Arquivo de agosto de 2018

Integração social!!! Prefeitura de Caxias integrando ações na saúde, nos bairros e na Zona Rural…

Postado por Caio Hostilio em 29/ago/2018 - Sem Comentários

Tornou-se um desespero para os oposicionistas da gestão Fábio Gentil, em Caxias, haja vista que estão vendo obras estruturantes já concluídas e em conclusão, que trouxeram e trarão o desenvolvimento social, econômico e cultural, além de áreas de lazer para todos.

Diante disso, observa-se que partem para picuinhas sem consistência visando atingir a melhor administração que Caxias já teve… Enquanto isso, Fábio Gentil responde com serviços em prol de todos os caxienses!!!

Para Maior desespero, veio a caravana Social da prefeitura de Caxias que chega a Zona Rural para atender centenas de pessoas. São ações dignas de uma gestão exemplar, pois os moradores dos bairros e da Zona Rural estão recebendo uma caravana cidadã, visto que estão indo uma equipe de saúde, recuperação de estradas vicinais e asfaltamento dos bairros.

Fábio Gentil vem mostrando que um verdadeiro gestor público não é aquele que se restringe ao gabinete. Fábio Gentil prefere ver e acompanhar “in loco” as obras e, principalmente, buscar conversar com o povo, provando que é um empregado do povo e para o povo. O prefeito Fábio Gentil desde as primeiras horas da manhã, vistoria obras na cidade, entre elas o calçamento em bloquetes da Vila São José.

A zona rural também tem a atenção do prefeito Fábio Gentil, que foi em busca de parcerias e hoje, a estrada Fumo Verde/Buenos Aires está sendo recuperada. Um convênio prefeitura e governo do estado para o bem do povo.

Estamos construindo, a cidade que a gente quer.

Assistam aos vídeos!!!


Caminhada histórica marca lançamento da campanha de Hildo Rocha em Porto Franco

Postado por Caio Hostilio em 29/ago/2018 - Sem Comentários

Caminhada histórica que arrastou uma multidão pelas ruas de Porto Franco marcou o lançamento da candidatura à reeleição do deputado federal Hildo Rocha. O evento, organizado pelo prefeito Nelson Horácio e pela primeira-dama, Loanmy, contou com a presença dos vereadores Amigão, Edidácio Oliveira, Elias Pastinha, Valmir Marinho, Simião e outras lideranças.

O ex-prefeito, José Aldo, de São João do Paraíso, também prestigiou a grande caminhada que terminou com ato público onde as lideranças se pronunciaram em defesa da candidatura de Hildo Rocha, para deputado federal e Léo Cunha, que concorre a uma vaga na Assembleia Legislativa.

Após citar as principais conquistas da sua administração, alcançadas com a ajuda do deputado Hildo Rocha, Dr. Nelson Horácio conclamou a população a votar no parlamentar. “Vou pedir, do fundo do meu coração, que o povo de Porto Franco seja grato com o deputado Hildo Rocha assim como foi comigo. Vamos valorizar quem nos valoriza, vamos votar em quem está ajudando o nosso município”, destacou o prefeito.

Principais realizações

O deputado Hildo Rocha destinou recursos no total de R$ 1 milhão e trezentos mil reais para a construção de uma ciclovia; R$ 1 milhão para custeio da saúde, em 2017; R$ 1 milhão cento e oitenta e cinco mil para custeio da saúde em 2018, R$ 4 milhões para melhoria no sistema de abastecimento de água da sede do município; pavimentação em bloquetes, construção de campo  de futebol com arquibancada e uma praça; recursos para urbanização da orla do Rio Tocantins (contrato já consolidado); ambulância para o Assentamento Maravilha; uma Patrulha Mecanizada e recursos para professores que trabalham com crianças especiais.

“Hildo Rocha tem moral para pedir votos em Porto Franco. É por isso que eu abraço a sua campanha, deputado, é por isso que eu peço votos para o 1513. Não quero que vocês sejam apenas eleitores de Hildo Rocha, quero que vocês sejam cabos eleitorais. Nós vamos mostrar, no dia sete de outubro, que você pode mandar emendas para Porto Franco porque o povo lhe abraçou, o povo lhe quer aqui”, enfatizou Dr. Nelson.

“Nós estamos fazendo a nossa parte, como deputado federal. Por isso, peço, a cada um de vocês, continuem confiando no deputado Hildo Rocha. Preciso do apoio de vocês para continuarmos trabalhando pelo desenvolvimento de Porto Franco. Já conseguimos avanços significativos e iremos lutar para ampliarmos essas conquistas”, afirmou Hildo Rocha.

Os vereadores que participaram do ato também manifestaram apoio aos deputados Hildo Rocha e Léo Cunha.

https://youtu.be/SRVBQzOyIXI

A cruel carga tributária de Flávio Dino…

Postado por Caio Hostilio em 29/ago/2018 - Sem Comentários

Aí alguns incautos e certos contribuintes dizem que não são atingidos pela tributação cruel imposta pelo governo Flávio Dino.

São sim atingidos diretamente ou indiretamente por essa tributação maléfica para o crescimento econômico, político e social do Maranhão.

De repente o maranhense sente no bolso a tributação malvada do governo Flávio Dino quando senta numa padaria para tomar um cafezinho e um bolo de tapioca, ao pagar se assusta com os preços, pois todos os ingredientes estão embutidos a alíquota do ICMS cruel.

Depois, caso tenha moto o carro – que não tenha sido apreendido e leiloado pelo governo Flávio Dino – chega ao posto para abastecer e lá depara com uma alíquota do ICMS bem acima do que deveria ser cobrado.

Ao chegar a casa, o maranhense recebe nas mãos a sua conta de luz e ao ver o valor fica estarrecido com a cobrança do famigerado ICMS sobre o seu consumo de energia elétrica.

Quando vai ao supermercado fazer suas compras minguadas ver que o monopólio tomou conta do Maranhão, pois o Mateus, com a ajuda do governo Flávio Dino, que lhe cobra quase nada de ICMS, fez fechar seus concorrentes, que por conseqüência, gerou desemprego e falência.

Assim segue o Maranhão de “Todos Nós”…

Crime eleitoral corre livre e solto em Coroatá… Escutem o vídeo!!!

Postado por Caio Hostilio em 29/ago/2018 - Sem Comentários


A utilização de meios ilícitos para alcançar votos para correligionários continua de forma aberta… Que a Justiça, caso queira fazer justiça, precisa tomar as providências cabíveis, e observar essa prática antidemocrática, antiética, imoral e, principalmente, corrupta por todo o Maranhão!!!

São Luís, 28 de agosto de 2018.

Aos Excelentíssimos Senhores

RICARDO TADEU BUGARIN DUAILIBE

Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão

TYRONE JOSÉ SILVA

Corregedor do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão

PEDRO HENRIQUE OLIVEIRA CASTELO BRANCO

Procurador Regional Eleitoral

LUIZ GONZAGA MARTINS COELHO

Procurador-Geral de Justiça do Estado do Maranhão

Excelentíssimos Senhores,

As eleições vindouras encontram-se na iminência de sofrer intervenções criminosas com vistas à captação ilegal de votos e interferência na vontade popular, visto que agentes políticos estão utilizando-se da máquina administrativa – empregos temporários – como moeda de troca na busca pelo voto.

Objetivamente, a prática criminosa consiste em contratar temporariamente um funcionário e este dividir o seu salário com mais 4 ou 5 pessoas, vinculando e multiplicando, assim, o voto na eleição.

A conduta é cuidadosamente planejada pelo vereador do Município de Coroatá Cássio (Francisco Cássio dos Reis Conceição) e pelo pai do atual prefeito Luís da Amovelar, em reuniões onde acertam a compra de votos e os apoios com a distribuição do dinheiro público na forma descrita acima, onde 500 funcionários empregados se transformam em 2.500 votos, e indiretamente, suas famílias, chegando a beneficiar mais de 5 mil pessoas, se considerarmos os familiares maiores de 16 anos que já podem votar.

O áudio ora acostado comprova de forma cabal o crime eleitoral que vem sendo praticado por esses agentes públicos, onde o vereador Cassio conversa com o Sr. José Luis, marido de uma dessas funcionárias contratadas temporariamente (Senhora Maria das Dores Ferreira Costa – conhecida como Dora), e o cobra a divisão do salário recebido por sua esposa a outras pessoas que irão ser contratadas, tudo nos termos de uma reunião ocorrida para esse fim,

É uma horda de cabos eleitorais e votos certos porque essas pessoas são carentes e o valor da divisão equivale ao que o Bolsa Família paga por mês a quem está no programa. 

Tudo é comandado pelo pai do prefeito, Luís da Amovelar, que admitiu em entrevista à revista Época, publicada na edição desta semana, está no blog Atual 7, que quem de fato comanda os cofres públicos do município é ele próprio, e não o prefeito eleito pela população, Luis Mendes Ferreira Filho, o Luis da Amovelar Filho (PT), de quem é pai. “Eu fico à frente (da prefeitura) porque ele é muito jovem e sem experiência”, declarou à jornalista Amanda Almeida, que assina a reportagem. 

Por todo o exposto requeiro à Justiça Eleitoral e ao Ministério Público Estadual as providências no âmbito da competência de cada uma das instituições.

Para reforçar a necessidade de uma investigação rápida, ampla e rigorosa, relembro a todos os senhores que a juíza eleitoral do Município de Coroatá decretou no dia 6 de agosto, menos de um mês atrás, a inelegibilidade do governador Flávio Dino, do ex-secretário de Comunicação Márcio Jerry, do prefeito e vide-prefeito de Coroatá, Luís Filho e Domingos Alberto, além de ter cassado os respectivos diplomas tornando nula a eleição por prática de crimes eleitorais gravíssimos. Estamos na iminência de uma nova eleição que não poderá transcorrer dessa forma criminosa que viciaram o pleito de Coroatá. 

Ricardo Murad

Candidato a deputado federal

 

Deputado Wellington solicita investigação da PF para identificação de rede criminosa de perfis fakes

Postado por Caio Hostilio em 28/ago/2018 - Sem Comentários

Na tarde desta terça-feira, dia 28, o deputado estadual e candidato à reeleição, Wellington do Curso, protocolou ofício na Polícia Federal, tendo por objetivo identificar rede criminosa de uma rede de perfis fakes que tem divulgado mentiras sobre o parlamentar. Recentemente, houve uma decisão de membros do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), que determinou a exclusão de perfis de rede social.

Agora, o objetivo é identificar quem administrava os perfis fakes, para então, puni-los pelos crimes contra a honra já praticados.

“Trabalhamos diariamente para termos o respeito dos maranhenses. Trabalhamos de forma séria, honesta e sem mentiras. Continuamos firmes lutando por um Maranhão melhor e sem baixarias. Enquanto eles mentem, a gente segue trabalhando em defesa da população. Em 2016, nas eleições para prefeito, sofremos inúmeros ataques pela internet: mentiram, inventaram situações e usaram a máquina pública para divulgar essas mentiras. Agora, em 2018, criaram perfis fakes tentando manchar a nossa imagem. Isso já está sendo investigado, para que possamos punir aqueles que jogam tão baixo e cometem crimes contra a honra de quem trabalha de forma séria”, disse o deputado Estadual Wellington do Curso.

Andrea cobra solução do governo sobre o problema de falta de água em Coroatá

Postado por Caio Hostilio em 28/ago/2018 - Sem Comentários

A deputada Andrea Murad encaminhou ofício ao presidente da CAEMA, Carlos Rogério, pedindo providências imediatas para o problema de falta de água no bairro Mariol, em Coroatá, onde quase 2 mil famílias estão sem abastecimento há 26 dias. Em sessão plenária nesta terça-feira (28), ela cobrou providências do governador Flávio Dino, que na semana passada esteve no município para fazer campanha, mas deixou o problema sem resolver.

“O Governador Flávio Dino esteve em Coroatá na semana passada e não deu uma explicação e, sequer, foi cobrado por qualquer parlamentar de sua base, para que ele faça com que a CAEMA tome uma providência. Isso é uma total negligência de Flávio Dino que passou por lá pra pedir voto, mas em relação ao problema continua inerte, indiferente, omisso e negligente, sem se importar com a população afetada pela falta d’agua”, discursou Andrea.

Moradores fizeram protesto hoje no município cobrando providências e reclamando da conta que chegou no fim do mês, mesmo sem receberem água.

Grupos do Dr. Gildásio e dos Carlotas se unem para apoiar Hildo Rocha em Amarante

Postado por Caio Hostilio em 28/ago/2018 - Sem Comentários

Em Amarante, os dois principais grupos políticos do município resolveram se unir para apoiar a candidatura de Hildo Rocha, para deputado federal.  A reunião que selou a união aconteceu na residência do Dr. Gildásio com a presença de centenas de lideranças políticas. Além de Hildo Rocha, para federal, os grupos anunciaram apoio aos deputados estaduais Léo Cunha e Adriano Sarney que disputam vagas na Assembleia Legislativa.

Participaram do ato, Dr. Gildásio; a ex-prefeita Adriana Ribeiro; os vereadores Azevedo Carlota; Benta Sales; Antônio Alberto; Elon Marinho e Hélio da Saúde.  Lideranças de municípios vizinhos também prestigiaram o evento.

Trabalho exemplar

Dr. Gildásio destacou realizações do deputado Hildo Rocha em benefício de comunidades do município e citou o trabalho do parlamentar como um exemplo digno de reconhecimento. “Querem um exemplo de deputado federal que mesmo sem ter sido votado em Amarante trabalhou pelo município? Hildo Rocha é o exemplo. Fez muito por Amarante. É por isso que o nosso grupo político decidiu apoiá-lo nesta eleição”, disse Dr. Gildásio.

A ex-prefeita Adriana Ribeiro também destacou o desempenho do deputado Hildo Rocha e conclamou a população a eleger representantes confiáveis e preparados para superar as adversidades da política. “É muito importante ter pessoas que tenham capacidade de dar retorno para o nosso município. O deputado Hildo Rocha já mostrou que é capaz, ele faz. Hildo Rocha nos ajudou a trazer água para comunidades rurais do nosso município. É, portanto, merecedor do apoio da população de Amarante para continuar representando o Maranhão no Congresso Nacional”, afirmou Adriana.

“Hildo Rocha é um dos deputados federais mais atuantes do Maranhão. Por isso, Gildásio, Adriana, os Carlotas, os vereadores, estamos juntos apoiando Hildo Rocha porque ele representa dignamente a todos os cidadãos de Amarante e do Maranhão”, enfatizou o vereador Azevedo,

“Meu deputado federal é Hildo Rocha. Já estou pedindo votos pra ele”, revelou a vereadora Benta Sales.

“Com certeza Hildo Rocha será o deputado federal mais votado em Amarante porque ele conta com o apoio dos dois grupos político mais forte do município”, declarou o vereador Hélio da Saúde.

“A maneira que temos de manifestar o nosso apoio, a nossa gratidão é apoiando e votando em Hildo Rocha. Conte conosco, deputado”, afirmou o ex-vereador Raimundo Paidégua.

“ Fico feliz de receber o apoio desses dois importantes grupos políticos de Amarante. Aqui estão reunidos os políticos que mais trabalham em favor do povo do Amarante. Com o apoio de vocês continuarei a representar os meus conterrâneos, na Câmara Federal. O meu compromisso é de trabalho”, afirmou Hildo Rocha.

O parlamentar enfatizou que continuará trabalhando com a finalidade de conseguir recursos federais para aquisição de equipamentos agrícolas para os trabalhadores rurais; construção de sistemas de abastecimento de água; desenvolvimento de esportes; promoção de educação profissional, para que os jovens possam entrar no mercado de trabalho, entre outras ações.

https://youtu.be/QPU1WHnaPdY

Agenda do Senador Edison Lobão nesta quarta (29).

Postado por Caio Hostilio em 28/ago/2018 - Sem Comentários

O senador Edison Lobão (MDB) estará visitando quatro municípios na Baixada Maranhense, nesta quarta-feira (29):

10h – Amapá do Maranhão
12h – Boa Vista do Gurupi
15h – Junco do Maranhão
17h – Maracaçumé  

Para quem pensa que os votos de Lula vão para a Haddad!!! Ele só recebe 11,9% desses votos, segundo a CMT/MDA…

Postado por Caio Hostilio em 28/ago/2018 - 1 Comentário

Por BBC NEWS

Em termos de propostas políticas, Jair Bolsonaro (PSL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estão em lados opostos na disputa eleitoral. Mas Marcos Alberto Monteiro, de 51 anos, está disposto a saltar de um “extremo ao outro” na eleição presidencial de outubro. E ele não é o único – integra os 6,2% de eleitores do petista entrevistados pela última pesquisa CNT/MDA que dizem que migrariam o voto para o deputado caso a candidatura do ex-presidente seja cassada com base na Lei da Ficha Limpa.

Motorista há 23 anos, Monteiro nasceu na Paraíba e atualmente mora em Brasília. Argumenta que tem simpatia pelo ex-presidente porque sua família, que mora no interior da Paraíba, melhorou de vida durante os dois mandatos do petista.

“Todo mundo ficou com televisão e internet em Catolé do Rocha. E botaram energia em todos os sítios”, justifica. Durante os dois mandatos de Lula (2003 a 2010), anos de crescimento econômico na América Latina como um todo, foram adotadas medidas de acesso ao crédito e estímulo ao consumo interno, além de programas de transferência de renda.

Mas Monteiro deixa claro que gosta especificamente de Lula – não tem simpatia especial pelo PT, não se considera de esquerda e acha que a situação do país voltou a piorar durante o governo Dilma Rousseff.

“Eu voto na pessoa dele (Lula). Não é o partido. Se ele indicar outra pessoa, eu já não voto. Se Lula não for candidato, eu voto no Bolsonaro”, afirmou à BBC News Brasil.

Na última pesquisa CNT/MDA, divulgada no último dia 22, os entrevistados que tinham Lula como primeira opção foram questionados sobre em quem votariam caso o ex-presidente seja impedido de concorrer, sendo substituído pelo ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), atual vice na chapa.

Nesse cenário, metade dos eleitores de Lula entrevistados se disseram indecisos ou inclinados a votar em branco/nulo. Da outra metade, 17,3% votariam em Haddad, 11,9% iriam para Marina Silva (Rede), 9,6% apostariam em Ciro Gomes (PDT) e 6,2% responderam que, se o líder petista não concorresse, migrariam o voto para Bolsonaro. Na prática, o deputado do PSL ganharia 2,3 pontos percentuais.

O que explica essa migração de votos de um candidato visto como de esquerda para outro de direita?

Cientistas políticos ouvidos pela BBC News Brasil afirmam que há uma lógica por trás da migração de eleitores de Lula para Bolsonaro.

Segundo o professor da Universidade de Brasília (UnB) Lucio Rennó, o perfil desse eleitor é o de pessoas de classe média baixa que sentiram melhorias no governo Lula, mas que não são de esquerda, nem têm compromisso de lealdade com o PT.

Ao mesmo tempo em que enxerga no ex-presidente a lembrança de tempos melhores, essa parcela do eleitorado se identifica com o discurso de Bolsonaro em prol da “ordem” e da “tolerância zero” com o crime.

© AFP

 Segundo cientistas políticos, discurso de tolerância zero com o crime e de retorno da ordem atrai eleitores de Lula que sofrem mais diretamente os efeitos da violência

“É uma parcela do eleitorado que vive nas periferias e que está descontente com a classe política por conta dos escândalos de corrupção e dos altos níveis de violência que afetam, principalmente, as áreas periféricas”, diz Rennó.

“Quem tem conseguido dialogar diretamente com esse eleitorado é Jair Bolsonaro. Ele fala a língua desse eleitorado e faz isso com naturalidade.”

O perfil de quem migraria de Lula para o Bolsonaro é diferente daquele dos eleitores cativos do deputado que, segundo as pesquisas de opinião, são sobretudo pessoas com ensino superior e renda alta.

Morador de Taguatinga – região administrativa de Brasília com 250 mil habitantes –, Marcos Alberto Monteiro diz que sua principal preocupação é com a violência. Ele explica que optará por Bolsonaro, caso Lula não concorra, porque se identifica com a proposta do deputado de facilitar o acesso a armas.

“Ele falou que o cidadão de bem vai poder comprar a arma e tirar o porte. Hoje em dia, quem pode andar armado é bandido e polícia. Se a pessoa invade a casa da gente, ele amarra todo mundo e faz o que quer. Se o bandido souber que pode ter arma na casa das pessoas, ele vai agir diferente”, diz o motorista de 51 anos.

A pesquisadora em ciência política Carolina de Paula, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), reforça que segurança e emprego serão alguns dos temas centrais nas eleições, e que Bolsonaro pode captar eleitores de Lula mais vulneráveis aos efeitos do aumento da criminalidade.

“O eleitorado do Bolsonaro precisa ser pensado de forma mais heterogênea. Não é só um eleitorado conservador. É uma pessoa que está insatisfeita, que quer mudança e que se preocupa com a violência e o desemprego”, diz.

“É uma pessoa que sente que o Brasil piorou, está descrente com a política e tem saudade do tempo de Lula. Essa pessoa votaria no ex-presidente na esperança de voltar a este tempo. E migraria o voto para Bolsonaro também com essa expectativa de mudança.”

Os cientistas políticos alertam que os padrões de transferência de voto podem mudar com o começo da propaganda eleitoral na TV e quando Haddad for apresentado oficialmente como candidato do PT. Como a candidatura de Lula ainda será julgada pela Justiça Eleitoral, o ex-prefeito ainda é apresentado como vice na chapa.

Por enquanto, a principal beneficiária da transferência de votos de Lula é Marina – citada por 11,9% dos eleitores como alternativa de voto depois do ex-presidente.

Segundo pesquisa Datafolha divulgada na última quarta, no cenário em que Lula é substituído por Haddad, Bolsonaro passa à dianteira com 22%, seguido por Marina (16%), Ciro (10%), o tucano Geraldo Alckmin (9%), Álvaro Dias (4%) e Haddad (4%).

Segundo Carolina de Paula, por ter sido candidata à Presidência duas vezes (em 2010 e 2014), Marina é beneficiada pelo chamado “recall” – quando os eleitores optam por nomes que já conhecem. Segundo o Datafolha, depois de Lula, Marina é a candidata mais conhecida, por 93% dos entrevistados.

“A rejeição da Marina é uma das mais baixas, e o recall dela de 2014 é considerável. É a pessoa mais conhecida desse eleitorado. Como é um período em que as pessoas não viram quase nada dos programas eleitorais, elas não conhecem os candidatos”, diz a cientista política. “Muita gente cita o nome que vem à mente. Marina é mais conhecida.”

Lucio Rennó, da UnB, dá outra explicação para a transferência de votos de Lula para Marina. Segundo ele, a candidata da Rede seria capaz de agregar parcelas dos eleitores tanto de esquerda quanto os mais conservadores por adotar um discurso conciliador e ser “multifacetada”.

“A posição dela é a de achar um meio termo, de uma certa moderação. Ela tem um componente religioso que influenciou votos no passado. Foi militante do PT e tem o lado ambientalista. Essa ambivalência permite atrair eleitores com perfis distintos, tanto ideológicos quanto pragmáticos”, diz. “Por isso, Marina tem herdado parcela relevante dos votos que iriam para Lula. É uma escolha que deixa o eleitor confortável.”

Mas os especialistas também afirmam que parcela dos votos que a candidata da Rede receberia pode “derreter” – aumentando a migração para Haddad quando ele for anunciado oficialmente como o candidato de Lula e do PT.

O ex-prefeito de São Paulo é mencionado como opção de voto por 17,3% dos eleitores de Lula entrevistados pela pesquisa CNT/MDA.

Na prática, isso significa que o ex-presidente transferiria 6,5 pontos percentuais para o atual vice na chapa – pouco mais do que transferiria para Marina, 4,5 pontos percentuais.

Lucio Rennó ressalva, ainda, que o PT terá muito mais dificuldade para emplacar o nome de Haddad do que teve para eleger Dilma presidente em 2010, um momento em que o índice de aprovação do governo Lula ultrapassava 80%.

“Tínhamos um governo bem avaliado pela população que tentava se manter no poder. Era um mesmo projeto sendo reeleito”, diz.

“Agora, o contexto é muito diferente. É um contexto de crise econômica que pode ser atribuído às políticas econômicas do PT. E você tem um candidato que foi prefeito de São Paulo com uma avaliação moderadamente negativa da população e que não foi reeleito.”

De acordo com a pesquisa CNT/MDA, os demais candidatos receberiam apenas um valor residual de votos de Lula – um percentual baixo a ponto de se enquadrar na margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Dos entrevistados, 3,7% disseram que se Lula não concorresse votariam em Geraldo Alckmin; 0,8% em Guilherme Boulos; 0,7% em Álvaro Dias; e 0,7%, em Henrique Meirelles.

“Transferência de Lula para Alckmin é pouco provável, até porque os locais de votação onde eles disputam votos são distintos”, afirma.

Roseana estará nessa quarta-feira (29) em Amapá do Maranhão, Boa Vista do Gurupi, Junco do Maranhão e em Maracaçumé

Postado por Caio Hostilio em 28/ago/2018 - Sem Comentários

AGENDA DA CANDIDATA ROSEANA

QUARTA-FEIRA (29)

VISITAS
10h 
Amapá do Maranhão

12h
Boa Vista do Gurupi

15h
Junco do Maranhão

CAMINHADA E COMÍCIO
17h
Maracaçumé

Contatos

hostiliocaio[email protected]

Busca no Blog