Veja o vídeo da reunião do “Comitê Militar”, pois salvei a cópia. Veja, ainda a matéria do Reinaldo Azevedo.

Publicado em   24/out/2012
por  Caio Hostilio

Ao receber o vídeo da reunião do “Comitê Militar” revolvi salvá-lo, pois sabia que esse vídeo no Youtube seria violado. Então, o coloquei novamente o Youtube…  Veja abaixo o vídeo:

O escândalo no Maranhão – A conversa mole dos partidários de Holanda Júnior e Flávio Dino; blogueiros locais de aluguel me acusam de partidário de… Sarney! Não me digam!

Publiquei ontem aqui um post sobre um troço absurdo ocorrido no Maranhão. Um grupo de militares — policiais e bombeiros — fez uma reunião em defesa da candidatura de Edivaldo Holanda Júnior, do PTC, à Prefeitura de São Luís. Havia um vídeo a respeito, que já foi violado pelos partidários do candidato, que é hoje homem de Flávio Dino, deputado do PCdoB, licenciado da Câmara porque presidente da Embratur.

A situação já é absurdaem si. A Constituiçãoproíbe que corporações militares façam militância partidária. Tanto pior se essa militância se dá nos termos em que se viu naquele vídeo. Muito bem: aquele material já foi alterado pelos partidários da candidatura de Holanda Júnior. Acusam manipulação etc. e tal. Mais do que isso: dizem haver uma grande conspiração unindo o tucano João Castelo, adversário de Holanda, e José Sarney.

Os blogueiros amigos de Holanda — na verdade, ligados ao comunista do Brasil Flávio Dino — resolveram, ora vejam, afirmar que até eu participo dessa conspiração. Ulalá!!! Eu e Sarney juntos? Não me digam! Quem acompanha o que escrevo sabe bem a veracidade dessa acusação. Uma pobre delinquente intelectual tentou explicar como isso seria possível. É de rolar de rir.

Não! Eu não tenho candidatoem São Luís. Nemsou tão versado na realidade local. Uma coisa é certa: acho que gente que faz proselitismo em porta de quartel ou que mobiliza militares — cuja função é garantir a segurança de todos, independentemente de sua coloração partidária — não pode ser eleita.

A turma de Holanda e Dino acusa manipulação do vídeo, edição etc. Conversa mole! Pouco importa se há edição ou não, o certo é que estas palavras estão lá e não mudam a essência do problema: …

Dizem agora que a tal “missão”, que não podia ser revelada, é a “singela visita às famílias” dos militares. É mesmo? E por que tratar esse trabalho “singelo” como missão secreta? O que haveria de errado em visitar as famílias? Isso, por acaso, é trabalho de “serviço de inteligência”, de gente que “não pode ter seu nome revelado”. Era a essas visitas que chamavam de “coisa muito louca”, “pior do que o grupo que matou Osama Bin Laden”? Holanda estava presente a uma das reuniões — na hipótese de que tenha havido mais do que uma. E discursou ali, o que é muito grave.

A Secretaria de Segurança Pública decidiu instaurar um processo administrativo para avaliar a conduta das pessoas que aparecem no vídeo. É o mínimo. Espero que resulteem punições. Militaresdetêm o monopólio do uso legal da força. Andam armados por expressa autorização da sociedade e servem ao conjunto da população. Um mero trabalho de visita às famílias não seria, por óbvio, retratado nos termos que se leem acima.

Ao acusar a manipulação do vídeo, os partidários de Holanda Júnior e de Flávio Dino pretendem manipular a realidade.

Ah, sim: de tudo o que já disseram de errado a meu respeito, certamente a acusação mais exótica é de ser aliado de… José Sarney!

  Publicado em: Governo

8 Responses to Veja o vídeo da reunião do “Comitê Militar”, pois salvei a cópia. Veja, ainda a matéria do Reinaldo Azevedo.

  1. Edson disse:

    Pq ninguém quer ser aliado de Sarney?? Só Caio Hostil se orgulha de ser Sarnento?

  2. Ricardo Milán disse:

    Caio, o presidente da EMBRATUR não é deputado licenciado. Ele concorreu e perdeu a eleição de governador em 2010… a EMBRATUR foi apenas o premio de consolação para esse que se acha o professor de Deus…

  3. Gojoba disse:

    Pelo jeito e melhor castelo ser eleito é isso? castelo e um excelente prefeito é verdade ?

  4. silver price disse:

    “No vídeo, assistimos a um absurdo em si: a criação de um “Comitê dos Militares” em favor da candidatura de Holanda, composto de policiais militares e bombeiros. As PMs, por determinação constitucional, estão sujeitas às mesmas regras que valem para as Forças Armadas. A militância partidária é proibida. Organizar, então, um “comitê de militares da ativa” em favor de um candidato é um absoluto despropósito. Mas é isso o que se faz ali E É O DE MENOS. Conforme vê no vídeo, anuncia-se a criação de um grupo para atuação clandestina. Pior: Holanda, o candidato do PTC, o 36, discursa no evento. Tem de ser denunciado ao Tribunal Regional Eleitoral e tem de ter a candidatura cassada”, escreveu Azevedo.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog