Informativo

Publicado em   12/jun/2012
por  Caio Hostilio

Ginásio Costa Rodrigues ficará pronto até o fim do ano, mas agora o candidato Edivaldo Holanda Junior terá que explicar o que foi feito com os R$ 5 milhões que o pedetista Weverton Rocha consumiu para derrubar as paredes!!!

O secretário de Estado Joaquim Haickel vistoriou, hoje (12), a obra de reforma do Ginásio Costa Rodrigues. Acompanhado do vice-governador Washington Luiz, Haickel anunciou algumas modificações no novo Costa Rodrigues, que deverá ficar pronto até o fim do ano e terá capacidade para duas mil pessoas. Dentre as mudanças, o secretário adiantou que o novo Costa Rodrigues estará dentro dos novos padrões das leis do esporte e contará com adaptações para os portadores de necessidades especiais. Ao todo, a obra de reforma do ginásio está orçada em R$ 5,6 milhões, sendo que R$ 3 milhões correspondem a recursos vindos de emendas parlamentares. O restante da verba, R$ 2,6 milhões são do governo do Estado. “Tivemos algumas dificuldades burocráticas para a liberação dos recursos federais. Esse recurso é proveniente de emendas de 2009 e demorou muito tempo para ser alocado. Por causa disso, o governo do Maranhão repassou um capital do Estado para o início das obras e, somente depois, chegaram os recursos do governo federal. O que era problema antes, que era a falta de dinheiro, hoje não é mais problema. Agora o problema é que as obras geridas pela Caixa Econômica demandam muita burocracia e há um atraso por causa de algumas melhorias que estamos fazendo no projeto. O governo não poderia deixar um patrimônio histórico de nosso esporte abandonado como estava anteriormente”, explicou o secretário. Atualmente, 42% da obra de reforma do ginásio está pronta, o que animou o vice-governador Washington Luiz. Quanto aos R$ 5 milhões gastos por Weverton Rocha para derrubar as paredes… Foi por espaço e o prejuízo ficou com os ludovicenses. Como explicará isso o candidato Edivaldo Holanda Junior quando perguntado?

Melhoria das condições de trabalho e salariais dos agentes comunitários de saúde é tema de encontro

A melhoria das condições de trabalho e de remuneração dos agentes comunitários de saúde (ACS) no Maranhão foi o assunto discutido, hoje (12), no auditório do Hospital de Alta Complexidade Carlos Macieira, entre o secretário de Estado da Saúde (SES), Ricardo Murad, deputados estaduais e agentes comunitários. “Vamos estudar de que forma podemos atender a esta reivindicação, antiga e necessária, de uma contrapartida do Estado nesta questão”, anunciou Murad. Participaram do encontro os deputados estaduais André Fufuca (presidente da Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa), Vianey Bringel e Valéria Mâcedo; a presidente da Federação Maranhense dos Agentes Comunitários de Saúde (Femacs), Marleyde do Nascimento Bernabé; e agentes comunitários de todas as regionais de saúde. A reivindicação dos ACS é um acréscimo salarial equivalente a 40% do salário mínimo vigente e melhoria nas condições de trabalho. Uma comissão será formada por representantes da Superintendência de Atenção Primária da Secretaria de Estado da Saúde (SES), da Assembléia Legislativa, da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems) e da Escola Técnica do Sistema Único de Saúde (SUS) para avaliar a implantação de uma gratificação de desempenho, de forma a contemplar os ACS que trabalham nas coberturas domiciliares. “A nossa exigência é que a gratificação esteja diretamente vinculada à melhoria dos indicadores de saúde informados ao Ministério da Saúde, por meio do sistema municipal”, explicou Ricardo Murad.

  Publicado em: Governo

2 Responses to Informativo

  1. FABIO disse:

    E como será que Washington (Macaxeira) vai explicar quando for perguntado sobre o superfaturamento e a ilegal dispensa de licitação para a construção dos “72” hospitais do Desgoverno?????

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog