Acervo raro será exposto em homenagem aos 184 anos da Assembleia Legislativa do Maranhão

Publicado em   09/fev/2019
por  Caio Hostilio

Na última quinta-feira (7), a empresa Arquivar apresentou aos diretores da Assembleia Legislativa do Maranhão 13 obras raras encontradas durante o processo de restauração do acervo documental manuscrito e impresso da Casa.

A ideia de recuperar os documentos, segundo o diretor geral, Valney Pereira, surgiu no início da gestão do presidente Othelino Neto (PCdoB). “O arquivo contém dados importantes e históricos a respeito do Maranhão, daí a necessidade de preservarmos esse acervo, em formato digital, conforme determinação do próprio presidente”.

Dentre as raridades, que datam de 1894 a 1953, foram descobertos registros de atas, expedientes, sessões extraordinárias, atividades parlamentares e leis estaduais relevantes. O trabalho da Arquivar começou em fevereiro do ano passado e o material histórico passou por um processo de limpeza, higienização e catalogação. Agora, está em fase de digitalização.

“Nós tivemos o cuidado de manter tudo 100% original, pois são peças que fazem parte da história do Maranhão. Temos, por exemplo, decretos importantíssimos, como a criação do Liceu Maranhense e do Sesi; a demarcação de municípios; a aposentadoria de magistrados; mensagem governamental enviada ao Legislativo, entre outras descobertas”, explicou Raquel Assunção, gestora de contrato da Arquivar.

Solenidade

Tendo em vista a relevância das obras e a necessidade de disponibilizá-las a historiadores, estudantes e à sociedade em geral, as diretorias do Parlamento Estadual organizam uma solenidade, pré-agendada para este mês, em alusão aos 184 anos do Poder Legislativo, instalado em 16 de fevereiro de 1835.

Além da apresentação dos resultados do processo de restauração dos documentos, será lançado o projeto “Memorial da Legislação Maranhense”, com a exposição permanente das raridades. Os interessados poderão acessar os exemplares originais por intermédio de um link disponível no site www.al.ma.leg.br, na abertura do evento.

“Nós estamos empolgados e entusiasmados com esse presente que daremos à Assembleia Legislativa do Maranhão. Descobrimos uma infinidade de documentos seculares que guardam a história do estado, os quais serão disponibilizados à sociedade no momento em que festejarmos a história do Legislativo”, enfatizou o diretor administrativo, Antino Noleto.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Busca no Blog