Desemprego cai em 16 estados em 2019… Cai por terra as justificativas de Flávio Dino…

Publicado em   14/fev/2020
por  Caio Hostilio

Flávio Dino disse a Veja, conforme matéria “Veja: no MA de Flávio Dino, desemprego quase dobrou e a miséria aumentou“: “Isso só vai cair quando baixar no Brasil todo, sempre foi assim e, infelizmente, continuará assim”, afirmou o governador Flávio Dino. Ora bolas!!! Caso fosse de acordo com as justificativas dadas pelo governador do Maranhão, o desemprego não teria caido nesses 16 estado. Na verdade, é como eu comentem na matéria: As justificativas continuam sendo as mesmas, sem contundência e argumentos plausíveis. Na verdade, o governador Flávio Dino deveria explicar os motivos que levaram a ceda do PIB do Estado, que antes de sua posse vinha crescendo, chegando a ser o Estado em 16º lugar. Explicar os porquês do afugentamento de investimentos e nada de um programa eficaz de atração de investimentos, cujo resultado é o desemprego. Explicar os motivos que levaram a benevolência do seu governo com o grupo Mateus, que paga muito menos de ICMS em comparação com os outros empreendedores, onde o resultado foi o fechamento de empresas e até falência, gerando um desemprego desenfreado. 

A taxa média de desemprego caiu em 16 estados do Brasil em 2019, acompanhando a média nacional, que recuou de 12,3% em 2018 para 11,9% no ano passado.

As maiores taxas de desemprego foram registradas no Amapá (17,4%) e na Bahia (17,2%).

A taxa média anual de subutilização de 2019 ficou em 24,2%, pouco menor que a de 2018 (24,3%). Entre os estados, as maiores taxas médias anuais foram registradas no Piauí (42%) e Maranhão (40,5%) e as menores em Santa Catarina (10,9%), Mato Grosso (15%) e Rio Grande do Sul (15,6%).

 

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Busca no Blog