A investigação sigilosa é uma coisa, agora uma resposta ao Poder Legislativo se faz necessário…

Publicado em   26/jun/2012
por  Caio Hostilio

Aqui não se trata de investigação sigilosa da Polícia Civil do Maranhão no que tange o assassinato do jornalista Décio Sá e a prática da agiotagem, mas sim a desqualificação atribuída pela a Assembléia Legislativa do Maranhão ao trabalho desenvolvido pelos profissionais e pelo secretário da pasta de Segurança Pública.

O pronunciamento do deputado Raimundo Cutrim tem lá suas razões pessoais e é um ato de inteira responsabilidade dele e não do Parlamento Maranhense. Por isso, não se pode levar em conta suas palavras, haja vista que ali estava falando como um ser humano num momento de desabafo.

Contudo, a postura dos deputados diante do pronunciamento do deputado foi de inteira falta de responsabilidade com a coisa pública, colocando primeiramente os princípios politiqueiros à frente e não visando a necessidade de que tudo seja esclarecido.

A deputada Graça Paz, por sua vez, trouxe o debate para o campo das idéias, mostrando com clareza que o sentido maior estava na investigação e que o deputado Cutrim deveria esperar a conclusão.

A Assembléia simplesmente desrespeitou o Executivo e o trabalho da Secretaria de Segurança Pública, isso em dados dentro do senso comum.

Segundo informações precisas, o depoimento do assassino foi efetuado na presença de seis delegados de polícia e de membros do Ministério Público, logo é observado que se houve manipulação, então todos esses foram coniventes.

Por outro lado, qual interesse a polícia teria em manipular o assassino para dizer que ele desceu o morro bem no Clube do Jipe, um lugar que é impossível descer? Manipular que o assassino andou até a Cohama e lá pegou um taxi? Ora bolas!!! A própria polícia estaria acobertado alguém!!!

O presidente da Assembléia, deputado Arnaldo Melo, precipitou ao dizer que existem vazamentos de nomes de deputados e que convocaria o secretário para esclarecer tais vazamentos… Mas quando foi que saiu algum nome de deputados em depoimentos, fora o do deputado Cutrim? Os demais são especulações da mídia.

O certo é que o Executivo, na pessoa da governadora Roseana Sarney, precisa pedir esclarecimentos urgentes ao Poder Legislativo, sobre tais descréditos da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão e, ainda, quais foram os depoimentos vazados pela secretaria que constavam nomes de deputados estaduais envolvidos com agiotagem.

Caso contrário o Executivo ficará desmoralizado perante a opinião pública!!!

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog