Atenção Ministério Público Eleitoral!!! O vereador em Caxias Daniel Barros vem descumprindo a legislação eleitoral… Que as providências sejam tomadas!!!

Publicado em   29/fev/2024
por  Caio Hostilio

O vereador em Caxias Daniel Barros é contumaz em atitudes nada democrática e republicana, pois vem agindo de forma que não condiz aos princípios que requer a boa politica.

Sua forma de fazer política é agressiva e não condiz com a ética necessária, haja vista que dias atrás atacou covardemente a dignidade da deputada estadual Daniella, cuja Assembleia Legislativa do Maranhão emitiu uma Nota de repúdio.

Agora, Daniel Barros se intitula o “fiscal do povo”, com criações fantasiosas e fora de propósito.

Porém, passa a ser passivo de investigação do Ministério Público Eleitoral, haja vista que o referido vereador distribuiu um farto material eleitoral durante as madrugadas por toda a cidade de Caxias, o que é terminantemente proibido pela legislação eleitoral, sob pena de perda dos direitos de concorrer ao cargo de prefeito agora em 2024.

abaixo o panfleto distribuído e o vídeo que comprova a prática que vai de encontro aos ditames da Lei Eleitoral:

 

Com informações do blog Luis Cardoso

  Publicado em: Política

Caxias: Fábio Gentil inova com o “Cartão de Crédito para Servidores” e engrandece a importância do PSE nas escolas municipais…

Publicado em   29/fev/2024
por  Caio Hostilio

A iniciativa em implantar o Cartão de Crédito para Servidores é de grande vantagem àqueles servidores públicos que estão precisando de recursos com juros mais baixos. É sabido que esse tipo de cartão estão disponíveis para servidores públicos federais, estaduais ou municipais, militares e pensionistas de servidores e de militares das Forças Armadas.

É importante saber que parte do pagamento da fatura desse tipo de cartão ocorre diretamente no contracheque do servidor. Por isso, é um tipo de cartão consignado, com taxas de juros menores.

Com isso, a iniciativa do prefeito Fábio Gentil é de grande valia e de pensamento naqueles que prestam serviço ao desenvolvimento de Caxias: Seus servidores públicos!!!

Por outro lado, Fábio Gentil valoriza o PSE- Programa Saúde na Escola. É importante ressaltar que o PSE tem como foco a promoção da cidadania e nos direitos humanos, cujo tortalecimento está pautado na vulnerabilidades no campo da saúde, no comprometimento do desenvolvimento escolar.

Logo, Fábio Gentil está corretíssimo em promover a comunicação entre as escolas e unidades de saúde, onde a troca de informações sobre a dindições de saúde dos estudantes e primordial para o verdadeiro ensino/aprendizagem.

  Publicado em: Política

Eis a ditadura comunista de araque cubana!!! Cuba aumentará preço dos combustíveis em mais de 400% na sexta-feira

Publicado em   28/fev/2024
por  Caio Hostilio

O regime comunista de Cuba anunciou nesta quarta-feira (28) que aplicará a partir de sexta-feira (1º de março) um aumento maciço de mais de 400% nos preços de varejo dos combustíveis, que entraria em vigor no dia 1º de fevereiro, mas foi adiado após um ataque cibernético.

O movimento ocorre após o país comunista solicitar ajuda pela primeira vez à direção do Programa Alimentar Mundial (PAM) da ONU, devido às dificuldades que está tendo para continuar a distribuir leite subsidiado a crianças menores de sete anos.

A medida do regime comunista de Miguel Díaz-Canel faz parte de um plano de ajuste – que inclui aumentos acentuados nas tarifas de água, eletricidade e transporte interprovincial – com o qual a ditadura pretende “reanimar a economia nacional”, que está em profunda crise há três anos, e reduzir o grande déficit público.

De acordo com relatos da imprensa estatal, o anúncio foi feito em entrevista coletiva com a presença de dois ministros, para a qual jornalistas internacionais credenciados no país não foram convidados.

Quando o aumento for implementado, a gasolina comum passará dos atuais 25 pesos (CUP) para 132 pesos (de R$ 1 para R$ 5,40, de acordo com a taxa de câmbio oficial para pessoas físicas).

Isso significa que um cubano terá de pagar 5.280 CUP (cerca de R$ 218) para encher um tanque de 40 litros, quando o salário médio do Estado é de pouco mais de 4.200 CUP (R$ 173 na taxa de câmbio oficial, mas R$ 70 no mercado informal generalizado).

Na coletiva também foi informado que, no dia 1º de março, os aumentos nas tarifas de água e eletricidade – que também foram congelados “até novo aviso” após a suspensão do aumento do combustível – também entrarão em vigor.

O aumento também anunciado no transporte interprovincial (de até 600%) não será aplicado por enquanto, nem a alta de 25% no preço do botijão de gás.

O ministro de Finanças e Preços do regime comunista, Vladimir Regueiro Ale, disse que a ditadura cubana está “consciente de que a medida tem um impacto inflacionário, já que o combustível é um produto que impacta em toda a economia”, segundo o site ligado ao regime da ilha Cubadebate.

O ministro acrescentou que o regime cubano adotou um conjunto de decisões que atenuam o impacto inflacionário dessa medida, possivelmente referindo-se à decisão de não aplicar os aumentos planejados aos atacadistas.

A ditadura cubana havia garantido anteriormente que essas medidas só seriam aplicadas quando as condições fossem adequadas e que seria dado apoio aos grupos vulneráveis, embora até o momento não tenha indicado publicamente quem são esses grupos populacionais ou como serão ajudados.

Regueiro acrescentou que os preços atuais dos combustíveis não refletiam os custos reais para o país na aquisição do produto no exterior.

Em dezembro do ano passado, o regime cubano fez um anúncio surpresa de um grande plano de ajuste com o objetivo de “corrigir distorções”, o que gerou muita controvérsia no país devido à situação difícil em que vive a grande maioria dos cubanos.

Além desses aumentos, o plano previa uma nova desvalorização do peso, que ainda está sendo estudada, e o fim gradual dos subsídios universais aos produtos para dar lugar a um sistema de ajuda aos necessitados.

O país encerrou 2023 com uma contração do Produto Interno Bruto (PIB) de entre 1% e 2% (ainda abaixo do nível de 2019) e anunciou que o déficit público deste ano será de 18,5%, pelo quinto ano consecutivo no vermelho.

As dificuldades econômicas crônicas de Cuba degeneraram nos últimos três anos em uma grave crise devido às políticas macroeconômica, comercial e monetária nacional adotadas pelo regime comunista que controla a ilha. 

(Com Agência EFE)

  Publicado em: Política

Procuradoria Eleitoral no TSE confirma posição do TRE e opina pelo indeferimento da cassação de Neto Evangelista

Publicado em   28/fev/2024
por  Caio Hostilio

O TRE do Maranhão teve seu posicionamento sobre cotas de gênero reconhecido no âmbito do Tribunal Superior Eleitoral em parecer da lavra da vice Procuradoria Geral Eleitoral

Parecer contrário do Ministério Público Eleitoral contrário à cassação do mandato do deputado estadual Neto Evangelista, do União Brasil, pode ter repercussão favorável ao PSC, de Wellington do Curso e Fernando Braide

Em parecer publicado nesta quarta-feira (28), o Ministério Público Eleitoral não conheceu e negou provimento a um recurso eleitoral interposto que tentava mudar a decisão do Tribunal Regional Eleitoral, que por maioria considerou improcedente ação contra o União Brasil, partido de Neto Evangelista. O parecer do MPE confirma o entendimento firmado pelo TRE, não reconhecendo a alegação de fraude à cota de gênero nas eleições em 2022.

A manifestação do Órgão sinaliza o entendimento quanto à manutenção dos mandatos parlamentares e pode servir de precedente para casos análogos, a exemplo de ação que foi ajuizada contra o Partido Social Cristão (PSC) e que deve ir a julgamento nos próximos dias e tem como principais figuras os deputados estaduais Fernando Braide e Wellington do Curso.

Caso seja priorizada a uniformização das decisões e o princípio da segurança jurídica, tem-se grande possibilidade favorável aos parlamentares em questão.

Por Daniel Matos

  Publicado em: Política

Popo X Bambam??? Vereadores trocam tapas e socos durante sessão transmitida ao vivo; VEJA VÍDEO

Publicado em   28/fev/2024
por  Caio Hostilio

Pancadaria levou à interrupção da reunião, realizada na manhã desta quarta-feira (28)

Vereadores trocaram tapas e socos durante sessão, nesta quarta-feira (28), na Câmara Municipal de Lauro de Freitas (BA), na Região Metropolitana de Salvador. As agressões, transmitidas ao vivo no canal do YouTube da Casa Legislativa, mostram quando Loxa Lopes (PP) parte para cima de Gabriel Bandarra Joffily de Souza, conhecido como Tenóbio (União Brasil).

Antes de ir em direção ao colega, Lopes reclamava das palavras usadas por Tenóbio para se referir à presidente da Câmara, Rosenaide Carvalho de Brito (PT). Lopes se exaltou, bateu na mesa e acusou Tenóbio de desqualificar Brito, ao chamá-la de “descarada”.

Os dois vereadores começaram a discutir e Tenóbio chamou Lopes de descarado. Em seguida, os dois aumentaram as agressões verbais até chegar às vias de fato. Várias pessoas do local, incluindo assessores e agentes da Guarda Municipal intervieram e segurar a dupla. A pancadaria levou à interrupção da transmissão da sessão.

O Tempo

  Publicado em: Política

A Per capita no Brasil ficou em R$ 1.893 em 2023. MA ficou com a menor R$ 945 e Brasília com a maior R$ 3.357

Publicado em   28/fev/2024
por  Caio Hostilio

Distrito Federal tem o maior rendimento, de R$ 3.357, enquanto o Maranhão tem o menor, de R$ 945.

O rendimento domiciliar per capita do Brasil foi de R$ 1.893 em 2023. Vai de R$ 945, no Maranhão, a R$ 3.357, no Distrito Federal. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou o resultado nesta 4ª feira (28.fev.2024). Eis a íntegra do relatório (PDF – 354 kB).

O rendimento domiciliar per capita é calculado como a razão entre o total dos rendimentos domiciliares (nominais) e o total de moradores. São consideradas a renda de trabalho e outras fontes. Todos os moradores são considerados no cálculo, inclusive os pensionistas, empregados domésticos e parentes dos empregados domésticos.

A distância da renda per capita do Distrito Federal e do Maranhão é de R$ 255%. O distrito onde fica localizado Brasília tem rendimento 77% maior que a média nacional.

Os dados fazem parte da Pnad (Pesquisa Nacional de Amostras em Domicílio) Contínua. A divulgação atende à Lei Complementar 143/2013, que estabelece os critérios de rateio do FPE (Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal).

RENDA EM 2023

O rendimento per capita avançou de R$ 1.625 em 2022 para R$ 1.893 no ano passado, em valores nominai, uma alta de 16,5%. A renda no Amapá aumentou de R$ 1.177 em 2022 para R$ 1.520 em 2023, um crescimento de 29,1%. Apesar disso, a renda no Estado ainda está R$ 373 abaixo da média nacional. O Sergipe teve o menor crescimento: passou de R$ 1.187 para R$ 1.218 –alta de 2,6%.

Segundo o IBGE, 3 Estados figuravam com menos de R$ 1.000 per capita em 2022 (Amazonas, Alagoas e Maranhão). Agora, somente o último. São Paulo (R$ 2.492), Rio de Janeiro (2.367), Rio Grande do Sul (2.304) e Santa Catarina (R$ 2.269) são os líderes no ranking de rendimento per capita.

Por Poder 360

  Publicado em: Política

Um tanto complicado!!! Elizane Gama quer substituir Pacheco na Presidência do Senado!!!

Publicado em   28/fev/2024
por  Caio Hostilio

Parlamentar pretende disputar a presidência do Senado, mas sabe que precisará construir um consenso junto à bancada do PSD e, por outro lado, sabe que não alcançará votos na bancada de oposição, haja vista que comprou muita, mais muita confusão, com essa bancada quando da CPMI do dia 08/01.

Sucessão de Pacheco: Eliziane Gama entra no jogo

A senadora Eliziane Gama (PSD-MA), ex-relatora da CPI dos atos de 8 de janeiro, iniciou uma campanha para ser a próxima presidente do Senado, no lugar de Rodrigo Pacheco. Apesar disso, ela reconhece que o caminho é longo. Ela admite que precisará construir a unidade do partido em torno de uma candidatura própria e que ainda precisa convencer seus colegas de que ela é o nome certo para essa função.

Além de tentar essa unidade dentro do PSD, Eliziane também tentará garimpar apoio com o presidente Lula. A parlamentar atuou na campanha petista e foi uma ponte importante com Lula junto ao eleitorado evangélico.

Um terceiro trunfo da parlamentar diz respeito à própria participação da mulher no Senado. Ela terá o apoio da bancada feminina do Senado e tentará quebrar um tabu: há 12 anos não há mulheres na Mesa Diretora do Senado.

No Palácio do Planalto, a candidatura de Eliziane Gama é bem-vista porque seria uma forma de arrefecer as críticas de que Lula abandonou as mulheres em postos de comando da Esplanada dos Ministérios.

Apoio do PT?

Hoje o PSD tem 15 senadores e, com uma candidatura governista, seria possível atrair o PT entre outros partidos aliados como o PSB, por exemplo.

O MDB também deve ter uma candidatura própria na disputa pela Presidência da Casa. Renan Calheiros é tido como candidato, mas ainda precisa angariar apoio da bancada. Outro possível nome na disputa é do senador Rogério Marinho, líder da oposição. Marinho conta com os votos de parlamentares de PL, PP, Republicanos, entre outras siglas de oposição.

Por o antagonista

  Publicado em: Política

No Brasil teria direito a saidinha em pouco tempo!!! Justiça Japonesa Condena Peruano À Prisão Perpétua Por Assassinato De Irmãs Brasileiras

Publicado em   28/fev/2024
por  Caio Hostilio

Após uma espera de nove anos desde o crime ocorrido na província de Aichi, região central do Japão, o tribunal determinou a pena máxima para Edgard Anthony la Rosa, ex-marido de Akemy e cunhado de Michelle. A sentença foi proferida depois que os médicos legistas descartaram o incêndio no apartamento das irmãs como a causa de suas mortes.

As irmãs foram encontradas mortas em 30 de dezembro de 2015, no apartamento onde moravam na província de Aichi, região central do Japão. Seus corpos foram carbonizados em um incêndio que destruiu o local, mas exames revelaram que elas foram estranguladas um dia antes do fogo.

Edgard, ex-marido de Akemy e cunhado de Michelle, foi preso no mesmo dia a 40 km de Handa, em Nagoya. Ele estava com as duas filhas que teve com Akemy.

O julgamento de Edgard ocorreu em fevereiro de 2024, nove anos após o crime. O Ministério Público do Japão pediu prisão perpétua, justificada pela gravidade do caso. Edgard alegou inocência e atribuiu o crime a outra pessoa.

Segundo relatos do advogado Ricardo Takeshi Koda à TV Morena, Edgard Anthony la Rosa compareceu à leitura da sentença, permanecendo em silêncio diante do veredicto que selou seu destino. As irmãs foram encontradas mortas em seu apartamento, em circunstâncias chocantes, após um incêndio que, segundo os médicos legistas, não foi a causa de suas mortes.

Maria Aparecida Maruyama, mãe das vítimas, viajou ao Japão para o julgamento. Ela descreveu o momento como “muito triste” e disse que, apesar da pena, nada trará suas filhas de volta.

As duas filhas de Edgard e Akemy, que na época do crime tinham 5 e 3 anos, ficaram sob a proteção do governo japonês em um abrigo. Após anos de espera, em 2018, a avó materna conseguiu a guarda das netas, que hoje vivem no Brasil com 12 e 14 anos.

Por Gazeta do Brasil

  Publicado em: Política

Em destaque!!! Prefeitura de Caxias (MA) participa de Reunião de Apoio Técnico do Selo Unicef

Publicado em   28/fev/2024
por  Caio Hostilio

A Prefeitura de Caxias (MA), por meio do Articulação do Selo Unicef em Caxias (MA), participou de uma Reunião de Apoio Técnico do Selo Unicef edição 2021-2024, em que Caxias (MA) está participando. O encontro está acontecendo nesta terça (27) e quarta-feira (28), com representantes de Caxias (MA), Aldeias Altas, São João do Sóter, Parnarama, Coelho Neto, Matões, Duque Bacelar e Afonso Cunha.

“Hoje estamos recebendo a equipe do Selo Unicef e a equipe do Instituto Formação, onde estamos avaliando o nosso trabalho, e verificando onde o município pode melhorar, nas políticas públicas dentro do município. Nós estamos recebendo municípios da região. E, Caxias está dentro dos prazos. Para cada meta, existe uma porcentagem de serviços que o município tem que ofertar. Uma delas é o funcionamento regular do Conselho Tutelar, Busca Ativa Escolar, Vacinação, dentre outras”, afirma Kiara Braga, Articuladora do Selo Unicef.

“A pasta da educação tem muitas ações que desenvolve dentro do município. É importante que as secretarias estejam unidas para que possamos conquistar o Selo Unicef, é um trabalho intersetorial”, destaca Joselma Lopes, coordenadora do Programa Saúde na Escola.

“O papel do mobilizador é fortalecer a política pública no município para poder garantir uma qualidade de vida para a juventude e um trabalho bem desempenhado nas secretarias”, destaca Luis Gustavo, mobilizador Jovem do Selo Unicef em Caxias (MA).

O objetivo é aprimorar as ações que já estão sendo desenvolvidas em Caxias (MA), para que o município possa cumprir as metas estabelecidas pelo Selo Unicef. “Estamos entrando na reta final. Os municipios estão se preparando para entregar uma série de resultados nas áreas de: saúde, educação, proteção de crianças e adolescentes, geração de oportunidades de trabalho para jovens. Nessa reunião técnica estamos discutindo detalhes que estão faltando e o que o município está precisando. E, no final garantir os direitos de crianças e adolescentes. O Unicef leva para os municípios o desejo de melhorar a vida de crianças e adolescentes”, destaca Lissandra Leite, Especialista em Educação e Proteção do Unicef.

“O município de Caxias já participou de várias edições do Selo Unicef e conseguiu manter. Esse ano não será diferente. Estamos trabalhando para garantir os recursos financeiros para que possamos contribuir para que as crianças tenham seus direitos garantidos. É importante que as crianças sejam respeitadas e tenham o seu valor. Caxias está no caminho correto contribuindo com a formação das crianças. Temos dado exemplo com o ProUni Municipal, além dos Jovens do Tiro de Guerra, que recebem uma Bolsa de Estudo e outras ações”, destaca Fábio Gentil, Prefeito de Caxias (MA).

O Selo UNICEF é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para estimular e reconhecer avanços reais e positivos na promoção, realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e da Amazônia Legal brasileira. Ao todo 2.023 municípios de 18 estados confirmaram participação na edição 2021-2024 do Selo UNICEF.

Este é o maior número de adesões da história do programa. 1.347 municípios participantes fazem parte do Semiárido Brasileiro, distribuídos nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Outros 676 estão localizados na Amazônia Legal Brasileira, compreendida pelos seguintes estados: Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

  Publicado em: Política

Audiência Pública na Câmara debate impactos das novas regras para as Eleições de 2024

Publicado em   28/fev/2024
por  Caio Hostilio

Resoluções do TSE, Fake News e Inteligência Artificial foram temas debatidos.

Texto: Isaías Rocha

A Câmara Municipal de São Luís (CMSL) realizou, na tarde desta segunda-feira (26), uma audiência pública para discutir a alteração das resoluções para as eleições de 2024. Requerido pela Mesa Diretora da Casa, o encontro com o tema “Processo Eleitoral e alterações nas resoluções do TSE”, serviu para debater rapidamente as normas e dar conhecimento sobre as principais mudanças no pleito.

O evento, que foi realizado no Plenário Simão Estácio da Silveira, reuniu representantes de partidos políticos, candidatas, candidatos, eleitoras e eleitores, vereadores e vereadoras, além de representantes que atuam em entidades da sociedade civil.

Momento oportuno

Ao abrir a audiência pública, o presidente da Câmara, vereador Paulo Victor (PSDB), fez a leitura da proposição que originou o ato e explicou que o encontro era o momento de discutir as reformulações que impactarão nas eleições de 2024, em que todos que representam o parlamento e irão concorrer neste ano eleitoral.

“Esta é uma audiência pública fruto de um requerimento de autoria da Mesa Diretora, que posiciona a Câmara Municipal, no centro das discussões que envolvem as mudanças no Código Eleitoral. É um momento de estarmos atentos à reforma, cujas reformulações impactarão nas eleições de 2024, momento oportuno, em que todos e todas que representam este parlamento e os demais, pleitearão e irão concorrer neste ano eleitoral”, frisou.

Debate sobre fake news

Paulo Victor disse ainda que a Câmara de São Luís saiu na frente ao promover o ato que teve como principal objetivo esclarecer os vereadores e vereadoras, além de suas equipes e a população sobre as regras para o pleito deste ano.

“Por isso, esta Casa sai na frente com o objetivo de esclarecer os vereadores e vereadoras, além de suas equipes e a população, sobretudo, as regras para o pleito deste ano. Contudo, diante da velocidade das informações e os novos mecanismos que podem alterar a veracidade das informações, é o que propomos um debate específico sobre as fake news e a inteligência artificial, que são temáticas indispensáveis nesse debate eleitoral”, completou.

Encontro propício

Mediado pelo juiz Marcelo Oka, que é membro da Corte Eleitoral maranhense, a solenidade contou com a participação do vice-presidente do TRE-MA e Corregedor Regional Eleitoral, desembargador José Gonçalo de Sousa Filho; do advogado Américo Lobato, presidente da Comissão Eleitoral da OAB-MA, dentre outros convidados.

“Foi uma honra participar desta audiência pública em que todos tiveram a oportunidade de acompanhar palestras de altíssimo gabarito. Foi uma tarde dedicada ao conhecimento e que serviu para tirar dúvidas. Como neste ano, teremos pleito eleitoral, o encontro foi mais do que propício para uma palestra dessa envergadura”, declarou o juiz Marcelo Oka.

Importância das Resoluções

Durante o evento, a servidora Michelle Pimentel abriu a rodada de debates, abordando um tema sobre “Alteração das Resoluções para o pleito 2024”. Na ocasião, ela destacou a importância do aperfeiçoamento das resoluções referentes às eleições municipais.

“É importante ressaltar que resoluções não são leis nem têm o intuito de inovar a ordem jurídica, criando sanções ou novas obrigações. As resoluções servem para organizar melhor o serviço interno, os trabalhos de preparação e de execução das eleições”, frisou.

Símbolo da normalidade

Em sua fala inicial, a palestrante destacou o lado simbólico do encontro reforçando que “o evento, promovido pelo Judiciário com o Legislativo é um símbolo muito feliz desta normalidade constitucional da qual a democracia tanto necessita para permanecer em pé”.

Outros temas debatidos no encontro foram “Fake News e Inteligência Artificial”, com o juiz Ferdinando Serejo Sousa, membro da Corte Eleitoral maranhense. O magistrado, que é coordenador do laboratório de inovação do TRE/MA, ficou conhecido nacionalmente ao usar recentemente uma técnica conhecida como visual law – uma ilustração do que está sendo dito, representando conceitos jurídicos complexos através de gráficos, diagramas, fluxogramas e infográficos.

Soluções tecnológicas

Ao tratar do tema proposto, Ferdinando Serejo usou normas do CNJ que tratam da inteligência artificial. Segundo o magistrado, o conceito de inteligência artificial (IA) é aplicado em especial para soluções tecnológicas que se mostram capazes de realizar atividades de um modo considerado similar às capacidades cognitivas humanas.

“Uma solução de IA envolve um agrupamento de várias tecnologias – redes neurais artificiais, algoritmos, sistemas de aprendizado, grande volume de dados (Big Data), entre outros – que fornecem os insumos e técnicas capazes de simular essas capacidades, como o raciocínio, a percepção de ambiente e a habilidade de análise para a tomada de decisão”, explicou.

Uso da IA nas eleições

Durante a palestra, Serejo citou alguns casos em que é proibido o uso da inteligência artificial no Judiciário. Ele, entretanto, apresentou situações em que são esses recursos tecnológicos são permitidos nas eleições como, por exemplo, a criação e revisão de discursos, postagens em redes sociais que geram engajamentos, dentre outras situações.

 “Os exemplos citados são absolutamente legítimos. É o caso, por exemplo, do chat GPT. Ele, entretanto, só não é melhor do que contratar um bom profissional. Os bons profissionais, hoje, são melhores que o chat GPT, mas, se você não tem – esse bom profissional – use a IA de maneira responsável que isso não é proibido [nos exemplos citados]”, afirmou.

Quem mais participou?

O encontro, que foi transmitido pelo canal da Câmara no YouTube, site e redes sociais da Casa, contou também com a participação dos vereadores Álvaro Pires (PSDB), Karla Sarney (PSD), Pavão Filho (PDT), Concita Pinto (PCdoB), Edson Gaguinho (União Brasil), Professora Eva (PSB), Creuzamar de Pinho (PT), Thiago Freitas(PRD), Rosana da Saúde (Republicanos) e Raimundo Penha (PDT).

  Publicado em: Política

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Busca no Blog

Arquivos