E agora? Lula será condenado pela segunda vez na Lava Jato pela substituta do Moro…

Publicado em   09/nov/2018
por  Caio Hostilio

A informação de que o ex-presidente Lula pode receber sua segunda sentença na Operação Lava Jato a qualquer momento foi confirmada nesta quarta-feira pelo UOL. Segundo a publicação, “Desde segunda-feira, os autos de um processo que investiga se Lula participou de um suposto esquema de corrupção envolvendo contratos entre a Odebrecht e a Petrobras estão prontos para a conclusão”

O caso se refere à acusação do Ministério Público Federal de que Lula teria recebido um terreno em São Paulo onde seria realizada a instalação do instituto que leva seu nome, além de um apartamento vizinho ao que ele vivia em São Bernardo do Campo (SP). Os favores milionários teriam sido vantagem indevida assegurada ao petista pela Odebrecht,

Lula deve receber sua nova sentença pelas mãos da juíza substituta Gabriela Hardt, que passou a ocupar as funções do juiz federal Sérgio Moro, que se compromete a assumir o ministério da Justiça e Segurança Pública do governo Bolsonaro.

As chances de uma nova condenação de Lula são concretas. Quando foi condenado no processo do tríplex, a sentença foi proferida 22 dias após os réus apresentarem suas alegações finais. Como Lula não é mais réu primário, o petista já foi condenado no caso do triplex pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, há chances da pena nesta nova ação penal ser maior.

Nesta ação, a defesa do ex-presidente foi a última a apresentar suas alegações finais, às 22h47 do dia 31 de outubro – data limite estabelecida para que o documento fosse protocolado. Na prática, não há nada que impeça que a juíza se decida sobre o caso nos próximos dias.

Além de Lula e Paulo Melo, são réus na ação penal do instituto Marcelo Odebrecht, o engenheiro Glaucos da Costamarques, o advogado e compadre de Lula Roberto Teixeira, o ex-ministro Antonio Palocci, seu ex-assessor Branislav Kontic e Dermeval de Souza Gusmão Filho.

Com informações da Folha de São Paulo.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Publicidade

Busca no Blog