“Arraiá do Povo em Casa” dá a largada em primeira noite de apresentações

Publicado em   25/jun/2021
por  Caio Hostilio

Um sucesso a primeira noite do “Arraiá do Povo em Casa”. A programação de estreia da segunda edição do evento, que foi ao ar nesta quinta-feira (24), com transmissão pela TV Assembleia (tvassembleiama), Instagram e Facebook da emissora, contou com apresentações inéditas de seis grupos folclóricos que evoluíram cerca de três horas para levar toda a alegria e a magia do São João maranhense à casa dos telespectadores.

A festança, apresentada pelos jornalistas Ronald Segundo e Ely Coelho, direto de um cenário típico especialmente montado no Complexo de Comunicação da Casa, começou por volta das 19h. De casa, telespectadores e internautas que acompanhavam as apresentações interagiam pelas redes sociais, fazendo comentários sobre os grupos convidados e enviando fotos para integrarem-se à festa mesmo a distância.

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto, acompanhado de sua esposa, Ana Paula Lobato, que também é presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema); da filha Guilhermina e do diretor de Comunicação da Alema, Edwin Jinkings, fez a abertura oficial do evento, enfatizando que o objetivo da iniciativa é diminuir a saudade que a população maranhense sente dos arraiais juninos, que não puderem ser realizados novamente este ano por causa da pandemia da Covid-19.

“Há dois anos que, para cobrir essa lacuna, temos a satisfação de realizar o ‘Arraiá do Povo em Casa’. Assim, todos podem apreciar as nossas brincadeiras juninas com a família e em segurança, cada um em sua casa. Serão três noites de programação com o melhor da nossa cultura”, disse Othelino.

Na abertura, o diretor de Comunicação da Assembleia, jornalista Edwin Jinkings, lembrou que, no ano passado, devido à pandemia, a primeira edição do “Arraiá do Povo em Casa” fez um apanhado das apresentações do “Arraiá do Povo”, realizado em 2019 no estacionamento da Alema. “Agora, realizamos a segunda edição com três noites de muita energia e toda a beleza do nosso São João. Fique em casa, compre seu mingau de milho e vamos guarnicê”, disse.

Hino Cultural

A programação foi aberta com a presença surpresa do cantador Zequinha de Coxinho, filho de Bartolomeu dos Santos, o saudoso “Mestre Coxinho”, e seu batalhão do Boi Fruto da Raça Show, que executou a toada “Urrou do Boi”. Há 30 anos, a Lei 5.299, de 12 de dezembro de 1991, determina a execução da toada na abertura de qualquer evento cultural e artístico no território maranhense. A toada foi oficializada como hino cultural e folclórico do Maranhão.

O primeiro a surgir na tela da TV Assembleia foi o Boi de Morros, sotaque de orquestra e um dos mais contagiantes grupos de bumba meu boi do Maranhão. Morros entoou lindas toadas autorais, ressaltando sua religiosidade e a preocupação constante com a preservação da natureza.

Em seguida, o “Arraiá do Povo em Casa” recebeu o Cacuriá de Dona Teté. Enquanto as caixeiras davam o tom, os casais rodopiavam e cantavam o repertório de duplo sentido característico dessa manifestação folclórica que é tão amada pelos maranhenses.

Os elogios dos internautas foram os melhores para a apresentação do Boi de Nina Rodrigues, que se destacou, entre outros aspectos, pela beleza das índias adornadas ricamente por suas indumentárias em homenagem aos primeiros habitantes do Brasil.

Indumentária

Na sequência, Ronald Segundo e Ely Coelho anunciaram o Boi de Santa Fé, cuja apresentação remete a um ritual africano. A exuberante indumentária dos caboclos de pena, índias tapuias e rajados ganhou cores vibrantes na tela da TV Assembleia, ressaltando a beleza do grupo originário do Bairro de Fátima. Depois, ecoaram as matracas do Boi da Maioba, legítimo representante desse sotaque.

O último a passar pelo terreiro na primeira noite de transmissão do “Arraiá do Povo em Casa” foi o Tambor de Crioula de Leonardo, exaltando a importância do povo negro para a história do Brasil. As coreiras mostraram ginga, rodopiando freneticamente e só parando no momento da pungada (movimento em que tocam seus ventres). Os homens, por sua vez, conduziam o ritmo incessante dos tambores e das toadas.

Programação

Sexta

BOI PIRILAMPO

DANÇA PORTUGUESA ARTE E BELEZA DE PORTUGAL

BOI NOVILHO BRANCO

BOI UNIÃO DA BAIXADA

BOI DE RIBAMAR

BOI DE ITAPERA

BOI BRILHO DA ILHA

Sábado

BOI DE SONHOS

BOI DA PINDOBA

BOI DA LUA

QUADRILHA MOCINHA DO SERTÃO

BOI DE MARACANÃ

BOI BRILHO DA ILHA

BOI BAIRRO DE FÁTIMA

BOI DA LUA

BOI MOCIDADE DE PINHEIRO

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos