Pera aí, então, Marcos Duailibe foi exonerado da Cultura da gestão de Eduardo Braide? Seria um bode expiatório?

Publicado em   31/jan/2024
por  Caio Hostilio

Vamos lá. O Marcos Duailibe fez tudo sem a anuência da Prefeitura de São Luís ao efetuar o contrato escola “Juju e Cacaia Tu és uma bênção” pelo valor de R$6,9 milhões para a execução do projeto “Carnaval de São Luís 2024″?

Um tanto estranho!!!

Ora bolas, pelo valor do contrato jamais um secretário de qualquer governo tomaria a decisão sem o parecer de vários órgãos internos de qualquer gestão.

Com isso, fica uma pergunta no ar: Estaria Marcos Duailibe como o bode expiatório?

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Rede Brasil ST

Busca no Blog

Arquivos