Há mais de 20 anos, em São Luís, no eleitoral, os prefeitos passam a inventar coisas que até os jumentos que vivem nas praças duvidam!!! É o costume do Cachimbo…

Publicado em   08/jun/2012
por  Caio Hostilio

“É o costume do cachimbo que deixa a boca torta”, eis um sábio ditado popular para se empregar nas últimas gestões na Prefeitura de São Luís. Será que a desfaçatez chegou ao seu limite nessas gestões?

Então vejamos: A prática maliciosa de levar o governo no banho-maria até o último ano de governo teve início no primeiro mandato de prefeito de São Luís, Jackson Lago, e é praticado até hoje por todos os prefeitos que sucederam o pedetista. Vale ressaltar que todos esses prefeitos foram e são aliados de Jackson Lago.

Nos três primeiros anos, o negócio é enganar através de promessas mirabolantes e virtuais, deixando a população numa expectativa tremenda, para no final utilizar-se da politicalha e, assim, ludibriar os ludovicenses com discursos inflamados e altamente demagógicos, jogando a culpa da não realização de suas promessas em seus opositores, quando, na verdade, não assumem que foram eleitos para gerir e administrar a cidade.

Contudo, no último ano começa a aparecer as tais placas indicativas de obras por toda a cidade – obras pífias -, como capina dos canteiros, pintura de meio-fio, praçinhas, reformas de retornos, instalações de sinais de transito e plantio de palmeiras em algumas avenidas. Só isso!!! Quem tiver alguma dúvida, procure lembrar qual foi a grande obra da prefeitura de São Luís nos últimos vinte anos!!!

Por outro lado, os ludovicenses, principalmente os mais esclarecidos, contentam-se com toda essa falácia e até comentam elogiosamente esses camaradas. É mole? O certo é que a população de São Luis se acostumou com porcaria e pelas enganações desses prefeitos.

Como essa prática já virou rotina, os prefeitos vão continuar driblando a opinião pública com propostas mirabolantes em tempo recorde: “Vou entregar essa obra entre novembro e dezembro”, exatamente logo após as eleições e, para ludibriar, passam colocar máquinas e dormitórios para os trabalhadores, que ficam ali inventando trabalho de cava daqui, cava dali. E este é o caso.

O atual prefeito conseguiu iludir a população ludovicense, na eleição passada, com promessas que jamais poderiam ser cumpridas, visto que superam todas as expectativas orçamentárias do município. É aquilo: Disse que faria, prometeu e não cumpriu!!!

O certo é que nessas más gestões faltam ações, para que a cidade não fique abandonada e, principalmente, a população entregue à própria sorte.

Caro eleitor, não se deixe enganar. Diz o ditado que “se as pessoas soubessem como são feitas as salsichas e as leis, ninguém engolia”.

  Publicado em: Governo

6 Responses to Há mais de 20 anos, em São Luís, no eleitoral, os prefeitos passam a inventar coisas que até os jumentos que vivem nas praças duvidam!!! É o costume do Cachimbo…

  1. Glauber disse:

    SE ISSO ACONTECESSE SO COM CANDIDATOS A PREFEITO DE SÃO LUIS.

  2. Antonio Lima disse:

    A questão é: os políticos são eleitos para uma mandato de quatro anos, mais trocam quatro anos por quatro meses, e só “trabalham” nos quatro meses, aqueles que antecedem as eleições.
    Em São Luís, mais que de repente, o prefeito apareceu com um projetos mirabolantes, criados para enganar trochas e incautos que acreditam em mula manca sem cabeça, em papai noel e nas promessas encantadoras dessa gente, que conseguiu atrair para o seu projeto político eleitoreiro a figura do “zé noel”, aquele que passou longos anos à frente do comando da gestão do Estado, e a única obra deixada como marca do seu desgoverno foi aquela ponte, que liga nada a coisa nenhuma, que foi colocada no meio do nada só para justificar o injustificável e dá sumiço no dinheiro do contribuinte, como ficou evidenciado nas investigações feitas pela PF, que resultou até na sua prisão do “gestor”, acusado de praticar atos de corrupção.
    Por falar em sinalização, o que o prefeito estar fazendo é algo inadmissível, pois estar retirando equipamentos já instalados, e fazendo a substituição por equipamento de qualidade duvidosa, e com o agravante de retirar todos os equipamento de orientação do tempo de passagem, os cronômetros que tão bem orientavam os motorista e contribuiam para a segurança, a fluidez do trânsito e a redução de acidentes.
    Como cidadão, não admito que se cometa uma aberração como essa que o prefeito estar fazendo, pois além de consumir os parcos recursos existentes, estar destruindo algo que só precisava de pequenos reparos, ser ampliando para toda a Cidade e melhorado para bem atender às necessidades de quem dirige nesse nosso caótico trânsito, que fica a cada dia mais tumultuado pela falta de visão, de planejamento, investimentos e de intervenções simples do poder municipal.
    É de lascar!

  3. Ribamar disse:

    Caio,
    Realmente sua analise é perfeita, entretanto voce esquece que até a famosa e chamada “ILHA REBELDE”está se redendo as mentiras, e os absurdos dos politicos atuais. Esperamos que na próxima eleição nossa ilha rebelde consiga despertar do sono de seus “QUATROCENTOS ANOS”
    Um abraço

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog