A pergunta é: quem vazou o depoimento do assassino de Décio?

Publicado em   18/jun/2012
por  Caio Hostilio

A mídia não pode ser culpada de nada e também é amparada por lei para preservar suas fontes… E agora? Esse tipo de vazamento atrapalha e muito as investigações policiais, além de dar espaço gigantesco as especulações…

E já começou, isso com um sobrenome “Cutrim”… Sabe-se que um sobrenome comum como esse aqui no Maranhão pode levar a mídia a especular vários nomes e isso não será justo.

No Maranhão o sobrenome “Cutrim” tem várias ramificações, que vão de magistrados a vendedor de banana nas feiras…

A quem interessa vazar esse depoimento? Por que fizeram questão de sua divulgação e citar o sobrenome “Cutrim”?

A Polícia não deixaria vazar nunca um depoimento como esse, ainda mais sabendo de pessoas que nem sequer foram incluídas no caso do assassinato do jornalista Décio Sá.

Um vazamento como esse tem a finalidade de chamar a atenção de alguém ou de muitos!!!

Afinal, isso não seria uma estratégia de defesa? Não sei, mas fica evidente que a intenção foi alcançada… Fazer a mídia especular o sobrenome “Cutrim”, que partiu de um depoimento, que sequer foi ainda investigado…

Será que a estratégia é tirar o foco de cima daqueles que estão sendo apontados como os mandantes do assassinato e jogar para cima do sobrenome “Cutrim”.

O certo é que isso não ajudará em nada a Polícia, muito pelo contrário…

Seria providencial que a Polícia passasse a buscar informações com os prisioneiros informalmente e depois das investigações e comprovações, tomar o depoimento oficial daquele que delatou o envolvido.  

Muitos pontos desse depoimento são controversos!!! Como descer, a noite, rumo ao Club do Jeep? Ali até um gato sai todos ferido!!! Andar até a Cohama? Isso é um tanto contraditório, ainda mais passando em frente ao Quartel da PM e seguir pela Jerônimo de Albuquerque… Com certeza esse é um ponto que a Polícia não acreditou.

Vamos ver o assassino descer por aquele emaranhado de pés de tucum e outros tipos de planta!!! Isso com a luz do sol!!!… Como essa reconstituição será importante?

Outro fator que chama muito a atenção é dizer que ele perdeu de vista o carro de Décio e que ao chegar no Shopping do Automóvel, resolveu descer até a Avenida Litoranea e procurar o Décio até achar… Quanto tempo levou isso? Se Décio saiu da Mirante mais de 10h da noite e foi assassinado por volta das 11h, como o Jhonatan o encontrou tão fácil sua vítima? E por que não foi assassinar o Décio na porta da sua casa? Já que o tinha perdido e lá seria o seu destino final? Coisa mais estranha!!!

Também é contraditório a afirmação de que Décio residia no João Paulo… Todos sabem que Décio morava no Parque Shalon, principalmente depois que sua casa foi atingida por uma forte chuva, que foi alardeada por toda mídia maranhense.

Quanto ao resto do depoimento, principalmente o ato do crime, o assassino não tem como mentir, pois sua covardia foi presenciada por várias pessoas… Coisa já constante dos depoimentos das testemunhas.  

Também é de causar espécie, o assassino dizer que tinha muita munição… Então ele previa que entraria em confronto com a Polícia? Se tinha essa convicção, por que foi andando até a Cohama?

Parece que o assassino está acobertando várias pessoas!!! Essa é minha opinião dentro do senso comum, coisa que não gosto…

  Publicado em: Governo

2 Responses to A pergunta é: quem vazou o depoimento do assassino de Décio?

  1. Antonio Lima disse:

    Professor, tem muitas questões a serem esclarecidas sobre esse crime bárbaro… Uma coisa é certa: existem muitas outras pessoas, que por alguma razão ainda não foram apontadas nessas investigações, e pelo que se pode depreender do tratamento dispensado pelas autoridades nós nunca vamos tomar conhecimento de muitas coisas sobre essa trama macabra, que teve como desfecho trágico esse crime monstruoso, que deixou a todos estarrecidos pela brutalidade e a frieza com que foi meticulosamente “planejado” pelos mandantes e praticado com frieza, crueldade e covardia pelos os seus executores.
    Gostaria de aproveitar o momento para tratar de um assunto que passa despercebido em meio a todo esse clamor que tomou conta de toda sociedade, que é a forma como as autoridades estão apresentando esse monstro vestido com um equipamento da forças segurança com o nome e o símbolo da Polícia Civil estampado no peito, o que para mim é um ultraje, um desrespeito para as pessoas que vestem aquela farda e honrosamente combatem a criminalidade, correndo perigos e colocando a própria vida em risco para cumprir a sua missão e tudo isso, além de ser uma afronta aos cidadãos de bem que vêm um distintivo (símbolo) como aquele colocado no peito de um facínora como aquele que covardemente tirou a vida de uma pessoa tão importante para a nossa sociedade como foi e continua, pelo seus exemplo, o jornalista Décio Sá.
    As autoridades precisam reavaliar essa questão de interesses de grupos e quando apresentar um criminoso, mesmo que necessita de proteção, que se coloque um equipamento sem aqueles elementos, que são o nome e o brasão da Instituição que compõe as forças de segurança do nosso Estado.
    Um bandido daquela periculosidade, tendo cometido os crimes bárbaros e cruéis que praticou, sendo apresentado ostentando o nome e o brasão da Polícia Civil no peito me causa repulsa, nojo e indignação.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog