Arquivo de janeiro de 2020

Se essa onda pega!!! Projeto recolhe assinaturas para diminuir salários de vereadores pela metade (veja o vídeo)

Postado por Caio Hostilio em 27/jan/2020 - Sem Comentários

Um estudante de direito, morador da cidade Santarém no interior do Pará, teve uma extensíssima ideia.

João Batista Rodrigues de Oliveira, decidiu juntar assinaturas nas ruas do município para apresentar um projeto à Câmara municipal de Santarém, visando a redução dos salários dos vereadores que atualmente ganham R$ 11,5 mil.

Em apenas 11 dias, João recolheu mais de cinco mil assinaturas, das 11 necessárias para apresentação do projeto na Câmara.

Em Santarém são 220 mil eleitores e é necessário obter 5% de assinaturas do eleitorado para que o projeto vá adiante, como determina o art 29 da Constituição Federal e 13 da Lei Orgânica do Município.

Segundo João, ele tem uma equipe que está trabalhando junto com ele pelas ruas da cidade e colhem cerca de 400 assinaturas por dia, ou seja logo o projeto já estará apto para ser apresentado na Câmara.

Uma bela iniciativa que deveria ser implementada em todo o Brasil.

Confira:

Por Jornal da Cidade

O como anda o cenário político maranhense para 2020 e 2022?

Postado por Caio Hostilio em 27/jan/2020 - Sem Comentários

É certo afirmar que o resultado das eleições de 2022 vai depender do desfecho das eleições de 2020, cujo o número de prefeitos e vereadores eleitos por um determinado grupo dará ao grupo vencedor a possibilidade de se firmar para uma eventual disputa ao governo do Estado.

Engana-se aqueles que acham que no Maranhão a disputa é soberana sob a batuta do atual governador Flávio Dino. As diversas correntes se divergem naturalmente e leva a crer que alguma sairá na frente.

As correntes surgem de acordo com as necessidades políticas e é natural que surjam grupos antagonicos, pois é da política o jogo pelo poder.

Agregar nesse momento é a chave para o bom desempenho tanto nas eleições de 2020 como nas eleições de 2022.

Atualmente no Maranhão se ver um grupo que sabe lidar com a politica diplomaticamente, mostrando, com isso, que tem tudo para dominar o jogo político no Estado por muitos anos… Vem tomando gosto das mais variadas correntes políticas do Maranhão.

Tem outra corrente que joga todas suas fichas no poder econômico e pode lá na frente se transformar numa oposição ferrenha.

Existe ainda a corrente que permeia a cadeira dos Leões e, assim, se manter no poder… Vai depender muito do jogo político nas eleições de 2020.

Com certeza sairá vencedor desse jogo político que é jogado no Maranhão o grupo que melhor souber agregar as diversas correntes…

É bom começar ver as movimentações políticas pela Prefeitura de São Luís… Engana-se quem pensa que haverá um consórcio de candidatos palaciano!!! Todos querem a gestão municipal da capital para començar com um Xeque no tabuleiro de 2022!!!

Algumas das críticas de Bolsonaro à imprensa são corretas, diz Lula

Postado por Caio Hostilio em 27/jan/2020 - 1 Comentário

 O ex-presidente Lula, em entrevista ao UOL  

O ex-presidente da República Lula endossou algumas das críticas feitas pelo atual presidente Jair Bolsonaro à imprensa. “Acho que tem crítica que ele (Bolsonaro) faz que é correta. Dê a ele o mesmo direito que dá aos outros, direito de falar, abra para ele falar”, afirmou Lula.

Lula chegou a citar o nazismo ao criticar a TV Globo.

Contudo, deixou de afirma na entrevista à UOL, da Folha de São Paulo, que o jornalão quatrocentão é quem não ver pontos positivos algum e se pauta apenas em futricas e desinformações.

Você imagina quem é esse figurão? Juíza mandar recado enigmático a ‘elevado figurão da magistratura nacional’

Postado por Caio Hostilio em 26/jan/2020 - Sem Comentários

Ouça o texto da juíza Ludmila Lins Grilo:

“Tu, ó elevado figurão da magistratura nacional: soube que passas teus dias traçando estratégias para me neutralizar. “Como ousa desafiar-nos a neófita?” És deprimente.

Tentas desesperadamente angariar colegas simpáticos à tua causa de querer me eliminar, mas sei que estás em dificuldade: ninguém te leva a sério. Não deve ser fácil ocupar cargo tão elevado e obter nem meia dúzia de adeptos para a perseguição que desejas iniciar.

Teu cargo é tudo que tens – tua própria substância -, por isso temes perdê-lo tal como tua própria vida. Projetas teus medos em mim, como se meus medos fossem os mesmos que os teus. Achas que compartilho de tua miséria.

Sim, se teu cargo é tua vida, és miserável. Desconheces por completo o sentido de tua própria existência. Tens as pernas trêmulas só de pensar em perder teu cargo e tua posição – e borras as calças só de pensar na possibilidade.

Enquanto lês estas palavras, sentes raiva. Neste momento, procuras meios de calar quem te perturba a alma e desnuda tua inépcia. Estás nu diante de tua própria consciência. Tua ira é compreensível – e até mesmo previsível: é bíblica. As coisas são assim desde o início dos tempos.

Procuras meios de me calar porque te causo incômodos. Logo eu, que consideras tão pequena e insignificante, causando-te incômodos, ó imponente figurão da República! Não te envergonhas? És tão grande e de importância tão monumental, por que te afliges com uma reles como eu?

Minhas palavras te atingem diretamente, ou ao teus benfeitores, de quem vives de lamber as botas – única forma que tens de ter alguma relevância na vida. És lamentável.

Saber que a obtenção de algum valor nessa vida dependeu de alguém que gentilmente concedeu-te um cargo – e ainda assim não receber o alto reconhecimento que desejarias – deve ser desesperador. És mesmo um miserável.

Perdes tuas noites – e tua vida – em claro preocupando-se em como eliminar do mapa miudezas como eu, enquanto eu até ontem desconhecia tua fixação em mim por completo: costumo mesmo dedicar minha atenção a coisas mais elevadas.

Sou-te desagradável e inconveniente, pois, quando apareço, tu te vês defronte à imensidão de tua ignorância. Eliminar-me é como tirar o sofá da sala: estarás satisfeito ocultando tua decadência que continuará a existir.

És um completo engodo: passar toda uma vida posando de erudito e tendo de fingir possuir uma capacidade que não tem, além de deprimente, deve dar um trabalho dos diabos.

Recebo afetos espontâneos que jamais receberás, porque o ser humano corre naturalmente na direção do que os instintos dizem ser-lhe bom. Contigo isso jamais acontecerá, pois és uma falsificação grotesca de virtudes: não emanas positividade alguma.

Minhas palavras podem significar, para ti, o descortino de algo que tu gostarias que permanecesse incógnito e incompreendido, pois te beneficias de certos segredos inconfessáveis. Nesse caso, lamento. Não tenho rabo preso como tu tens – e quero mais é que te lasques.

Deve ser mesmo incômodo ver opiniões que te são repulsivas receberem tamanha aceitação pública. Sei que não tens muita afeição ao contraditório e à divergência – embora exerças a magistratura -, tampouco à liberdade de expressão de que dizes ser defensor. És hipócrita.

Aceitas amizades cabulosas e favores de figurões duvidosos que possam te beneficiar, ao mesmo tempo que enxergas em mim o mal a ser extirpado. Teu aleijado senso das proporções é a própria representação da destruição total do que restou de tua inteligência e de teu caráter.

Sei bem que, ao ler estas palavras, não desenvolverás a humildade ou qualquer destas virtudes que não possuis – isso seria um comportamento dos fortes de espírito, e não de homenzinhos gelatinosos de perninhas trêmulas.

Sentes raiva: estás vermelho e teus dentes rangem, correto? Sofres uma ardência no tórax como se tivesses tomado ácido. Já sei: já estás correndo ao teu grupo de zap, tentando achar algum meio legal de me descartar, mas não consegues nem a lei, nem o apoio. Não és levado a sério.

Tua fortuna é que o teu estado de completa indigência espiritual não é estanque: é possível evoluir até o fim de nossas vidas. Ainda há tempo e salvação. Boa sorte. Com esta vida de bosta e sem sentido, vais mesmo precisar”.

Veja o Vídeo.

Prefeito Edivaldo fecha semana de trabalho com vistoria às obras da Escola Municipal de Música, no Centro Histórico

Postado por Caio Hostilio em 25/jan/2020 - Sem Comentários

Com obras em fase de acabamento, escola vai atender alunos da rede municipal de ensino e também abrirá vagas para o público em geral; programa Dançando e Educando funcionará no local

Prefeito Edivaldo fecha semana de trabalho com vistoria às obras da Escola Municipal de Música, no Centro Histórico

O prefeito Edivaldo Holanda Junior fechou a semana de trabalho vistoriando, na manhã deste sábado (25), as obras de recuperação do casarão nº 53, localizado na Rua do Giz, Praia Grande, onde funcionará a Escola Municipal de Música (Emmus). As obras já estão em fase de acabamento e estão sendo executadas pela Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal do Patrimônio Histórico (Fumph). A Escola Municipal de Música será ligada à Secretaria Municipal de Educação (Semed) e quando estiver funcionando irá ampliar o atendimento para o público em geral. No local também funcionará o programa Dançando e Educando, que oferece aulas de ballet a crianças e adolescentes da rede municipal de ensino.

Durante a vistoria, o prefeito Edivaldo destacou a importância de mais esta obra que está sendo executada no Centro Histórico de São Luís. “A Prefeitura de São Luís, na minha gestão, tem feito importantes investimentos no Centro Histórico. Esta é mais uma obra importante que irá contribuir para a revitalização e reocupação do Centro por meio de atividades artísticas e culturais. Neste prédio, além da Escola Municipal de Música, que irá oferecer aulas gratuitas de canto e de instrumentos para as crianças de São Luís, funcionará o programa Dançando e Educando, por meio do qual crianças e adolescentes da nossa rede de ensino têm a oportunidade de aprender ballet. Então, será mais um importante equipamento que integrará nossas políticas de educação”, disse o gestor municipal que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda; do vice-prefeito, Julio Pinheiro; e dos secretários municipais de Governo, Pablo Rebouças; Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo; Turismo, Socorro Araújo; Representação Parlamentar, Nonato Chocolate; do presidente da Fumph, Aquiles Andrade; e do subprefeito do Centro Histórico, Jefferson Viégas.

O vice-prefeito, Julio Pinheiro, destacou os muitos avanços que a gestão tem feito no Centro de São Luís. “Nossa gestão tem conseguido reocupar e humanizar o Centro de São Luís com intervenções nos principais logradouros dessa região da cidade. A obra da Escola Municipal de Música tem ainda o fato de ser um espaço na nossa cidade dedicado ao ensino de atividades artísticas, o que é fundamental, sobretudo quando se trata de crianças. Então, é sem dúvidas mais uma obra importante que o prefeito Edivaldo vai entregar”, afirmou.

REFORMA DO CASARÃO

As obras da Escola Municipal de Música estão em fase de acabamento. O casarão onde funcionará a Escola Municipal de Música passa por uma reforma ampla, desde o reforço das estruturas de sustentação, sistemas elétricos e hidráulicos, telhado, reboco novo nas paredes internas, piso e forro. Nas últimas semanas foram realizados serviços de pintura nas paredes internas e pequenos reparos no sistema de escoamento pluvial. Falta instalar esquadrias nos portais e janelas, sistema de ar-condicionado e partes do sistema elétrico. Algumas salas terão revestimento acústico. A fachada do prédio, feita de azulejos antigos, será revitalizada.

O presidente da Fumph, Aquiles Andrade, afirmou que com mais esta obra a Prefeitura de São Luís amplia suas ações de revitalização no Centro Histórico de São Luís. “O Centro de São Luís passa por um amplo processo de requalificação dos seus espaços na gestão do prefeito Edivaldo, que além de recuperar os logradouros e imóveis tem garantindo diversas atividades para manter esses locais ocupados com atividades educativas, culturais, de lazer. O Centro voltou a ser uma área de convivência e isso era algo que estava se perdendo”, informou.

ESCOLA MUNICIPAL DE MÚSICA

No casarão vão funcionar seis salas de aula, um auditório e salas administrativas. Com a obra, a Escola Municipal de Música passa a ter sede e estrutura própria. Atualmente as aulas acontecem no Núcleo de Enriquecimento para Estudantes com Características de Altas Habilidades/Superdotação (NEECAHS) e no Casarão Azul, no Centro Histórico de São Luís. A mudança para o Centro Histórico vai facilitar também a mobilidade por causa da proximidade do Terminal de Integração Praia Grande.

As aulas atendem crianças do ensino fundamental. Quando estiver funcionando no novo endereço, a Escola Municipal de Música irá ampliar o atendimento para o público em geral, aplicando aulas práticas e teóricas em disciplinas como história da música e percepção musical. Entre os projetos da Emmus que devem funcionar no Centro, há o canto coral, o ensino de instrumentos e aulas de ballet, por meio do programa Dançando e educando.

OBRAS NO CENTRO

O prefeito Edivaldo também vistoriou outros serviços em execução pela Prefeitura de São Luís no Centro Histórico. Além das grandes obras de requalificação estão sendo executados também serviços para a recuperação de calçamento, sarjetas e mobiliário urbano em diversas vias da região. O objetivo é garantir a mobilidade, acessibilidade e as condições de lazer do Centro Histórico e seu entorno, que tem recebido um grande volume de pessoas como reflexo das ações de recuperação do patrimônio histórico e de ocupação dos logradouros com atividades artísticas, culturais e de lazer.

As obras da Escola Municipal de Música e demais ações executadas somam-se aos investimentos para revitalização e valorização que a gestão tem promovido no Centro Histórico da capital como o Complexo Deodoro, a Rua Grande e a Praça Pedro II, obras feitas em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Por meio do programa São Luís em Obras estão sendo reformados o Parque do Bom Menino e as praças da Bíblia, Saudade e Misericórdia. Também serão executadas obras no Largo do Carmo e Praça João Lisboa e a nova Praça das Mercês, no Desterro.

Neto Evangelista admite PDT ser vice e confirma diálogos com MDB, PSL e PSD

Postado por Caio Hostilio em 25/jan/2020 - Sem Comentários

Pré-candidato a prefeito de São Luís, o deputado Neto Evangelista (DEM) confirmou que são grandes as chances de o PDT fazer parte da sua chapa na condição de vice. “Existe uma aliança hoje nacional entre PDT e DEM, principalmente em capitais, agora eu óbvio desejo muito ter o PDT na minha coligação”, disse. Em entrevista ao jornalista John Cutrim e o radialista Robson Jr. no programa Resenha da TV Difusora neste sábado, Neto afirmou que o deputado Eduardo Braide, também pré-candidato a prefeito, não deixou legados positivos em suas passagens no executivo.

“O Braide tem a experiência de gestão dele na Caema e não me recordo como uma boa experiência administrativa”, observou. Evangelista criticou também as alianças feitas pelo líder nas pesquisas até o momento. “Não dá pra você ficar conversando com políticos pra construir uma agremiação política e na hora de dar uma entrevista dizer que não quer nenhum político do seu lado. Tem que ter gestão e tem que ter política”, alfinetou.

Neto Evangelista revelou que conversa com outros partidos, entre os quais PSL, MDB e  PSD, e está disposto, segundo ele, a dialogar com todos. “Minha bandeira não é vermelha, minha bandeira não é azul, não é verde, a minha bandeira é de trabalho pela cidade de São Luís. Nós temos que ter diálogo dentro da política, eu não sou pré-candidato a presidente de partido, eu sou pré-candidato a prefeito da minha cidade e todos aqueles que quiserem vir compor em torno de um projeto pra São Luís será bem vindo, com uma lembrança importante: quero ser prefeito de São Luís não pra ser liderado, mas pra ser um líder de um projeto por essa cidade”, declarou ao Resenha da TV Difusora.

Vice do PDT

“Mantemos um diálogo permanente, o PDT é um partido histórico em São Luís que tem uma história de luta advinda do Dr. Jackson Lago do qual fiz campanha pra governador inclusive por duas vezes. Tem uma liderança importante no estado que é o senador Weverton Rocha, o prefeito Edivaldo, o presidente da Câmara Osmar Filho.

O certo é que existe uma aliança hoje nacional entre PDT e DEM, principalmente em capitais, agora eu óbvio desejo muito ter o PDT na minha coligação compondo a minha chapa enquanto amanhã candidato a prefeito de São Luís.”

Apoio do PSL

“Tenho um carinho pelo Chico Carvalho, ele foi vereador junto com o meu pai e me viu nascendo e hoje preside um partido importante aqui no Maranhão que é o PSL. Tem a maior bancada dentro do Congresso Nacional.

Minha bandeira não é vermelha, minha bandeira não é azul, não é verde, a minha bandeira é de trabalho pela cidade de São Luís. Nós temos que ter diálogo dentro da política, eu não sou pré-candidato a presidente de partido, eu sou pré-candidato a prefeito da minha cidade e todos aqueles que quiserem vir compor em torno de um projeto pra São Luís será bem vindo, com uma lembrança importante: quero ser prefeito de São Luís não pra ser liderado, mas pra ser um líder de um projeto por essa cidade. Todos aqueles que vierem somar terão participação, porém com a liderança importante e presente do prefeito de São Luís se assim a população permitir que seja”.

MDB e PSD

“O deputado Roberto Costa é um grande amigo que eu tenho dentro da Assembleia Legislativa e é um dos grandes quadros políticos do nosso Estado, diga-se de passagem. Converso com o deputado Roberto, converso com o deputado Edilázio do PSD, estou aberto pra dialogar com todos aqueles partidos que querem fazer um projeto de gestão e de desenvolvimento pra São Luís”.

Eduardo Braide

“O Eduardo Braide foi deputado junto comigo, hoje deputado federal, tem sua experiência política administrativa, foi presidente da Caema, infelizmente não é uma agência que tem boas lembranças pra população de São Luís. Eu desafio qualquer cidadão dizer algum momento que esteve feliz com a gestão da Caema, a prefeitura faz a pavimentação, a Caema quebra, aí pra mim é falta de diálogo entre empresa e prefeitura. O Braide tem a experiência de gestão dele na Caema e não me recordo como uma boa experiência administrativa.

Agora eu jamais esconderei qualquer aliança política que eu queira fazer pra chegar as eleições de São Luís. Primeiro, porque acho que tem que ter transparência com o eleitor, não dá pra você ficar conversando com políticos pra construir uma agremiação política e na hora de dar uma entrevista dizer que não quer nenhum político do seu lado. Tem que ter gestão e tem que ter política. Contem comigo com transparência, jamais conversando com a classe política e dizendo pras câmaras que meu contato é apenas com o povo”.

Por John Cutrim

Para a alegria dos degustadores!!! Bolsonaro bate o martelo: ‘Não tem aumento de imposto da cerveja no Brasil’

Postado por Caio Hostilio em 25/jan/2020 - Sem Comentários

O presidente Jair Bolsonaro repetiu nesta sexta-feira (24/1) que não haverá a criação deimpostos sobre produtos prejudiciais à saúde como álcool, cigarro e doces, o chamado “imposto do pecado”. Ele ainda brincou a respeito da proposta do ministro da Economia, Paulo Guedes e afirmou que foi dita “fora de contexto”:

“Ô Paulo Guedes! Pô Paulo Guedes! Poxa! A alegria do povo brasileiro é tão pouca. Tem dificuldades, muita gente desempregada. Me dou muito bem com Paulo Guedes e combinamos lá atrás: Não tem aumento de imposto no Brasil. Então, acho que o Paulo Guedes falou fora de contexto aí aumentar o imposto da cerveja. Não vamos aumentar o imposto da cerveja”, reassegurou.
Mais cedo, na Índia, Bolsonaro rejeitou a ideia. “Não terá qualquer majoração de carga tributária”, afirmou o chefe do Executivo.
Ele ainda confundiu Guedes com o ministro da Justiça, Sergio Moro. “Ô Moro, aumentar a cerveja não, hein Moro…Acho que o Moro gosta de uma cervejinha…será que ele gosta?”.
Em seguida, Bolsonaro desfez a confusão: “Ô Paulo Guedes, eu te sigo 99%, mas aumento no preço da cerveja, não”, concluiu.
O presidente interino, Hamilton Mourão, se pronunciou durante a tarde sobre o assunto. Ele caracterizou e a proposta de Guedes como um “balão de ensaio”.
“O ministro Guedes está lá fora do Brasil, lançou uma ideia que foi imediatamente rebatida pelo presidente. Vamos só lembrar, todos os ministros podem lançar as ideias que eles quiserem. Agora, só tem uma pessoa que decide, se chama Jair Bolsonaro. É o que tem mandato do povo para decidir”, afirmou Mourão, ao deixar o Planalto, pouco antes de embarcar para São Paulo.
“Lançar ideia não faz mal nenhum. É balão de ensaio que está jogado aí, não mata ninguém isso aí. Não vamos ver chifre em cabeça de cavalo”, complementou. O general também brincou dizendo que seria “lamentável” taxar a cerveja.

Assistam ao vídeo!!! Faz lembrar a situação do MA que só deixou o Mateus… Governo catastrófico petista no RN faz fechar empreendimentos!!!

Postado por Caio Hostilio em 25/jan/2020 - Sem Comentários


Que política é essa que ao invés de atrair investimentos expulsa os empreendimentos existentes que geram emprego e renda?

Diante desse vídeo, o que a gestão de Fátima Bezerra, no Rio Grande do Norte, está fazendo para gerar emprego e renda ou devemos acreditar que em seu programa de governo pestista a geração de empregro e renda se restringe somente ao serviço público?

É como diz o dito popular: “O povo tem o governo que merece”, por isso agora tem que aguentar sem reclamar… Ainda existem os que aplaudem toda essa falta de perspectiva para o trabalhador!!!

Alguém tem duvida de sua popularidade? Sergio Moro cria instagram e supera 600.000 seguidores em menos de um dia… No twitter ele já conta 2 milhões de seguidores!!!

Postado por Caio Hostilio em 25/jan/2020 - Sem Comentários

Em sua primeira publicação, o ministro fez um vídeo para mostrar a data desta quinta-feira (23), para provar que a conta foi criada por ele mesmo. Da mesma forma que Moro fez quando estreou no Twitter.

“A pedido da minha esposa, estou finalmente entrando no Instagram. É uma forma de prestar contas à sociedade. Isso, dia 23 de janeiro, provando que esse perfil é meu mesmo”, afirmou.

Para acessar o instagram do ex-juiz da Lava Jato o endereço é: https://www.instagram.com/sf_moro/

Com menos de um dia no Instagram e apenas duas publicações, Moro já passa dos 600 mil seguidores. Moro já conta com quase 2 milhões de seguidores no twitter

Fábio Gentil e Paulo Marinho Junior encrementam a gestão de Caxias

Postado por Caio Hostilio em 25/jan/2020 - Sem Comentários

Visando incrementar a gestão pública caxiense, com uma atuação que possibilite o maior equilibrio e dinâmica no planejamento, organização e controle, o prefeito Fábio Gentil e o vice-prefeito Paulo Marinho Junior buscam inovações que tragam maior dinamismo administrativo que ofereça cada vez mais aos caxienses o bem-estar, com serviços inovadores e perspectativas que transformem Caxias ainda mais num pólo de investimentos, turístico, cultrual e, principalmente, com atrativos que encantam. É necessário que os problemas sejam compartilhado com todos a equipe e, assim, debater metas que facilitem o objetivo a ser alcançado. 

Antes da reunião com o secretariado nesta quinta-feira (23), ainda no gabinete, o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, falou sobre a expectativa para a reunião que marca a implementação de um novo modelo de gestão pública, com foco em alinhamento de metas e resultados em benefício da população caxiense.

“É importante esta nova etapa para que todos os secretários saibam o que se passa em cada secretaria. Nosso objetivo é fazer com que cada secretaria possa trabalhar de forma participativa com as demais. Estamos inaugurando um novo ciclo com a definição de metas e buscando atingir resultados para a nossa população”, afirma o prefeito de Caxias.

Em seguida, o gestor se encontrou com todos os secretários municipais para dar continuidade ao mais novo passo dado pela administração de Caxias. O vice-prefeito Paulinho também participou do encontro.

“É a gestão buscando ser melhor sempre. Estamos sendo ousados, buscando ferramentas modernas para entregar para o cidadão aquilo que ele merece, uma gestão eficiente, sempre com o foco no cidadão, nas pessoas que mais precisam. Esta é uma marca da nossa gestão para que a gente construa a cidade que a gente quer”, reforça Paulinho.

Esta é a segunda reunião de avaliação e monitoramento, na qual o gestor municipal trabalha um novo conceito na gestão pública, traçando metas para cada secretaria, em busca de resultados que atendam cada vez melhor a população.

“Eu avalio como algo positivo do nosso governo, uma vez que a gente passa a entender profundamente o que cada secretaria faz, nós funcionamos em uma cadeia, uma secretaria não funciona sem a outra. Quando a gente tem esse entendimento, essa união entre os secretários, a gente passa a desenvolver ainda mais a nossa cidade, e só o conjunto vai fazer com que Caxias cresça”, lembra Luciana Soares, secretária municipal de Agricultura e Pesca.

“A gente percebeu o volume de trabalho que a gente tem. As intervenções do prefeito sobre as formas de fazer e de planejar nos fazem ter uma visão geral da gestão. O prefeito Fábio Gentil e todos os secretários estão de parabéns, porque juntos podemos desenvolver um trabalho planejado e organizado, agora com um novo modelo de gestão com metas a serem alcançadas e com objetivos mais claros”, ressalta Arthur Quirino, secretário municipal de Cultura, Patrimônio Histórico, Esporte, Turismo e Juventude.

“Esta avaliação faz com que a gente revigore as nossas energias e continue trabalhando com mais dedicação, com mais humanização, para que nossa população tenha a Caxias que a gente tanto espera. O prefeito Fábio Gentil, inovador como ele é, este momento de avaliação é também de cobranças para que a gente se dedique mais e faça mais para a nossa comunidade”, frisa Murilo Novais, secretário municipal de Infraestrutura.

Durante o encontro, cada secretário e secretária teve 10 minutos para apresentar os resultados da pasta que comanda nos últimos 15 dias. As reuniões de avaliação e monitoramento serão feitas constantemente a cada 15 dias, marcando um novo momento da gestão pública municipal.

“A gente teve a oportunidade de mostrar para os colegas o que estamos planejando, o que a gente tem feito e o que precisamos fazer para melhorar a nossa gestão. A gente se orgulha muito da gestão do prefeito Fábio Gentil, porque a gente vê o quanto o nosso município evoluiu, mas também o quanto precisa ser feito. É uma reunião que nos dá uma grande motivação”, acredita Socorro Melo, secretária municipal de Saúde.

“É uma reunião onde buscamos otimizar cada pasta e principalmente o desenvolvimento das ações integradas. Porque nós já trabalhamos muito, mas podemos oferecer muito mais para a população de Caxias. O prefeito Fábio Gentil está de parabéns, e é um trabalho que vem para otimizar as ações de cada secretaria”, ressalta Profº Chiquinho, secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.

Depois de 4 horas de avaliação com as secretarias de Educação, Ciência e Tecnologia; Saúde; Meio Ambiente e Defesa Civil; Agricultura; Infraestrutura; Cultura, Patrimônio Histórico, Esporte, Turismo e Juventude; Trabalho e Economia Solidária; Indústria e Comércio; Segurança; Governo; Assistência e Desenvolvimento Social; Procuradoria; Controladoria; Comissão Central de Licitação (CCL); Caxias-PREV; SAAE e Administração, Finanças e Planejamento, o prefeito lembrou que as ações planejadas visam primar pelo bom atendimento às demandas dos caxienses.

“Estas reuniões serão constantes. É um novo modelo de gestão implantado em Caxias e no Maranhão, onde nós vamos mostrar a todos os prefeitos como conduzir a cidade. Eu tenho certeza que eu e Paulinho vamos continuar conduzindo o município fazendo com que as coisas possam acontecer. Todos os secretários mostraram o que estão fazendo para melhorar a qualidade de vida da nossa população”, reafirma Fábio Gentil.

Busca no Blog