‘Lula tá preso, babaca’, grita Ciro Gomes a apoiadores do petista na Bahia

Publicado em   08/fev/2019
por  Caio Hostilio

A frase é a mesma utilizada pelo irmão, Cid Gomes, durante ato em favor de Haddad, no Ceará, no segundo turno das eleições

Ao participar de um evento da União Nacional dos Estudantes (UNE), em Salvador, na tarde desta quinta-feira (5/2), o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) protagonizou bate-boca com estudantes e apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Após ouvir manifestações em favor do petista, o ex-governador do Ceará acabou se irritando ao ser chamado de corrupto por um estudante. Ciro, então, rebateu a acusação gritando três vezes: “O Lula tá preso, babaca”. Nessa hora, foi aplaudido por alguns presentes e vaiado por outros.

A frase foi a mesma usada pelo irmão de Ciro, o senador Cid Gomes (PDT-CE), ao se desentender com petistas durante o segundo turno das eleições. Após o primeiro turno, Ciro viajou para a Europa e coube a Cid comparecer a um evento de apoio à candidatura de Fernando Haddad (PT), que disputava então o segundo turno com Jair Bolsonaro.

Ao discursar, Cid disse que o PT precisava fazer uma autocrítica, o que desagradou parte da plateia. Quando o público vaiou e puxou o coro: “Olê, olê, olê, olá, Lula, Lula”, Cid rebateu: “Lula o quê, babaca? O Lula tá preso”.

“Estratégia errada”

Depois de reeditar a frase do irmão nesta quinta-feira (7/2), Ciro prosseguiu: “Desculpa, não sou eu que condenei o Lula. Não tá na minha mão libertá-lo. Eu avisei que se a direita ganhasse as eleições, o Lula ia ficar encarcerado por muito mais tempo”, gritou.

“Todo mundo pode vomitar paixão que quiser, mas enquanto a gente ficar assim, acreditando em minorias ínfimas, esmagadoramente derrotados que fomos… Companheiros, nós fomos humilhantemente derrotados por essa estratégia. Insistir nela afunda o Brasil”, completou.

Correio Braziliense

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Busca no Blog