“O uso de estratagemas criminosos é e sempre será próprio daqueles que não respeitam a lei”, disse o Fonajuc

Publicado em   13/jun/2019
por  Caio Hostilio

Alguns politiqueiros e juizetes querem prevalecer o vazamento ilícito para soltar Lula, porém fazem de conta que não houve um crime gravíssimo de um hacker, com certeza pago, que saiu invadindo conversas privadas de juízes, desembargadores e promotores, e ainda ameaçando e entrando em contato com integrantes do Poder Judiciário. Por isso, é importante que mensurem a partir da Nota (abaixo) do Fórum Nacional de Juízes Criminais (Fonajuc):

“O Fórum Nacional de Juízes Criminais (Fonajuc), instituição composta de magistrados estaduais, federais, militares e trabalhistas de todas as regiões do país, vem a público unir-se à preocupação expressada pelo povo brasileiro sobre os riscos às operações que combatem a corrupção.

Enquanto policiais e agentes de segurança sucumbem nas ruas, também os promotores de justiça e juízes lutam para não sucumbir, em razão do poderio político e econômico. Como bem disse o desembargador Abel Gomes, do TRF-2, os ataques cibernéticos se restringem aos magistrados que decidiram contra os interesses daqueles investigados na operação Lava Jato.

É preocupante que o país fique refém de insinuações e divulgação de material que foi obtido de forma ilícita, o que por si só já fere os mais basilares princípios éticos e legais, e que sequer é de fato apresentado, se não de forma fracionada e editada.

O Fonajuc reforça a necessidade de respeito aos direitos e deveres constitucionais, ao sistema legal e se opõe a qualquer forma de tentativa de pervertê-los ou violá-los, notadamente para desconstruir o trabalho contra a corrupção que tem funcionado em vários níveis e com incontáveis atores como nunca antes na história.”

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Busca no Blog