Ainda existem homens dignos…

Publicado em   17/dez/2012
por  Caio Hostilio

Confio ainda nas instituições brasileiras e nos seus poderes constituídos, haja vista que neles ainda existem homens e mulheres que os dignificam.

E é nesse sentido que me atrevo a pedir ao corpo de magistrados desse Estado, principalmente nas pessoas do presidente do TJMA, desembargador Guerreiro Júnior, e do Corregedor, desembargador Cleones, que revejam essa decisão absurda contra o funcionário da Caema José Raimundo Ribeiro Pires, haja vista que ela foi de encontro a todos os princípios constitucionais e do direito do cidadão em pleno exercício de suas funções.

Espero que a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão reavalie sua decisão, uma vez que abriu um precedente de autoritarismo que extrapola os limites das prerrogativas de policial e de um delegado de polícia. Basta fazer uma simples análise. O delegado e seus agentes não estavam em perseguição a nenhum criminoso, enquanto que o funcionário da Caema estava em pleno exercício de suas funções em benefício da coletividade. Faltou bom senso e sobrou o maldito corporativismo.

Que a governadora Roseana, do alto de sua sensatez, faça as reparações devidas, pois não vivemos num regime ditatorial.

Senhores leitores, na época do episódio publiquei o seguinte texto “Uma pergunta que não pode calar: Por que no Brasil algumas autoridades extrapolam suas prerrogativas?”, no dia 15 de julho de 2011, por ter vivido os abusos de autoridade da ditadura militar e só quem viveu aquilo pode sentir na pele o quanto é humilhante.

Veja o texto:

No regime militar bastava ser apenas um cabo para dizer que era autoridade!!! O problema no Brasil, além da impunidade e da corrupção, são aqueles que exercem cargos eleitorais (sindicados, confederações, associações etc), cargos de confiança, juízes, promotores, delegados de polícia, deputados, senadores, prefeitos, vereadores e que o raio que parta se consideram autoridade máxima, acima do bem e do mal. Esses camaradas esquecem que são pagos com o dinheiro do contribuinte… Portanto, são meros empregados do povo. O pior é que tem aqueles passam dos limites de sua autoridade para manter a ordem e o sistema funcionando para o bem da coletividade. Agora, vejo no blog do Gilberto Lèda, o vídeo abaixo, cujo delegado Alberto Castelo Branco e seus agentes, espancaram e prenderam um cidadão de bem, que estava no exercício de suas funções, ou seja, desentupindo os esgotos dos burgueses.  O mínimo que o Estado pode fazer nesse momento é se retratar ao funcionário da CAEMA, José Raimundo Ribeiro Pires, 44 anos, que foi espancado e preso como se fosse um delinqüente, em pleno horário de trabalho. Isso simplesmente é um absurdo. Espero que não seja esquecido o caso Gerô!!! Aí esteja o porquê da Polícia japonesa não utilizar armas!!! Sempre o camarada se acha mais homem que os outros e abusa dessa prerrogativa contra qualquer cidadão!!! Veja o vídeo abaixo:

  Publicado em: Governo

2 Responses to Ainda existem homens dignos…

  1. samir disse:

    Essa é cara do Maranhão: Trabalhador é humilhado, espancado e condenado, e Bandido vai pras colunas sociais.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog