Arquivo de novembro de 2018

Calendário do ensino municipal de Caxias fecha em 21 de dezembro, até que todas as escolas cumpram os 200 dias letivos

Postado por Caio Hostilio em 30/nov/2018 - Sem Comentários

Ana Célia Damasceno, secretária da SEMECT

A Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia de Caxias (SEMECT) anunciou que o encerramento do período letivo do Município será em 21 de dezembro. A secretária da pasta, Ana Célia Damasceno, explicou porque algumas unidades de ensino vão finalizar já no início do mês de dezembro.

“Todas as escolas vão cumprir os 200 dias letivos. A SEMECT, respeitando o artigo 24 da legislação, organizou um calendário escolar onde nós conseguimos completar os 200 dias. A partir de agosto de 2018, nós passamos a realizar mais atividades, e essas atividades também foram contadas e legalizadas junto às escolas para que a gente pudesse antecipar. Mas na maioria das escolas as aulas vão até dia 21 de dezembro. Aquelas que vão finalizar até o início de dezembro é porque finalizaram de fato o seu calendário escolar, mas a maioria irá até o dia 21 de dezembro, tendo em vista a necessidade de cumprir carga horária”, afirmou Ana Célia Damasceno, secretária da SEMECT.

A secretária destacou ainda que os professores contratados continuarão prestando serviço ao município até o final de dezembro, pois eles vão contribuir com a execução do Programa Busca Ativa Escolar, que pretende colocar todas as crianças em idade escolar na escola, a fim de garantir ensino a todas as crianças e adolescentes de Caxias.

Professora e alunas realizam atividade com pintura em sala de aula

“Nós assinamos uma adesão junto às escolas e o prefeito Fábio Gentil que é o Busca Ativa, esse é um pacto nacional que todos os municípios do Brasil estão assinando para colocar todos os alunos que estão fora das salas de aulas nas salas de aulas a partir de 2019. Nosso município tem mais de 8 mil alunos que precisam voltar para as salas de aulas. Todos os servidores, professores contratados terão seu contrato mantido até o final do ano, o prefeito Fábio Gentil tem esse interesse. A ideia é fazer com que todas as crianças sejam agraciadas com uma vaga na escola pública”, reforçou a secretária.

Prefeitura altera trânsito no entorno das praças Dom Pedro II e Benedito Leite para festas natalinas

Postado por Caio Hostilio em 30/nov/2018 - Sem Comentários

Objetivo é proporcionar aos vistantes maior conforto e visibilidade da área que foi decorada e receberá uma programação especial durante as festas de fim de ano organizada pelo Governo do Estado e Prefeitura; alterações ocorrerão aos sábados e domingos, a partir das 15h

Entorno da Praça Dom Pedro II é um dos locais que a Prefeitura interditará durante as festas de fim de anoO trânsito no trecho da Avenida Pedro II, Centro Histórico da capital, será alterado durante todo o período em que ocorrem as comemorações do Natal de Todos 2018, realizado pelo Governo do Estado e Prefeitura de São Luís, Entre os dias 1º e 23 de dezembro, aos sábados e domingos, sempre a partir das 15h, a gestão municipal vai reorganizar o tráfego de veículos no entorno das praças Dom Pedro II e Benedito Leite.

O objetivo do reordenamento, coordenado pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), é garantir a segurança e tranquilidade de quem for prestigiar a decoração e programação natalina na área, que começa neste sábado a partir das 17h30, e tem, entre outras atrações, passeio do Expresso Natalino, uma espécie de jardineira, pelo trecho.

As áreas que contornam as duas praças ficarão interditadas para o tráfego de veículos motorizados. Com o planejamento, serão fechadas todas as vias de acesso no período, ficando recomendado o estacionamento na Rua do Egito, entorno da Praça João Lisboa, na área de estacionamento da Praia Grande e imediações da Casa do Maranhão.

“As praças serão totalmente isoladas devido à montagem da via natalina. É necessário para que as pessoas tenham condições de se locomover no trecho com toda a segurança. A interdição será no período da festa natalina e só aos sábados e domingos. Nos demais dias, o trânsito na área será normal”, explica o titular da SMTT, Canindé Barros.

EXPRESSO NATALINO E VÍDEO MAPPING

Uma das novidades da programação do Natal de Todos 2018, o Expresso Natalino é um passeio que será disponibilizado nos horários da programação. A viagem será à bordo de um ônibus tipo jardineira que vai percorrer as ruas do Centro Histórico, com paradas em estações onde haverá programação cultural. A jardineira vai facilitar o deslocamento de quem chega pela Beira-Mar e Praia Grande.

O Expresso Natalino tem saída do estacionamento da Praia Grande com chegada à Praça Dom Pedro II, aos sábados, das 18h às 21h; e domingos, das 18h30 às 21h30, até dia 23. O veículo terá parada em três estações – Praça do Poeta, Canto da Cultura e Casa do Maranhão – orientação do guia cultural Guilherme Guimas e atração com personagens históricos representados por atores do grupo Tramando Teatro & Uimar Jr. A jardineira do Expresso Natalino vai facilitar a circulação de pessoas, com atendimento preferencial a idosos, gestantes, crianças e portadores de deficiência.

Outra alteração será realizada às sextas-feiras, a partir das 18h, na área em frente ao Palácio dos Leões. O motivo é a exibição do vídeo mapping na fachada do prédio. A apresentação do recurso visual atrai centenas de pessoas à área. “Essa movimentação não permite estacionamento naquele trecho e então, será também interditado nessa ocasião”, reforça Canindé Barros.

Moradores denunciam desperdício do dinheiro público na Estrada da Mata…

Postado por Caio Hostilio em 30/nov/2018 - Sem Comentários

Na verdade, o que falta é maior empenho do MPMA exatamente na fiscalização, apuração “in loco” e condenação dessas obras que consomem o dinheiro do contribuinte, cujo resultado é tudo ir embora com apenas uma chuva, além de trazer prejuízos materiais aos que transitam por essa Estrada.

Caio,

Olha o serviço porco que a Prefeitura de São José de Ribamar fez aqui na Estrada da Mata. Bastou apenas uma chuva para que tudo se transformasse num tabuleiro de pirulito e o dinheiro público jogado fora. Agora estamos vivendo nessa porcaria que fizeram aqui. Para pra isso que o prefeito queria o empréstimo de R$ 60 milhões?  

Nêumanne destrói Toffoli: “advogadinho do PT”, “babaca” (Veja o Vídeo)

Postado por Caio Hostilio em 30/nov/2018 - Sem Comentários

O polêmico e respeitado jornalista José Nêumanne Pinto simplesmente destruiu o ministro Dias Toffoli e, de quebra, todos os seus colegas que lhe fazem companhia no Supremo Tribunal Federal (STF).

Com irreverência, antes de iniciar a sua dura exposição, o jornalista comenta sobre o falecimento de Bernardo Bertolucci, o diretor de “O Último Tango em Paris”. Na sequência, ele inicia sua crítica ao presidente do STF, dando ênfase para a seguinte declaração de Dias Toffoli:

“O aumento é resgatar a dignidade da magistratura”.

Um absurdo. Um acinte. É o presidente da mais alta corte do país zombando 12 milhões de desempregados.

Nêumanne em determinado momento qualifica Toffoli como “babaca”.

“Eu não quero que esse babaca tenha pena dos desempregados (…). Eu quero que ele tenha um mínimo de juízo para não dizer uma tolice dessa”.

O que se percebe claramente é que a crítica do jornalista está se reproduzindo nas vozes do povo brasileiro.

Por outro lado, numa outra situação proporcionada por esse mesmo STF, a soltura dos corruptos da Lava Jato, prestes a acontecer, pode trazer consequências desastrosas.

Os movimentos Brasil Livre (MBL), Aliança Brasil, Avança Brasil, Nas Ruas e Vem Pra Rua estão preparados para voltar às ruas caso o STF legitime a constitucionalidade do decreto de Michel Temer de indulto natalino a corruptos.

Leia trechos do comunicado conjunto:

“A sociedade brasileira deu um recado claro nas últimas eleições.

Membros do STF, esperamos que vocês tenham entendido o que quer a sociedade:

Não aceitamos conivência com a corrupção e repudiamos qualquer ação que traga retrocessos ao seu combate.

Nós, dos movimentos organizados da sociedade civil Aliança Brasil, MAB, MBL, NAS RUAS e VPR, estamos preparados para voltar às ruas, como fizemos na fase pré-impeachment.

(…) A lei vale para todos!”

O STF e seus impolutos ministros brincam com o povo. Isso parece óbvio.

Veja abaixo o vídeo de José Nêumanne Pinto:

Assistam ao vídeos e vejam as verdades ditas pelo jornalista Ricardo Boechat sobre o aumento para o STF…

Postado por Caio Hostilio em 30/nov/2018 - Sem Comentários


Na verdade, quem vai pagar por esse reajuste ao STF é o contribuinte, que vive debaixo de chibata com tantos impostos e com a falta de responsabilidade do poder público… Temer mostrou está apenas preocupado com sua situação junto ao Judiciário, visto que o seu destino é a cadeia!!!!

Servidores estaduais denunciam que o governo do Estado desconta os empréstimos consignados nos contracheques e não repassa aos bancos…

Postado por Caio Hostilio em 30/nov/2018 - Sem Comentários

Que o Ministério Público e a Justiça tomem as providências cabíveis, pois fica caracterizada a apropriação indébita e o calote aos bancos, que passam a cobrar e inserir o nome dos servidores no Serasa.

Bom dia

Caio hostilio

Meu querido, se você puder posta no seu blog a respeito do não repasse do pagamento dos empréstimos consignados dos servidores do estado para os bancos. Pois o estado não está repassando o pagamento para os bancos e os mesmos estão enviando cartas de cobrança para os servidores, sendo que os descontos estão sendo realizados mensalmente diretos nos contracheques. E por conta disso as pessoas estão sendo negativadas no Serasa

Em especial na Caixa Econômica Federal, que vem mandando inúmeras cobranças e ligando todos os dias.

Todos os meses o estado desconta do salário e não repassa pro banco. Está ficando com o dinheiro do servidor e o banco tá cobrando do servidor, sendo que o servidor já pagou.

No Parlatino, Hildo Rocha defende a criação de uma Corte Penal Latino-Americana

Postado por Caio Hostilio em 30/nov/2018 - Sem Comentários

O deputado federal Hildo Rocha está no Panamá participando da 10a Reunião de 2018 do Parlamento Latino-Americano (Parlatino) organização composta por membros de 22 Parlamentos Nacionais da América Latina e Caribe. Hildo Rocha é membro titular de duas comissões permanentes do Parlatino: Comissão de Segurança Cidadã, Combate e Prevenção do Narcotráfico, Turismo e Crime Organizado e da Comissão de Assuntos Políticos, Municipais e da Integração.

Um dos temas mais importantes debatidos nesta quinta-feira (29) foi o apoio a criação de uma Corte Penal Latino-Americano. Rocha explicou que a Corte terá como finalidade essencial julgar delinquentes envolvidos em organizações criminosas internacionais. De acordo com o deputado, a iniciativa faz parte dos esforços da Agenda 2030, que é um plano de ação para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade e também dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável  (ODS), agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.

“O Brasil e diversos países latino-americanos e caribenhos vivenciam o aumento exacerbado da violência e criminalidade, na maior parte, patrocinada por organizações transnacionais. Um dos objetivos da Agenda, 2030, é reduzir significativamente os fluxos financeiros e de armas ilícitas; reforçar a recuperação e o retorno de bens roubados e lutar contra todas as formas de crime organizado, até dezembro de 2030”, explicou Hildo Rocha.

Apoio formal do Parlatino

O deputado destacou que a proposta de criação da Corte Penal Latino-Americano já conta com a aprovação de alguns países, porém, é necessário que a iniciativa seja formalizada pelo Parlamento Latino-Americano.

“Pretendemos aprovar uma declaração formal do Parlatino a favor da criação de um tribunal para julgar criminosos que atuam em organizações internacionais pois sabemos o quanto eles são perigosos, sabemos das ameaças que eles representam para as sociedades regionais e mundiais”, declarou o parlamentar.

Benefícios para a Lava Jato

Hildo Rocha enfatizou que a criação de um tribunal penal internacional regional vem ao encontro do esforço que o Brasil tem feito para coibir a o prática de crimes organizados.

“A Operação Lava Jato tem mostrado como é difícil combater crimes de lavagem de dinheiro. Além disso, é necessário que haja maior integração nas ações internacionais para que o combate ao tráfico de drogas, de armas e outras modalidades ilegais possam ser combatidas com maior eficiência”, argumentou o deputado.

Gestão integral de fronteiras

Outro tema relevante debatido nas reuniões desta quinta-feira foi a elaboração de um modelo de projeto de lei para promover a Gestão Integral e Conjunta de Zonas de Fronteiras. “O Brasil tem aproximadamente 16 mil quilômetros de fronteiras terrestres e 7 mil quilômetros marítimos. Essa dimensão gigantesca dificulta a realização do monitoramento eficiente nas áreas de fronteira. Dessa forma, é necessário que busquemos meios para envolver países vizinhos nessas atividades”, declarou Hildo Rocha.

A 10a Reunião de 2018 do Parlatino será encerrada hoje, após três dias de debates envolvendo parlamentares dos países membros do Parlatino: Antilhas Holandesas, Argentina,   Aruba, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Suriname, Uruguai e Venezuela.

http://hildorocha.com.br/portal/2018/11/no-parlatino-hildo-rocha-defende-a-criacao-de-uma-corte-penal-latino-americana/

BOLSONARO DÁ O RECADO AO STF

Postado por Caio Hostilio em 30/nov/2018 - Sem Comentários

Os que hoje se colocam contra ou relativizam a Lava Jato, estão também contra o Brasil e os brasileiros.

Todo apoio à operação que está tirando o país das mãos dos que estavam destruindo-o!

Futuro ministro da Cidadania promete “pente-fino na Lei Rouanet”

Postado por Caio Hostilio em 30/nov/2018 - Sem Comentários

Osmar Terra, futuro ministro da Cidadania no governo de Jair Bolsonaro, declarou hoje que pretende realizar um pente-fino na Lei Rouanet.

A lei em si permite a dedução de imposto de renta de pessoa física e jurídica para investir e apoiar projetos culturais.

Diz o futuro ministro: “Ela [a lei] precisa de uma auditoria. Tem que fazer um pente-fino na Lei Rouanet para ver como é que foi gasto esse dinheiro esses anos todos.

Tem artistas que são famosos que nem precisavam de Lei Rouanet, que só o nome deles já daria grandes bilheterias, grande audiência, que estavam lá pegando milhões da Lei Rouanet, enquanto artistas que estão começando, artistas populares e tal, não tinham acesso à Lei Rouanet, tinham dificuldade de conseguir patrocinadores.

As empresas acabam dando dinheiro para quem tem mais prestígio. Então artistas que já são mais conhecidos têm uma possibilidade imensa de ter recursos da Lei Rouanet”.

Os comentários foram feitos em entrevista para a Rádio Gaúcha. Na estrutura do ministério da Cidadania serão acoplados as pastas da Cultura, do Esporte e do Desenvolvimento Social.

Continua Terra: “Vamos fazer uma auditoria, sem fulanizar nada. Vamos fazer uma auditoria… Até estabelecer, de repente, uma cota para que um artista não tenha milhões à sua disposição e o outro não tenha nada”.

O próprio Ministério da Cultura informou que no ano de 2017 foram arrecadados R$ 1.156 bilhões via Rouanet.

Bancada federal atende pleito da FAMEM e destina R$ 163 milhões para saúde

Postado por Caio Hostilio em 30/nov/2018 - Sem Comentários

Foram seis emendas impositivas, das quais cerca de quase R$ 6 milhões foram alocados para outras áreas.

“Nós, prefeitos, só temos é que agradecer o empenho, à boa vontade e à disposição dos nossos senadores e deputados federais, na aprovação dessas emendas, que trarão benefícios nas mais diversificadas áreas para os municípios maranhenses. Foi uma demonstração de que os nossos congressistas estão sintonizados num mesmo propósito, independentemente de cores partidárias ou ideológicas”.

A afirmação foi feita pelo presidente da Federação dos Municípios do Estado do  Maranhão (FAMEM), Cleomar Tema, ao anunciar o resultado de uma reunião da Bancada Maranhense, ocorrida no último dia 16 de outubro, em Brasília, sob a coordenação da deputada Luana Costa, quando foram  escolhidas as emendas  impositivas que foram inclusas no Projeto de Lei 27/2018, do Orçamento do Governo Federal para 2019.

As emendas foram distribuídas da seguinte forma: R$ 1 milhão para serem utilizados em Policiamento Ostensivo nas rodovias federais e para aquisição de viaturas para a Polícia Rodoviária Federal.

Outra emenda, no valor de R$ 10 milhões, está destinada para a reestruturação e modernização de hospitais federais  (Hospital Presidente Dutra.

Uma  emenda no total de R$ 17.312.493,00 será alocada para apoio a projetos de desenvolvimento sustentável  local integrado, através da Codevasf.

A maior emenda,  no valor de R$ 105.369.608,00, será direcionada para incremento temporário ao custeios da Atenção Básica na área de saúde, através do sistema fundo a fundo.

Também no sistema fundo a fundo, foi estipulada emenda no total de R$ 31.139.268,00 a ser aplicada no incremento ao custeio ao  custeio dos serviços  de assistência hospitalar e ambulatorial na área de saúde.

Para a aquisição de veículos para o transporte escolar da educação básica , foi destinada emenda no valor de R$ 4.807.152,00.

De acordo com  Cleomar Tema, somente para a área de saúde foram alocados R$ 163.821,369,00, o que representa 96,6% da totalidade das  emendas.

Participaram da reunião da Bancado os senadores Edison Lobão, João Alberto de Sousa e Roberto Rocha, além dos deputados federais Luana Costa (coordenadora), Aluísio Mendes; André Fufuca; Cleber Verde; Eliziane Gama; Hildo Rocha; Julião Amin; João Marcelo; José Reinaldo; Júnior Marreca; Juscelino Filho; Pedro Fernandes; Sarney Filho; Rubens Pereira Júnior; Victor Mendes; Waldir Maranhão; Weverton Rocha e Zé Carlos.

Publicidade

Busca no Blog