O país do faz de conta de tudo maravilhoso!!! Em Brasília, a corrupção é uma ilusão

Publicado em   31/jan/2024
por  Caio Hostilio

Para Gilmar Mendes, índice de percepção da corrupção “precisa ser visto com cautela”. Mas o Brasil inteiro viu o que ocorreu nos últimos anos, com ou sem cautela

Em Brasília, a corrupção é uma ilusão
Gilmar Mendes, Paulo Gonet e Flávio Dino no plenário do STF

O relatório da Transparência Internacional (TP) que expôs a piora do Brasil no índice de percepção da corrupção não pegou bem em Brasilia, especialmente na cúpula do Judiciário. Prestes a assumir uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-ministro da Justiça Flávio Dino (à direita na foto) disse que viu “com espanto” um “atípico, anômalo relatório dizendo que a corrupção no Brasil tinha aumentado”.

“Respondo, demonstro aqui que a Polícia Federal continua sim, firmemente, todos os dias, combatendo a corrupção. O que mudou é que nós pusemos fim à política de espetacularização do combate à corrupção, que é uma forma de corrupção.”

Mas sigamos para o que disse Gilmar Mendes (à esquerda na foto) sobre o assunto. O decano do STF reclamou que “um índice baseado em percepções precisa ser visto com cautela“.

O problema é que todo mundo viu o que ocorreu no Brasil nos últimos anos, com ou sem cautela. A Transparência Internacional foi bem clara ao justificar o resultado do Índice de Percepção da Corrupção (IPC) 2023, descrito como “um retrato do desmonte da luta contra a corrupção durante o governo Bolsonaro e do abandono da pauta pelo governo Lula, além de novos retrocessos”.

Mas “os retrocessos foram mais numerosos”, analisa a Transparência Internacional, mencionando “o fortalecimento do ‘Centrão’ com a repaginada do orçamento secreto e ampliação do loteamento das estatais, na barganha com o governo”, que “continua a produzir impacto destrutivo para as políticas públicas, pulverização da corrupção e distorção da competição eleitoral”.

O que deve ter doído mais em Gilmar Mendes e Flávio Dino, contudo, é a seguinte crítica:

“A cúpula da Justiça tem grande responsabilidade pelo desmonte da luta contra a corrupção. E a perspectiva de melhora é duvidosa, com nomeações políticas para PGR e STF (até advogado pessoal do presidente), STF derrubando lei contra juiz julgar caso de escritório de advogado parente e CNJ rechaçando regra para proteger juiz do lobby de empresas e advogados, além do ultrajante descaso ao teto constitucional de remuneração.”

Segundo a ONG, após a anulação das provas do acordo da Odebrecht e a suspensão da multa de 10,3 bilhões de reias da J&F, dona da JBS, decidida por Dias Toffoli, “a nova meta é a anulação das multas nos acordos de leniência”, e esse é “o novo grande nicho do lobby da advocacia”.

Por o antagonista

  Publicado em: Política

Uma comentário para O país do faz de conta de tudo maravilhoso!!! Em Brasília, a corrupção é uma ilusão

  1. Pedro Alcântara disse:

    O que Esperar o mesmo de um Ex-presidiário ter mudado de endereço, saindo de um Presídio e ir morar no Palácio do Planalto em Brasília? Estava preso mesmo porque?

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Rede Brasil ST

Busca no Blog

Arquivos