Dependendo do momento, um herói vira vilão e em outros casos se torna herói… Um defensor dos oprimidos!!!

Publicado em   01/ago/2012
por  Caio Hostilio

Os seres humanos são hipócritas mesmo!!! E aí Lulu Santos? É como uma onda no mar!!! De repente o cara aparece na TV como sendo o camarada que desvendou os mais escabrosos crimes… Caramba!!! É um herói!!! Tudo para por uma pá de cal sobre o assunto… Ponto Final!!! Mentores intelectuais são ex-vendedores de panela e um bochechudo… Difícil para chegar nesse denominador comum!!!

Pois não é que a Polícia Federal está numa maior crise!!! Pessoal, a federação quer a demissão do diretor geral e até já surgiram denuncias de irregularidades na gestão do camarada… Antes o camarada era o melhor!!! Mas os delegados de São Paulo querem sua permanência… Por que será? Será por quê?  

O certo é que o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcos Wink, acusa o Departamento de Polícia Federal (DPF) de viver hoje uma crise, por conta da gestão de Leandro Daiello Coimbra e, entregou, na última sexta-feira (27), ao ministro José Eduardo Cardozo, várias denúncias contra o diretor, além de querer a saída do diretor geral.

Na nota que entregou ao assessor do ministro, na sexta-feira, o presidente da Federação fala da morte de 12 agentes de polícia – dois deles por suicídio – e de um grande número de feridos em razão da função policial, nos últimos 12 meses, período da gestão de Daiello. Segundo a nota encaminhada, inexiste  “amparo psicológico e assistencial aos policiais e seus familiares”.

Ela fala ainda de uma “estatística ‘não-oficial’ de policiais com problemas psicológicos”, extremamente grande e denuncia que “em muitos casos a ineficiência da gestão prefere encaminhar servidores doentes às corregedorias, para serem punidos”.  

Segundo o oficio encaminhado ao ministro, por conta da desmotivação, “somente no ano passado, quase 100 agentes federais abandonaram o cargo”, sem computar os que se aposentaram.

A federação também acusa Daiello de usar politicamente as 31 vagas oferecidas para um curso de Executivos de Polícia (LEEDS) na Academia da Federal Bureau of Investigation – FBI, em Quântico, na Virgínia (EUA). Todas elas, segundo a entidade que reúne agentes de polícia, foram preenchidas por delegados. Entre os beneficiados, “muitos exerciam na Polícia Federal atividades essencialmente administrativas e, com toda certeza, não iriam utilizar os conhecimentos adquiridos quando retornassem ao Brasil”.

É… Delegados não são corruptos… Suas ligações são sempre oficiais… Tudo é pela ordem…

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog