Se realmente estivessem preocupados com a vida já tinham introduzido a hidroxicloroquina no tratamento do coronavírus… A prova da eficiência segue abaixo:

Publicado em   27/mar/2020
por  Caio Hostilio

A rede do plano de saúde Prevent Senior iniciou na semana passada o protocolo de uso da hidroxicloroquina associada à azitromicina para pacientes com a Covid-19. Em entrevista a O Antagonista, o diretor-executivo Pedro Benedito Batista Júnior revelou que o tratamento teve sucesso em mais de 50 pacientes.

“Pacientes que entraram na terapia e estavam já em entubação apresentaram melhora e alguns já foram extubados. Da mesma maneira, tivemos mais de 50 pacientes positivos que internaram, iniciaram o tratamento, os sintomas foram controlados e agora estão em domicílio”, diz.

“O problema da Covid-19 é que os primeiros sintomas ocorrem já no pico máximo da inflamação. A gente introduz a hidroxicloroquina para conter essa ‘tempestade inflamatória’ no organismo. O que ela faz? Eleva o pH do meio celular e impede que a membrada do vírus possa se acoplar à membrada da célula saudável e jogar para dentro dela todo o seu RNA, e a partir daí se replicar.”

A azitromicina, segundo o médico, é usada para “frear alguma outra infecção oportunista, estabilizando a imunidade do paciente”.

Batista Júnior pondera que os testes ainda estão no início e é cedo para consolidar esse protocolo de tratamento. “Quando eu tiver 1000 pacientes que forem tratados nesse protocolo, aí a gente vai compilar os resultados, fazer uma análise critica de todos os fatores, com todos os exames de cada pessoa, para poder ter um cenário sólido.”

O médico também alerta para a necessidade de manter o isolamento social, essencial para evitar o aumento do contágio. “O tratamento com a hidroxicloroquina tem se mostrando extremamente animador, mas o que mais tem controlado a entrada de pacientes no hospital é a quarentena. Nesse momento, é fundamental que a gente não tenha uma superlotação, o que poderia comprometer a própria capacidade de tratarmos todos.”

Ele avisa que a população brasileira ainda está se contaminando e não se sabe qual será o cume da curva epidêmica. “Há um furor para se quebrar a quarentena nos próximos 15 dias, o que é muito perigoso.”

Batista Júnior dá como exemplo a exposição de mais de 600 mil idosos na primeira semana de vacinação da gripe comum. “O que aconteceu no dia de ontem? Um aumento de 42% nas internações de idosos que contraíram o vírus na segunda-feira.”

O médico corrobora a informação de que o grupo de maior risco é formado por idosos acima de 80 anos, com alguma comorbidade (hipertensão, diabetes etc), mas também teve de tratar com hidroxicloroquina pacientes jovens e saudáveis, entre 20 e 50 anos.

  Publicado em: Política

Diante do último levantamento do MS, o coronavírus só evoluiu contundentemente em São Paulo? Coisa estranha!!!

Publicado em   27/mar/2020
por  Caio Hostilio

Não gera uma dúvida nesses dados após o decreto do governador Dória, conforme a matéria “Caramba, assim o índice de morte por coronavírus vai subir assustadoramente!!! Governo de SP determina que qualquer cadáver deve ser considerado portador potencial de Covid-19?

Vamos aos dados:

As informações do Ministério da Saúde, indicam 3.417 divididos assim: 145 casos no Norte; 539 no Nordeste; 318 no Centro-Oeste; 1.952 no Sudeste; e 463 no Sul. Mas os dados dizem que São Paulo concentra 1.223 casos, e o Rio, 493, o que sobra para Minas Gerais e Espírito Santo são apenas 236 casos? E olha que somente o Espírito Santo não faz fronteira com São Paulo…

Vamos aos dados das 92 mortes. Dessa quantidade só São Paulo leva 68 óbitos confirmados, sobrando para o resto dos estados apenas 24 óbitos, que se contabiliza assim: Amapá (1); Ceará (3); Pernambuco (4); Rio de Janeiro (10); São Paulo (68); Goiás (1); Paraná (2); Santa Catarina (1); Rio Grande do Sul (2).

O secretário de vigilância do Ministério da Saúde, Wanderson Kleber de Oliveira, disse que o perfil das vítimas mostra que, entre as pessoas com entre 20 e 39 anos, foram registradas três mortes. Entre 40 e 59 anos, o total de mortes chega a seis. Já outras 76 mortes ocorreram no grupo de pacientes com mais de 60 anos.

Essa evolução repentina está muito esquisita!!!

  Publicado em: Política

Edivaldo nega boato e alerta para o perigo das fake news durante a pandemia do coronavírus

Publicado em   27/mar/2020
por  Caio Hostilio

Por meio das suas redes sociais o prefeito Edivaldo Holanda Junior alertou  para o perigo que as fake news podem trazer para a saúde pública neste momento de pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Circulou nas rede sociais e whatsapp que a Prefeitura de São Luís determinaria a volta às aulas nas escolas municipais e a reabertura do comércio. A informação é falsa. Edivaldo reforça que continuará mantendo as medidas de isolamento social, conforme recomendam as autoridades de saúde.

Em sua publicação nas redes sociais, Edivaldo pediu à população de São Luís que “não compartilhe fake news, isso atrapalha e muito o nosso trabalho de combate à doença”, destacou.

O apelo de Edivaldo é importante, pois segundo especialistas no assunto, a quantidade de peças de desinformação circulando nas redes é sem precedentes. As publicações falsas trazem desde tratamentos que seriam eficazes contra a Covid-19, ações que estariam sendo tomadas pelos órgãos públicos, formas de transmissão ou prevenção sem validação médica. Estas informações contribuem para aumentar os riscos à saúde da população.

Por isso, é fundamental que toda e qualquer informação recebida via redes sociais ou whatsapp sejam checadas antes de serem compartilhadas. É fundamental verificar as fontes e origem das informações. O Ministério da Saúde criou um aplicativo e um site apenas para tratar do tema coronavírus. Os canais oficiais da Prefeitura de São Luís e do Governo do Estado também têm divulgado informações constantemente. A imprensa também tem prestado um importante serviço à sociedade, divulgando informações validadas por diversos especialistas da área da saúde

  Publicado em: Política

Em mais uma sessão com votação remota, Assembleia aprova matérias urgentes contra a pandemia do novo coronavírus

Publicado em   27/mar/2020
por  Caio Hostilio

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, na segunda Sessão Extraordinária com Votação Remota por Videoconferência, realizada nesta sexta-feira (27), o Decreto do Executivo Municipal de São Luís, que declara estado de calamidade pública na capital, além de duas Medidas Provisórias do Governo do Estado, uma propondo a inclusão do álcool gel na cesta básica, com redução do ICMS do produto, e outra dispondo sobre a Perícia Oficial de Natureza Criminal.

A sessão foi convocada pelo presidente da Casa, deputado Othelino Neto (PCdoB), conforme a Resolução Legislativa que garante a realização de sessões extraordinárias remotas para a deliberação de temas importantes e urgentes de interesse dos maranhenses, sempre que necessário, neste período de isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus.

Após a aprovação, as matérias foram promulgadas pelo presidente do Parlamento Estadual, que reforçou a importância das sessões deliberativas remotas. “Cumprimento todos e agradeço pela disponibilidade em realizarmos mais essa sessão remota importante para o Maranhão, tendo em vista que não podemos estar juntos. E sempre que necessário, convocaremos novamente para deliberarmos sobre temas relevantes visando resguardar o bem-estar da população maranhense”, ressaltou.

Na oportunidade, o chefe do Legislativo comentou sobre a relevância das mensagens aprovadas, diante do crescimento do número de casos no Estado, e chamou a atenção para as recomendações de higiene orientadas pelo Ministério da Saúde.

“Não temos controle da evolução da incidência da COVID-19, então, especialmente, agora, devemos estar atentos aos cuidados com a higiene pessoal para evitar que mais casos aconteçam. Também precisamos garantir a proteção das pessoas do grupo de risco, como é o caso dos idosos, e evitar aglomerações para que, no menor espaço de tempo, possamos retornar à normalidade”, disse Othelino.

Redução do ICMS

À distância, de forma online, os 36 deputados presentes na sessão remota interagiram e debateram acerca das proposições em pauta na Ordem Do Dia. Uma das iniciativas mais elogiadas foi a Medida Provisória, que inclui dispositivos à Lei 7.799/02, para reduzir a alíquota de 18% para 12%, nas operações internas e de importação de insumos para fabricar álcool gel, luvas e máscaras médicas e hipoclorito de sódio 5%. A MP sugere, ainda, a inclusão de produtos destinados à prevenção da infecção pelo novo coronavírus, como álcool gel e álcool 70%, na cesta básica.

“O Governo está de parabéns, mas peço que inclua nos seus pacotes de medidas auxílio para os municípios, com o envio de materiais de proteção individual como máscaras, luvas, álcool gel, tendo em vista a dificuldade para compra dos produtos nesses locais”, sugeriu o presidente da Comissão de Saúde, deputado Ciro Neto.
A Medida Provisória também foi elogiada por deputados oposicionistas. “Historicamente, fui contra o aumento de impostos do governo. Mas quando ele se redime e apresenta diminuição, seria contraditório não votar a favor. Por isso, voto sim”, justificou o líder da oposição na Assembleia, deputado César Pires.

No mesmo sentido, o deputado Adriano Sarney se pronunciou. “Fico feliz por essa decisão, porque fiz uma indicação nesse sentido e, claro, sempre votarei a favor da redução de impostos. Mais uma vez, parabenizo o governador pela iniciativa”, destacou.

Decreto Municipal

Em seguida, o deputado Duarte Jr. comentou sobre o Decreto Municipal, aprovado por unanimidade, reconhecendo estado de calamidade pública em São Luís, para enfrentamento da pandemia decorrente da COVID-19 e do aumento do número de casos de H1N1.

“Assim como o Governo do Estado, a Prefeitura terá também, agora, segurança jurídica para buscar meios de combate à pandemia. E, de fato, precisamos ter alternativas para respostas mais rápidas a favor da população”, acentuou o parlamentar.

Em suma, o Decreto estabelece medidas preventivas, baseadas nos critérios já adotados pela Organização Mundial de Saúde, União e Estado, como por exemplo, a suspensão de todas as atividades dos órgãos públicos e entidades vinculadas ao Poder Executivo Municipal, até o dia 5 de abril de 2020, exceto as atividades consideradas essenciais, que deverão funcionar em regime de trabalho remoto, enquanto durar a situação de calamidade.

Ambas as proposições somam-se às diversas medidas de proteção e fortalecimento da rede estadual de saúde, adotadas ao longo dos últimos dias.

Perícia Criminal

Em outra Medida Provisória, aprovada pela Assembleia, o Governo do Estado cria, na estrutura da Polícia Civil do Maranhão, a Perícia Oficial de Natureza Criminal, que terá por atribuição a realização de exames periciais necessários à elucidação de ilícitos penais.

Para o deputado Dr. Yglésio, o aperfeiçoamento da estrutura administrativa tornará mais eficiente a prestação dos serviços públicos de responsabilidade da Polícia Civil.  “Vai fortalecer o serviço já que hoje há um déficit investigatório. Temos cerca de 95% de homicídios não esclarecidos no Brasil, portanto, é fundamental fortalecer esse trabalho, no Maranhão”, afirmou.

A questão foi defendida também pelo deputado Rafael Leitoa, líder da base governista. “É uma conquista enorme para a perícia técnica do estado. Fica agora o compromisso de continuarmos debatendo o tema para melhorar e aperfeiçoar ainda mais a classe”, disse.

  Publicado em: Política

Caramba, assim o índice de morte por coronavírus vai subir assustadoramente!!! Governo de SP determina que qualquer cadáver deve ser considerado portador potencial de Covid-19

Publicado em   27/mar/2020
por  Caio Hostilio

O cara foi assassinado… Não!!! Foi vítima do coronavírus… O cidadão morreu de infarto… Não!!! Foi vítima do coronavírus… Um enfermo de câncer terminal veio a óbito… Não!!! Foi vítima do coronavírus… Alguns casos que mais matam no Estado de São Paulo vão transformar o a pandemia em índices assustadores… Não vai demorar em São Paulo ultrapassar China, Itália, Espanha e o USA, reunidos!!! 

Joao Doria

É o que diz a reportagem de Márcio Falcão para o Portal O Antagonista.

O texto é do dia 20 de março. Para especialista da área, segundo o site a matéria, essa determinação pode abrir brecha para inflar registros de “vítimas do Covid-19”.

A resolução fixa medidas de enfrentamento e contenção ao Covid-19, no âmbito da Superintendência da Polícia Técnico-Científica, nos seus Institutos Médico-Legal e na Criminalística.

O governo diz que as regras são para resguardar a saúde dos servidores da perícias criminal oficial, quanto para reduzir as possibilidades de contágio e disseminação da doença”.

  Publicado em: Política

Assistam ao vídeo!!! Deputado Dr. Yglésio se revolta com espancamento de vendedores ambulantes em Brejo…

Publicado em   27/mar/2020
por  Caio Hostilio


Na verdade, o que se ver em todas as camadas sociais é pânico e as ações tacanhas dos gestores públicos por esse país afora, cujas consequências trariam esse tipo de revolta. Caminhoneiros pretendem parar por conta da falta de logística pela estrada, com certeza trará um caos pior com o desabastecimento.

Vejo pessoas de máscaras por onde ando, como se ela resolvesse o problema. A OMS deixa claro que quem deve usar máscara é aquele que está infectado, pois se ele não tiver e esteja perto de cinco pessoas de máscara, com certeza as cinco sairão contaminadas, haja vista que basta um espiro para encher suas roupas, mãos, cabelo etc com o vírus do coronavírus.

Falta entendimento e capacidade técnica de não levar o pânico à sociedade… Várias pessoas, inclusive as autoridades, estão esquecendo da Dengue que já matou no Maranhão centenas de pessoas, esquecendo do H1N1, que em 2008 trouxe diversos óbitos…

Por outro lado, os gestores públicos não higienizam e desinfectam as ruas e logradouros públicos, onde o vírus está por todo lado… Basta ver o exemplo do Japão, da própria China e de Brasília.

Esse ato em BREJO REALMENTE É UM ABSURDO TREMENDO!!!

  Publicado em: Política

Projeto de Hildo Rocha, aprovado por unanimidade na Câmara dos Deputados, garante fornecimento de merenda escolar nas residências dos estudantes

Publicado em   27/mar/2020
por  Caio Hostilio

A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei (PL) 786/2020, do deputado Hildo Rocha (MDB-BA), e o apensado, PL 824/2020, da deputada professora Dorinha (DEM-TO), que preveem a distribuição de gêneros alimentícios, adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), diretamente aos pais e responsáveis dos alunos das escolas públicas de todo o país neste momento excepcional de suspensão das aulas em razão da situação de calamidade pública causada pela pandemia do coronavírus.

O deputado Hildo Rocha comemorou a aprovação do texto. “Estamos trabalhando para que 42 milhões de brasileiros, que estão matriculados em escolas públicas, possam receber os alimentos a que eles tem direito. Espero que o Senado também faça a sua parte de maneira rápida”, disse o parlamentar.

Aprovação unânime

São raras as vezes que um projeto de lei é aprovado por unanimidade dos 23 partidos que têm representação na Câmara dos Deputados. O projeto de lei 786/2020 é um desses casos raros, pois todos os líderes dos 23 partidos políticos orientaram a favor da sua aprovação. O projeto foi aprovado com voto sim dos 438 deputados que marcaram presença na sessão.

“Esse projeto de lei beneficia diretamente 42 milhões de crianças e jovens no Brasil inteiro que estão sem ter acesso a alimentação escolar porque as escolas públicas estão fechadas. Com a mudança na legislação que está sendo feita, através do meu projeto de lei, os estudantes matriculados em escolas públicas vão poder receber os ingredientes da merenda escolar em suas casas. O meu projeto de lei beneficia também os agricultores familiares que vão poder continuar a produzir e vender para as prefeituras e estados os seus produtos alimentares, mesmo com as escolas fechadas”, destacou Hildo Rocha.

A legislação que trata sobre a merenda escolar determina que pelo menos 30% dos recursos destinados para a aquisição de alimentos da merenda escolar seja utilizado para compra de produtos proveniente da agricultura familiar.

Os líderes de partidos políticos se pronunciaram a favor do projeto

A líder do PSL, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), destacou que a garantia da merenda escolar é “justa e necessária”. “Muita gente depende do alimento e, neste momento de isolamento social, a caridade fica mais difícil”, disse.

O líder do PP, deputado Arthur Lira (PP-AL), também disse se tratar de uma atitude necessária ao momento.

Para Alessandro Molon, líder do PSB “o projeto do deputado Hildo Rocha procura resolver um problema de acesso a merenda escolar, através de solução inteligente”.

O líder do Podemos, deputado Leo Moraes, parabenizou o deputado Hildo Rocha pela proposta apresentada. “Quero parabenizar o deputado Hildo Rocha pela sua sensibilidade, sua preocupação, em relação as nossas crianças”.

A deputada Maria do Rosário (PT- RS) afirmou que a proposta impede o desperdício de alimentos já adquiridos. “Quero defender o projeto do deputado Hildo Rocha e o da deputada professora Dorinha porque permitem o uso legal da merenda escolar, evitando o desperdício. Nenhum desperdício é viável”, afirmou.

O líder do PSDB, deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) ressaltou que a proposta busca garantir a proteção social.

Para o deputado maranhense Eduardo Braide (Podemos) o projeto de lei do deputado Hildo Rocha além de ter um grande alcance social também garante aos gestores segurança jurídica. “Esse projeto além do alcance social, deixa os gestores municipais e estaduais calçados para que possam realizar as ações sem nenhum tipo de prejuízo de ordem legal”.

A proposta do deputado Hildo Rocha fica registrada na história política nacional por ser de grande repercussão social, além de ter sido o primeiro projeto de lei aprovado em sessão virtual realizada pela Câmara dos Deputados. A matéria será analisada pelo Senado Federal, aprovada, seguirá para sanção do presidente Jair Messias Bolsonaro.

https://youtu.be/PpeoZ54JkRE

http://hildorocha.com.br/site/projeto-de-hildo-rocha-aprovado-por-unanimidade-na-camara-dos-deputados-garante-fornecimento-de-merenda-escolar-nas-residencias-dos-estudantes/

https://bit.ly/3amd6AA

  Publicado em: Política

Com que irão dizer seus “companheiros”? Governador da Bahia, Rui Costa (PT), quer abertura do comércio…

Publicado em   27/mar/2020
por  Caio Hostilio

Está escancarado na grande mídia, dentro dos tradicionais ataques e críticas descontroladas na internet por parte de partidos de esquerda, como o PT, a desinformação de que ‘supostamente’ Bolsonaro está trabalhando contra a vida da população, por recomendar a abertura de comércios para o andamento da economia.

Pois então, o governador da Bahia Rui Costa, do PT, mandou uma sugestão aos prefeitos baianos, que curiosamente passou despercebida pela extrema imprensa.

O pedido do petista foi para que os prefeitos de cidades, sem casos confirmados de coronavírus, mantenham os seus comércios ativos. Rui Costa quer também que as feiras livres continuem em pleno funcionamento.

Você não leu errado, o mesmo partido que criticou o presidente por incentivar a abertura de comércios, fez a mesma coisa… Quanta hipocrisia!!!

O governador afirmou que as medidas devem ser gradativas, evitando medidas mais restritivas nesse primeiro momento de enfrentamento da pandemia.

“Nos municípios que não tenham casos confirmados não vejo sentido em fechar feiras livres. O que a gente precisa é tomar cuidado. É aumentar os espaços entre feirantes, mudar a feira, ou espalhar a feira por vários espaços na cidade. Porque o agricultor precisa vender. A mesma coisa vale para o comércio”, disse o petista.

O silêncio dos veículos de comunicação sobre o fato mostra claramente os seus respectivos alinhamentos políticos.

Por Jornal da Cidade

  Publicado em: Política

Caxias: Sinfra abre canal direto com os caxienses…

Publicado em   27/mar/2020
por  Caio Hostilio

Buscando dar um trabalho de excelência e trazer à coletividade espaço para melhorias do seu bem-estar, a secretaria de infraestrutura de Caxias está disponibilizando um canal direto para você cidadão caxiense. Essa atitude da SINFRA trará um marco na ligação direta entre o governo e a população como um todo.

  Publicado em: Política

Assistam ao vídeo!!! Prefeitura de São Luís lança vídeo ilustrativo para conter o avanço do coronavírus…

Publicado em   27/mar/2020
por  Caio Hostilio

Em vídeo, a prefeitura de São Luís, através de um vídeo ilustrativo, mostra o novo coronavírus e seus avanços, além de sugerir recomendações de prevenção, importante para que os ludovicenses possam ver como seguir as recomendações e assim não levar o risco as pessoas ao seu redor.
Medidas simples podem salvar vidas!
#PrefeituraDeSãoLuís #FicaEmCasaSãoLuís
#GestãoEdivaldoHolandaJr
Vale conferir!!!

  Publicado em: Política

Busca no Blog