Os candidatos à Prefeitura de São Luís e suas estratégias de campanha…

Publicado em   28/set/2020
por  Caio Hostilio

O que se viu até aqui foram as mais variadas estratégias de campanha dos candidatos à Prefeitura de São Luís, cujas dinâmicas ainda não apontaram um norte definitivo e tudo vai depender desses primeiros dias pela corrida ao objetivo: A tão sonhada Prefeitura de São Luís.

O candidato Eduardo Braide segue num estilo conservador e apostando nos números das pesquisas. Com certeza aguardará se o cenário mudará no decorrer da campanha e, com isso, mudar sua estratégia.

Duarte Junior, por sua vez, faz uma campanha até aqui descoordenada coisa que o atrapalha, pois não transmiti confiança ao eleitor. Seu estilo é o de buscar a todo custo seus objetivo, mesmo que para isso ultrapasse os limites da sensatez.

Neto Evangelista traz uma postura conservadora, principalmente no que se refere a instituição “família”, além de apresentar uma conduta de escutar o eleitor e assim traçar suas metas de gestão… O eleitor se sente prestigiado. Aposta ainda na força de sua coligação.

Bira do Pindaré ainda não mostrou a que veio… Teria entrado nessa somente com o intuito de levar a disputa para o segundo turno? Mas para que isso aconteça terá que ter volume de campanha e traçar metas que possam chamar a atenção do eleitor.

O ex-juiz Madeira até aqui vem fazendo uma campanha tímida, porém com objetivos bem traçados… Pode está visando mais na frente uma cadeira na Câmara Federal.

Rubens Junior mostra uma campanha atabalhoada, onde os candidatos são Flávio Dino/Lula e não ele… Seus discursos se resume a Dino/Lula e ele, que é o candidato? Nada!!! Ora bolas!!! Quem vai gerir a coisa pública de São Luís, caso ele ganhe, não será Dino/Lula, pois o eleitor o escolheu, numa suposta vitória… Uma campanha sem rumo definido, haja vista que o efeito Dino/Lula não apresentou até aqui nada que melhorasse seu desempenho.

Jeisael traçou uma campanha descontraída. Apresenta-se como um candidato do povo, aquele que veio da periferia e sabe das dificuldades do dia a dia do trabalhador ludovicense… Seu desempenho vai depender o volume de campanha.

Dr Yglésio aposta em seu discurso e em movimentos isolados… Seu volume de campanha é tímido.

Flanklin ainda não apresentou nenhum tipo de volume de campanha… O mesmo acontece com Hertz… Com certeza apostarão suas fichas no horário eleitoral na TV e no rádio.

Adriano Sarney desistiu, porém valorizaria o debate…

Vale ressaltar que a saída de Wellington do Curso e de Adriano Sarney da disputa em nada pode mudar se haverá segundo turno, visto que ainda é muito cedo para uma definição prematura.

Quanto aos jingles dos candidatos:

Nesse ponto, o candidato Jeisael saiu na frente. Seus dois jingles chamarão a atenção e se bem explorados pode fazer uma diferença tremenda. O do Neto Evangelista é muito bom, porém faltou refrãos que trouxesse sua postura conservadora. Os dos outros candidatos são melancólicos.

Agora, é aguardar o que acontecerá nessa semana e, assim, ver se algum deles mudará sua estratégia… Como será o volume de campanha e se aceitarão debater frente a frente os desafios para São Luís.

  Publicado em: Política

3 comentários para Os candidatos à Prefeitura de São Luís e suas estratégias de campanha…

  1. […] blog já havia chamado a atenção, conforme matéria: “Os candidatos à Prefeitura de São Luís e suas estratégias de campanha…“, onde disse: “Duarte Junior, por sua vez, faz uma campanha até aqui descoordenada […]

  2. […] disse na matéria “Os candidatos à Prefeitura de São Luís e suas estratégias de campanha…“, publicada no dia 28 de setembro, sobre a estratégia do candidato Eduardo Braide: “O […]

  3. […] matéria “Os candidatos à Prefeitura de São Luís e suas estratégias de campanha…“, publicada aqui no dia 28 de setembro, falei das estratégias dos candidatos à Prefeitura […]

Deixe uma resposta para » Eduardo Braide continuará com a sua estratégia? Cancelar resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos