Essa quadrilha enfiou a mão no jarro sem dó!!! Lava Jato condena ex-tesoureiro do PT e ex-diretor da Petrobras por lavagem de dinheiro

Publicado em   01/mar/2021
por  Caio Hostilio

O juiz Luiz Antonio Bonat, condenou o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) João Vaccari Neto, foram condenados em uma ação penal da operação Lava Jato que apura direcionamento de propina com pagamentos a uma editora de São Paulo. Os dois poderão recorrer em liberdade da sentença.

Ambos foram condenados por lavagem de dinheiro. Vaccari foi condenado a seis anos e seis meses de prisão, e Duque teve condenação de três anos e sete meses de prisão em regime aberto. A sentença foi proferida pela 13ª Vara Federal de Curitiba na sexta-feira (26), e divulgada pela Justiça Federal, nesta segunda-feira (1º).

Nesta ação, Vaccari foi acusado de ter intermediado pagamento de R$ 2,4 milhões à Editora Gráfica Atitude, em duas parcelas de R$ 1,2 milhão, a pedido do PT. O pagamento foi feito pelas empresas Setec e SOG Óleo e Gás, ambas do empresário Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, um dos primeiros delatores da Lava Jato.

“As circunstâncias devem ser valoradas negativamente em razão de que a lavagem, no presente caso, envolveu especial sofisticação, com a utilização de recursos criminosos para a celebração de contratos ideologicamente falsos e emissão de notas fiscais a fim de propiciar o repasse de valores ilícitos ao destinatário final, conferindo a eles uma aparência de lícito”, pontuou o juiz a respeito de Duque e de Vaccari Neto. O magistrado também condenou ambos à restituição de 2,4 milhões de reais à Petrobras, a título de indenização.

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Busca no Blog

Arquivos