A insensatez de uma luta sem causa…

Publicado em   05/ago/2012
por  Caio Hostilio

Você sabe qual é um dos grandes males da humanidade? É o de ver os exemplos acontecerem todos os dias, bem próximo de si, com seu semelhante, e quando menos se espera você cai na mesma cilada. Como os seres humanos esquecem rápido das coisas!!!  

Sabe de uma coisa, eu sempre gostei muito de duas disciplinas na minha época de primário, ginásio e científico – “Caramba!!! Eu sou velho, muitos não vão compreender: primário, ginásio (corresponde ao ensino fundamental e o científico ao ensino médio) -; História e Geografia… Meus professores dessas matérias eram fantásticos e me fizeram amá-las… Tive um professor, no Elefante Branco (Brasília) de nome Salvador. Esse camarada era um apaixonado por História e sempre dizia: “Os homens acham que a história se resume ao passado… Quanta ignorância!!! Ela é o presente e o futuro… Se esses poderosos, ditadores (vivíamos no regime militar), dominadores e capitalistas buscassem e entendessem da História em sua essência, com certeza muitos dos desatinos do presente seriam evitados e no futuro encontraríamos soluções mais viáveis para as dificuldades políticas e econômicas.”

Vi uma insensatez na blogosfera que me chamou muito a atenção. Eu já até tinha dito que não me interessa mais por esse assunto, haja vista que para mim são como “ondas do Mar”…

Contudo, vejo que está havendo uma mistura de alhos com bugalhos, quanto ao delegado Pedro Meireles… Levando o caso para o lado politiqueiro do Maranhão, ou seja, a eterna briguinha dos anti-sarneys com os sarnys. Ora bolas!!! Se fosse nesse sentido, já tinham encontrado uma maneira para prendê-lo… O Sarney não é o todo poderoso? Outro questionamento que desfaz emplacar esse caso no jogo politiqueiro é a própria confirmação da delegada geral, que disse que o citado delegado nada tem a ver com o assassinato do jornalista Décio Sá… Coisa mencionada na matéria, que traz o assunto para esse lado politiqueiro… Não seria isso uma incoerência? Haja vista que a própria SSP chega a essa conclusão?  Hei professor Salvador, olha como seus ensinamentos foram fundamentais!!! Veja como o fator histórico presente é fundamental…

Lembro-me que alguns jornalistas conversaram até sobre o livro de Paulo no testamento!!! Como foi comovente aquele debate e como sempre, preferi apenas ouvi para fazer minhas reflexões.

Mesmo com as mais diversas linhas de pensamento no debate, vale ressaltar que a missão de Paulo foi a de fazer com que seus compatriotas, os judeus, passassem a crer no evangelho. 

Paulo era um erudito e sabia que o seu povo tinha escolhido um caminho trágico, que os levaria a destruição política, social e econômica, coisa que aconteceu. Foram dominados pelos Romanos.

Por que não se guiaram pelos escritos? Terminaram por entregar Jesus para os romanos.

Quando Jesus disse: “Dá a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus”, vieram diversas interpretações… Mas uma é a mais transparente, em minha opinião, o dinheiro é de César por ser um desejo carnal e terreno, enquanto o de Deus é o amor, o bem… Sentimentos abstratos, coisas do espírito.

Portanto, não posso tecer nenhuma opinião de valor sobre qualquer ser humano apenas pela posição que ele ocupa, assim como não posso politizar um caso que requer conhecimento de causa, ou seja, as entranhas de uma investigação nos seus mínimos detalhes… Não se pode basear pelo achismo ou pelo senso comum.

Mas existe um questionamento a ser feito, haja vista que o aparelho policial brasileiro ainda não utiliza com muita propriedade dos fatores psicológicos.  O jornalista Décio Sá, na área política, se sentia protegido pelo grupo político que defendia. Agora, quem lhe garantiu proteção no caso da agiotagem? Eis a questão!!! Bobo ele não era!!! Alguém estava lhe dando garantias…

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog