Levando seus opositores a irritação plena!!! Em alta, Bolsonaro é aclamado pela população de Coribe na Bahia

Publicado em   22/jan/2021
por  Caio Hostilio

Bolsonaro

Ontem (21), o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro caminhou nas ruas de Coribe, na Bahia após a entrega de obras de pavimentação da BR-135. A presença do presidente atraiu a população, que aclamou Bolsonaro.

Na ocasião, o mandatário brasileiro se aproximou e recebeu carinho de apoiadores, além de tirar fotografias com cidadãos que o prestigiavam.

  Publicado em: Política

Um encontro que releva um futuro promissor para o Maranhão!!!

Publicado em   22/jan/2021
por  Caio Hostilio

  Publicado em: Política

Vacina de Oxford estará pronta para distribuição no sábado, diz Fiocruz

Publicado em   22/jan/2021
por  Caio Hostilio

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou, na noite desta quinta-feira (21/1), que os dois milhões de doses da vacina de Oxford/Astrazeneca importadas da Índia estarão prontos para distribuição no próximo sábado (23/1), à tarde. Caberá ao Ministério da Saúde realizar a distribuição, o que deve ocorrer entre sábado e domingo, segundo a Fiocruz.

A carga será transportada em voo comercial da companhia Emirates. Após desembarcar em São Paulo, o lote segue em aeronave da Azul para o aeroporto internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Em seguida, o carregamento é encaminhado à Fiocruz.

Checagem

Antes de liberar as doses, a fundação, responsável pela qualidade da vacina no país, verificará as condições de segurança para aplicação. Trata-se de procedimento obrigatório antes de liberar a remessa à distribuição aos estados, em obediência às normas regulatórias.

Os imunizantes passarão, ainda, por uma rotulagem, com etiquetagem das caixas com informações em português. “Esse processo acontecerá ao longo da madrugada e na manhã de sábado (23/1) e será realizado por equipes treinadas em boas práticas de produção”, informou a nota da Fiocruz.

A vacina importada da Índia tem características diferentes da CoronaVac, imunizante do laboratório chinês Sinovac, produzido no Brasil em parceria com o Instituto Butantan. Enquanto a CoronaVac exige o armazenamento da metade das doses para a segunda aplicação, a orientação técnica da vacina da Oxford é utilizar a totalidade dos dois milhões de unidades neste momento, pois o intervalo entre uma dose e outra é de três meses.

  Publicado em: Política

Dando prosseguimento a programação!!! Profissionais de saúde da UBS da Nova Caxias são imunizados contra a covid-19

Publicado em   22/jan/2021
por  Caio Hostilio

Na manhã desta quinta-feira (21), os profissionais de saúde da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Nova Caxias foram imunizados contra a covid-19. Ao todo, 30 doses da vacina CoronaVac foram destinadas à unidade que tem por objetivo a prevenção contra o novo coronavírus. O presidente da Câmara Municipal de Caxias, Teódulo Aragão, representou o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, na solenidade que marcou a vacinação dos profissionais.

“Este é só o início da esperança que a gente quer que chegue logo para imunizar a todos. Todos os profissionais de saúde estão recebendo a imunização agora, mas a gente acredita que com a força de todos vamos conseguir imunizar logo toda a nossa sociedade”, frisou Teódulo Aragão.

“Os profissionais de saúde da unidade são contemplados, desde ASD até o médico. Estamos trabalhando em mutirão e estamos vacinando quem está no plantão. A mesma coisa está acontecendo nos hospitais. E, assim, estamos fazendo o que podemos com as poucas unidades que recebemos. A segunda dose deve estar chegando entre 15 e 20 dias”, frisa Verônica Aragão, coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

As vacinas foram enviadas pelo governo federal por meio do governo do estado. A Prefeitura de Caxias recebeu 2.466 doses nesta primeira fase, na qual serão priorizados os profissionais de saúde com a vacinação. Posteriormente os demais públicos prioritários serão imunizados. A segunda dose da vacina será administrada nos próximos quinze ou vinte dias, após a primeira dose.

“Essa vacina é acima de tudo uma vitória da ciência, do SUS, e veio para provar que temos uma luz nesse caminho. Esse é o primeiro passo para uma vida normal. Ainda temos um longo processo até o retorno da normalidade, mas já é um grande passo”, frisa Sabrina Medeiros, médica.

“A gente se sente mais protegida. Sente a responsabilidade de cuidar dos pacientes que procuram a nossa unidade. É bastante gratificante a gente estar sendo priorizado”, lembra Deysilane Rocha, enfermeira.

“Nós elaboramos a estratégia, onde uma equipe se desloca até a UBS com a relação nominal de todos os profissionais e eles recebem as doses da vacina. Na zona rural, nós estabelecemos um ponto fixo que é a Secretaria Municipal de Saúde. Então, à medida que os profissionais vão se deslocando para as rotas, eles recebem as doses. O objetivo é contemplar todos os profissionais da Atenção Primária”, lembra Camila Lopes, coordenadora da Atenção Primária.

A Prefeitura de Caxias reforça a necessidade das medidas preventivas já orientadas pelo Ministério da Saúde e pelo Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Novo Coronavírus, a exemplo de lavar as mãos com água e sabão ou álcool em gel, manter o distanciamento social e usar máscara facial.

  Publicado em: Política

Rigo Teles age com coerência aos anseios dos músicos e do empresário de entretenimento de Barra do Corda sobre prevenção do covid

Publicado em   22/jan/2021
por  Caio Hostilio

  Publicado em: Política

Anvisa decide se libera mais 4,8 milhões de doses da CoronaVac fabricadas pelo Butantan

Publicado em   22/jan/2021
por  Caio Hostilio

A diretoria da Anvisa se reúne nesta sexta-feira (22), a partir das 15h, para decidir se libera mais um lote de 4,8 milhões de doses da CoronaVac para uso emergencial no Brasil.

A Anvisa vai avaliar eficácia e segurança, as boas práticas de fabricação e eventuais efeitos adversos em voluntários que testaram a vacina.

No último domingo, a Anvisa autorizou o uso de 6 milhões de doses importadas da Sinovac.

Desta vez, a Anvisa vai avaliar doses feitas no Butantan.

  Publicado em: Política

45% acham que Bolsonaro age certo sobre vacinas, diz pesquisa

Publicado em   22/jan/2021
por  Caio Hostilio

Pesquisa PoderData mostra que 45% da população brasileira acha que o governo do presidente Jair Bolsonaro atuou de maneira correta para oferecer vacinas. Outros 44% dizem que a administração foi negligente.

O levantamento foi realizado de 18 a 20 de janeiro em 544 cidades e com 2.500 entrevistas. Todas as oscilações foram dentro da margem de erro do estudo, de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, exceto a proporção de entrevistados que não souberam ou não quiseram responder, que caiu de 18% para 11%.

A proporção de brasileiros que acham que o Executivo agiu corretamente na distribuição de vacinas é a mesma registrada na avaliação do governo, que tem 45% de aprovação.

A pesquisa foi realizada neste período, em que os Estados estavam começando a vacinar os profissionais de saúde, idosos em asilos e deficientes em instituições de longa permanência. Ficou em campo até a manhã de 4ª feira (20.jan).

Foram 2.500 entrevistas em 544 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.

DESTAQUES DEMOGRÁFICOS

O estudo destacou, também, os recortes para as respostas à pergunta sobre a percepção dos brasileiros em relação ao trabalho do governo para oferecer vacinas.

Os que têm de 16 a 24 anos (60%), os desempregados ou sem renda fixa (57%) e os moradores da região Norte (63%) são os que mais acham que o Executivo atuou corretamente.

Os que cursaram ensino superior (65%), os moradores da região Centro-Oeste (66%) e os que ganham de 5 a 10 salários mínimos (71%) são, proporcionalmente, os que mais dizem que a administração foi negligente.

TRABALHO PARA OFERECER VACINAS X AVALIAÇÃO DE BOLSONARO

Os apoiadores do presidente estão alinhados: 85% dizem que o governo atuou de maneira correta para oferecer os imunizantes. Quando são considerados só os que o rejeitam (que o avaliam como “ruim” ou “péssimo“), a taxa cai para 17%.

  Publicado em: Política

Estranheza foi para não espantar!!! Governo busca na bancada federal um sucessor para Capelli na Rebras

Publicado em   22/jan/2021
por  Caio Hostilio

Causou estranheza no meio político o fato do governador Flávio Dino (PCdoB) não ter anunciado publicamente o nome de Ricardo Capelli (PCdoB) para a Secretaria de Comunicação do Maranhão.

Dino confirmou o jornalista como titular da área em reunião do CONGEP e a informação já foi vazada desde a semana passada em site nacionais, mas até o momento não houve anúncio nas redes sociais, como o governador tradicionalmente faz desde o início do mandato.

O motivo, segundo apurou o blog, seria a procura por um nome para a Secretaria de Representação Institucional do Governo em Brasília.

O indicado poderia ser inclusive um deputado federal, o que abriria nova vaga na Câmara Federal para um aliado do Palácio dos Leões – há movimentações neste sentido.

Atualmente, os suplentes Elizabeth Gonçalo (Republicanos) e Gastão Vieira (PROS) ocupam as cadeiras de Márcio Jerry e Rubens Pereira Junior, ambos do PCdoB, respectivamente nomeados para as secretarias de Cidades e de Articulação Política.

Caso a articulação seja confirmada, Dino teria a chance de empossar um terceiro suplente na bancada federal.

Por Marrapa

  Publicado em: Política

A culpa é do Bolsonaro!!! Mais de 60 mil vacinas sumiram no Amazonas

Publicado em   22/jan/2021
por  Caio Hostilio

Até o momento, a Secretaria Estadual de Saúde não explicou onde foram parar as 60.727 que sobraram.

O Tribunal de Contas já exigiu explicações do governo estadual e Manaus suspendeu hoje a vacinação, para averiguar se há gente do grupo não prioritário furando a fila.

  Publicado em: Política

O encontro da diplomacia que no Maranhão é carente…

Publicado em   22/jan/2021
por  Caio Hostilio

É certo afirmar que o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado Othelino Neto, e o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior, são os principais representantes da diplomacia na política interna do Maranhão.

Esse encontro veio para triunfar que política não precisa ser feita com ódio, rancor e até mesmo a vingança, haja vista que é da diplomacia que vem a essência da democracia e do estado republicano, pois é preciso respeitar o contraditório, dá voz a minoria e garantir a palavra, dentro das críticas e questionamentos salutares… Isso tudo é observado na condução da AL por Othelino Neto e por Edivaldo Holanda em sua condução na gestão de São Luís.

Othelino Neto atualmente na política maranhense é o que vem construindo a importância da diplomacia no jogo político e tendo o apoio de Holanda Junior, com certeza farão muita diferença no futuro próximo. O senador Weverton Rocha vem fazendo da diplomacia o seu jogo… É importante ressaltar isso.

Foram tão poucos políticos que conseguiram ver o qual Sarney foi diplomata para sobreviver por mais de 60 anos na política Brasileira.  

É importante ressaltar a forma diplomata com a mídia, através de parcerias com respeito independente da linha editorial, destacando: Roseana Sarney, Holanda Junior e Othelino Neto.

Que sirvam de exemplo esses políticos diplomatas, visto que a política maranhense precisa muito de uma renovação!!!

  Publicado em: Política

Busca no Blog

Arquivos