cidadania, e relatora do projeto, deputada Bia Kicis (PSL- DF), emitiu parecer pela aprovação e destacou que “o calendário turístico oficial do Brasil, proposto pelo deputado Hildo Tocha, trará pelo menos dois benefícios: 1) facilitará o acesso a toda população, portanto a todos os turistas das datas dos eventos em casa cidade; 2) possibilitará que as prefeituras mantenham atualizado o calendário com a inclusão e a retirada de eventos”.

O calendário será composto a partir de informações a serem prestadas, voluntariamente, pelos municípios, e incluirá todos os eventos que constarem dos calendários turísticos oficiais de cada localidade.

Os municípios poderão solicitar a inclusão de eventos no calendário a qualquer momento, ou poderão, eles mesmos, mediante senha, incluir os eventos em sítio na internet em que constem eventos relacionados por outros municípios.

Fortalecimento do turismo nos municípios
De acordo com Hildo Rocha, os turistas se interessam em examinar as datas em que os eventos significativos ocorrem em diversos municípios de modo a programar viagens a fim de que possam aproveitar as oportunidades para conhecer os locais e os eventos que dão fama a determinados municípios brasileiros.

“Atualmente, por falta de organização muitas informações relevantes deixam de ser divulgadas e, sem organização, o desenvolvimento do turismo fica prejudicado. A aprovação desse projeto de minha autoria irá contribuir para difundir, estimular e fortalecer o turismo em inúmeros municípios Brasil afora”, argumentou Hildo Rocha.

Projeto de lei do deputado Hildo Rocha que fortalece turismo nos municípios seguirá para o Senado Federal


https://bit.ly/33QiVrP

  Publicado em: Política

Advogados repudiam declarações de apoio a Lula em jantar do grupo Prerrogativas

Publicado em   18/jan/2022
por  Caio Hostilio

Advogados repudiam declarações de apoio a Lula em jantar do grupo Prerrogativas
Advogado do Prerrogativas disse em evento público que Lula é o símbolo mais elevado da Justiça.| Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
Um grupo de 1.143 advogados de todo o Brasil divulgou uma nota de repúdio afirmando que “a advocacia brasileira não glamouriza o crime, o criminoso, a injustiça, a impunidade e a corrupção”. O estopim para essa manifestação foram declarações polêmicas de dois criminalistas do grupo Prerrogativas, que promoveu um jantar no mês passado em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O advogado Alberto Toron disse no evento que “Lula é o símbolo mais elevado da Justiça”. Já o advogado Antonio Claudio Mariz afirmou que “se o crime já aconteceu, o que adianta punir, que se puna, mas que não se ache que a punição irá combater a corrupção”. O ex-presidente foi condenado na Operação Lava Jato, chegou a ficar preso por 580 dias, mas foi solto após o Supremo Tribunal Federal ter mudado o entendimento sobre prisão após segunda instância. Posteriormente, o STF anulou as condenações de Lula.

“A maioria dos bons advogados primam pela correção de atitudes, pela ética, pela moralidade, respeito às leis e a justiça. A fala de um advogado ao dizer que Lula é o símbolo mais elevado da Justiça configura-se uma afronta ao bom senso e tem como condão criar uma fantasia absurda. Tal afirmativa não se sustenta perante seus pares de profissão e nem ao crivo da crítica da sociedade que não se deixa enganar com falsa verdade”, disseram os signatários da nota, que repudiaram ainda a impressão dada por Mariz de que todo o conjunto da advocacia brasileira estará ao lado de Lula nas eleições de outubro, o que, segundo o grupo, não é verdade.

  Publicado em: Política

Projeto de Othelino sobre Passaporte Vacinal ganha força com pesquisa nacional

Publicado em   18/jan/2022
por  Caio Hostilio

A mais recente pesquisa do Datafolha, divulgada segunda-feira (17), comprova a importância do mais novo projeto de lei de autoria do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), que prevê a obrigatoriedade de apresentação do comprovante de imunização (Passaporte Vacinal) contra a Covid-19 para acesso a estabelecimentos e eventos em geral em todo estado.De acordo com o Datafolha, 81% dos entrevistados são a favor da exigência do “passaporte de vacina” para que seja liberada a entrada em locais fechados, como bares, restaurantes e órgãos públicos, entre outros. Ainda segundo a pesquisa, 18% são contra a exigência do comprovante e 1% não soube responder.O chamado “passaporte” é o certificado que comprova que o cidadão já concluiu o esquema de vacinação contra a Covid-19. No Brasil, o documento é emitido pelo ConecteSUS ou por sites e aplicativos estaduais.A pesquisa Datafolha foi feita por telefone nos dias 12 e 13 com 2.023 pessoas de 16 anos ou mais de todos os estados do Brasil. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.Passaporte VacinalO Projeto de Lei 001/2022, do deputado Othelino Neto, que trata sobre a obrigatoriedade do Passaporte Vacinal, tem como objetivo proteger não só a população, mas, também, a atividade econômica.O parlamentar destaca que é cientificamente comprovado que pessoas vacinadas, quando contaminadas pela Covid-19, apresentam quadro sintomático mais leve e carga viral muito menor, o que faz com que o risco de transmissibilidade e de internação hospitalar também seja reduzido.  O chefe do Parlamento Estadual maranhense afirma ainda que a medida visa conter o aumento de novos casos de infecção pelo coronavírus e evitar que ações mais restritivas sejam tomadas, a exemplo do que vem acontecendo em outros países, principalmente na Europa, onde restrições a pessoas não vacinados já estão em vigor. No Brasil, pelo menos 19 cidades já adotaram a obrigatoriedade do passaporte vacinal.De acordo com a proposição do parlamentar, o documento físico ou eletrônico comprovando a vacinação deverá ser exigido por bares, restaurantes, hotéis, pousadas, academias e eventos em geral a todos os cidadãos que, de acordo com a sua idade, já estejam autorizados a tomarem o imunizante contra a Covid-19.O PL 001/2022 foi publicado no Diário Oficial da Casa, no dia 12 de janeiro, e passará ainda pelas comissões temáticas de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e Saúde para receber parecer antes de ir à votação no Plenário, em fevereiro, no retorno dos trabalhos.

  Publicado em: Política

Volta as aulas em Caxias está sendo feita seguindo os critérios de segurança

Publicado em   18/jan/2022
por  Caio Hostilio

A volta às aulas em Caxias é feita com muita segurança para os professores e para as crianças também.
Matrículas abertas na rede pública municipal.

  Publicado em: Política

Cynthia Lucena:Boa notícia para os moradores da Rodagem, no2º Distrito de Caxias!

Publicado em   18/jan/2022
por  Caio Hostilio

Boa notícia para os moradores da Rodagem, no2º Distrito de Caxias!

Tem asfalto novinho chegando, melhorando a vida quem mora e o tráfego de quem precisa passar por lá.

A conquista foi possível graças à emenda parlamentar destinada pela deputada Daniella Tema, que atendeu ao pedido do nosso prefeito Fábio Gentil e da Secretária de Governo Amanda Gentil.

A população agradece e espera por mais ações como esta.
.

#vereadoracynthialucena #caxiasma #parcerias

  Publicado em: Política

Perfeito. Quem escolhe é o povo e não os Leões!!! “Quero ser escolhido como o candidato a governador do povo do Maranhão”, diz Weverton

Publicado em   18/jan/2022
por  Caio Hostilio

O senador Weverton Rocha acerta ao dizer que quem escolhe o seu governante é o povo, tal como diz a Constituição: “O poder emana do povo”. Não cabe mais votos de cabresto ou mesmo o coronelismo imposto por falsas lideranças ou até mesmo falsos democratas e republicanos, que continuam a postar na velha política… A compra desenfreada de votos… O povo acordou e sabe de todas as manobras politiqueiras para se manter no poder na marra… Que chegue ao fim essa era com esse péssimo governo que aí está!!! 

Por Marrapa

O senador maranhense Weverton (PDT) deu entrevista ao programa Bom Dia Mirante nesta terça-feira, 18, para comentar as ações que realizadas em prol das famílias desabrigadas do Maranhão. Na ocasião, Weverton comentou sobre a reunião que deve ocorrer este mês em que o grupo político governista definirá seu candidato à sucessão.

“Digo muito tranquilamente que não quero ser o candidato do Flávio Dino, do Ciro Gomes ou do Lula. Quero ser o candidato do povo do Maranhão”, afirmou. “Quero debater uma agenda de desenvolvimento para o estado, para gerar emprego para a juventude, para as pessoas que querem ver nosso estado crescendo”, afirmou.

“Essa relação de quem está com a caneta vai impor sua vontade e vai definir o poder pelo poder já foi superada no Brasil todo e no Maranhão também”, destacou o senador “O povo que é o verdadeiro juiz é quem vai decidir”, completou.

  Publicado em: Política

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos