Novamente??? Nem o Bom Preço foi colocado em prática!!!

Publicado em   05/jun/2012
por  Caio Hostilio

Após assistir às últimas propagandas da Prefeitura de São Luís e a reprodução pela mídia, da implantação do sistema VLT em tempo recorde e a continuidade da Avenida Litoranea, observei o quando as inverdades continuam ludibriando o povo e o quanto essas propagandas são demagógicas!!!

Não é que a inicitiva do prefeito não seja louvável… É e se faz necessário, mas afirmar que entregará o sistema de VLT e o prologamento da Avenida Litoranea em quatro ou cinco meses, é querer subestimar a inteligência dos ludovicenses!!!

O certo é que promessas mirabolantes sempre levam o político ao descretido… Será que o prefeito Castelo esqueceu que não conseguiu nem colocar em prática sua tão alardeada promessa “Bom Preço”?

Seria providencial, na verdade, o debate aberto e sincero sobre a realidade de São Luís… É uma cidade constituída de mazelas por todos os lados e que precisam ser modificadas urgentemente, pois não se pode conceber deficiências em áreas estratégicas para o bem-estar e a qualidade de vida de sua população, uma vez que a infra-estrutura, planejamento social e econômico, saneamento básico, educação e, principalmente, saúde são prioridades essenciais para uma gestão realmente preocupada com a coisa pública.

Vejamos a situação da saúde pública municipal, onde falta principalmente o respeito com os seus usuários. Mesmo com todo recurso recebido do SUS, continua com apenas dois Socorrões há vários anos e nunca buscou uma saúde preventiva, ficando sempre na curativa, com total falta de respeito à vida humana.

Uma cidade que ainda vemos esgoto a céu aberto em bairros antigos como João Paulo, Monte Castelo, Anil e outros, saneamento este que seria necessário para evitar doenças causadas por águas fétidas, pois, assim,  diminuiria os custos com a saúde.

Também em toda cidade é visto a falta de boca de lobo para escoamento da água pluvial e pavimentação adequada nas ruas da cidade, gerando alagamentosem toda São Luísna época das chuvas. Na infra-estrutura verifica-se que São Luís sofre pela falta de um planejamento adequado na sua engenharia de transito, onde é visto excesso de sinaleiros, principalmente em rotatórias, coisa não vista em outras cidades, e, ainda, a má elaboração dos retornos, como vemos nas Av. Castelo Branco, Av. Jerônimo de Albuquerque (Cohab) e em outras, uma vez que confundem os condutores de veículos, principalmente condutores vindos de outros estados, causando, com isso, engarrafamentos sem sentido. Ainda na infra-estrutura, é observado queem São Luísnão existe um projeto adequado de paisagismo e jardinagem, com plantas adaptadas ao seu clima, em suas praças, avenidas e demais logradouros, ficando uma cidade com seus jardins feios e mal elaborados e desprovidos do verde.

Na área de educação é visto escolas sucateadas, professores desmotivados… Escola não é depósito de crianças… É oferecida uma educação quantitativa, visando apenas o aumento de alunos, coisa que garante maiores valores dos repasses do Fudeb e do FNDE. É preciso debater a didática/pedagógica adequada aos alunos de São Luís. Pois sem essa didática apropriada não existirá o ensino/aprendizagem, logo não existe uma formação coerente para estes alunos.

Na área de planejamento social e econômico, não vemos nenhuma ação para a geração de emprego, onde os nossos dirigentes municipais deveriam estar facilitando o ingresso, em conjunto com o governo estadual, que se mostra preocupado com essa ação, nas indústrias, nas empresas prestadoras de serviços e tantos outros seguimentos, pois assim veremos uma cidade prospera, gerando emprego para os necessitados e excluídos de São Luís.

  Publicado em: Governo

16 Responses to Novamente??? Nem o Bom Preço foi colocado em prática!!!

  1. papagaio verde disse:

    realmente você esta correto… vamos cobrar esses politicos sem palavras… cadê nossos 72 hospitais? cadê a nova ponte 4º centenário? cade a diminuição da misseria em nosso estado? cadê o aeroporto? cadê a refinaria? cadê a duplicação da BR? o Maranhão não tem 1, repito… 1, so politico com palavra…

    • Caio Hostilio disse:

      Cadê a inteligência do comentarista? Vamos lá comentarista orelhundo: Os hospítais realmente ainda não entregaram os 72, mas já entregaram as UPAs, 20 hopitais, aumentaram o número de UTIs aqui em SLZ e em Imperatriz, além de Grajaú, coisa que se não estive pronto, os ludovicenses estavam ferrados, pois mesmo com a saúde municipalizada e recebendo milhões e milhões do SUS, além de mais 15 milhões para atender os pacientes vindos dos municipios que oferecem saúde básica e baixa complexidade, não consegue sair dos dois socorrões. Ah!!! ainda tem a reforma total do hospital Carlos Maceira, Geral etc. A ponte 4º Centenário em nenhum momento a governadora disse que iria construir em quatro ou cinco mêses como está prometendo o Caostelo… A misseria do Maranhão não pode cair somente sobre um gestor, quando o Estado tem 218 gestores… Ai é que cabe a pergunta: Cadê os bilhões e bilhões recebidos pelos outros 217 gestores? Onde foi parar essa dinheirama? Incului-se aí João Castelo. O aeroporto, comentarista sem inteligência, é de responsabilidade do governo federal, através da Infraero e não do governo do Estado… Burrinho, existem três esferas governamentais, federal, estadual e municipal… O mesmo ocorre com a BR 135, cuja responsabilidade é do Denit, órgão de responsabilidade do governo federal… Se você acha que o governo do Estado deveria cobrar, acho que aí cabe o questionamento, mas também seria providencial que o prefeito de São Luís fizesse o mesmo, pois é ele o gestor dessa cidade. Quanto a refinaria, as obras estão sendo feitas… Uma refinaria desse porte não se constroi em quatro ou cinco meses como disse o prefeito, que construiria uma avenida e um sistema de VLT em quatro meses… Portanto, vê se estuda mais e procura melhores argumentos para debater….

      • papagaio verde disse:

        Caio, inicialmente, gostaria de relatar que não estou defendendo A ou B… releia meu comentário, faço uma critica a todos os politicos maranhenses… Segundo, estudo sim, sou estagiário da Medicina da UFMA, estou me preparando para, com ajuda de deus e servindo de instrumento do mesmo, a salvar vidas e pelo meu IP e mensagens anteriores você deve saber que nunca fui parcial em meus comentários. Mas vamos aos fatos: Veja este video, http://www.youtube.com/watch?v=JGZiW1pGzY8, sei que não é o melhor dos videos pois tem bastante montagem no mesmo… mas dá para ver que e eu me lembro na época que estes hospitais eram para ser entregues no fim de 2010, correto? Então foi ou não foi uma enganação?
        Com relação ao hospital Carlos Macieira, devia ser um hospital do funcionalismo estadual, meu avô tem todo mês descontado do salário dele R$720,34 de FEPA, e não tem direito a um hospital eficiente para o mesmo, se não tivesse plano de saúde estaria em pior situação…
        Quando me refiro a BR e aeroporto, não estou falando da governadora, e sim de nossos deputados federais, que estão nas arquibancadas, vendo no que vai dá…
        Com relação a ponte 4º centenário foi promessa governo SIM!!!
        Com relação a cobrar o prefeito de São Luis, acho que o socorrão II sim deveria ser visitado pelos jornalistas, aquilo é desumano, não adianta nada fazer um novo hospital e deixar os antigos a beira do colapso…
        Não acredito em castelo, não acredito em Roseana, não acredito em nossos senadores, deputados federais e estaduais… o maranhão estaria bem melhor sem eles… pago imposto em dias, amo meu estado e minha cidade, não estou aqui para defender ninguém, quero educação de qualidade para meu estado, saúde para a população e condições de trabalho para meu futuro… aguardo seu comentário mais respeitoso…

        • Caio Hostilio disse:

          Papagaio verde, não debato no senso comum… Se você é ainda estudante e deveria saber disso…. Quem sou eu para debater com você sobre como suturar? Mas não debata sobre administração pública comigo, pois sou formado exatamente em Administração Pública, com especialização em O&M, Suprimento e Logística e administração de pessoas, além de formado em Letras, com especialização em metodologia do ensino superior e mestrado em educação… Não estou aqui defendendo nada. Quem me ler sabe que venho mostrando que esse discurso idiota de antisarney e sarneys é o mais imbecil… Aqui tudo é culpa de um gestor apenas, quando o Estado tem 218 gestores independentes, que recebem milhões e milhões em recursos constitucionais, recursos próprios (principalmente São Luís), emendas, convenios e projetos ministeriais… Você sabe onde está toda essa grana? Quanto ao hospital Carlos Macieira, fale a seu avô que estão enfiando a mão no bolso dele, visto que ninguém paga esse valor… Os valores descontados não dá nem pra comprar um rolo de esparadrapo. Quanto ao resto, o prédio continua sendo patrimonio do Fepa e o SUS pagará por esse arrendamento. Por outro lado, todos os funcionários podem ser atendidos no hospital. A própria direção do Fepa não concordou em pegar a grana do arrendamento pelo SUS e pagar um plano de saúde para cada funcionário público estadual, preferindo um hospital que substituisse, coisa que foi atendida e com equipamentos iguais aos que estão nos hospitais e upas construídas… Claro que jamais consegueriam construir 72 hospitais em dois anos, visto que existe o fator orçamento, mas estão sendo construído de acordo como falei… Portanto, não entre num debate em que você não conhece… Senso comum jamais convencerá quem conhece o assunto em sua essência científica…

          • papagaio verde disse:

            mais uma vez caio, é salutar termos estas discussões no mundo das idéias e não da apelação… concordo com você, a culpa não é somente da governadora, também é dos prefeitos, e todos os políticos de nosso estado… a saúde do maranhão está sucateada… mas ela, a governadora, tem muita culpa nisso… E ele mentiu sim na propaganda politica das eleições de 2010… com relação ao FEPA, é este valor sim que meu avô paga… não estou mentido…

          • Caio Hostilio disse:

            Terminou agora pouco uma matéria na Globo mostrando os hospitais do Maranhão construídos sem pacientes, visto que os prefeitos não estão sabendo usá-los e transferir os pacientes dos municipios que não possui hospital ter ao menos uma ambulância para fazer essas transferências. O reporter errou muito na matéria. Se seu avô paga tudo isso, seria providencial que ele procure o mais rápido possível a Secretária de Administração, pois eu pago apenas R$ 17,00.

      • Fernando disse:

        Papagaio verde, isso la é nome que se use. Papagaio tu sofre de vacuo cerebral. Se aqui em Sao Luis fosse abrir um zoologico tu nao serviria nem para fazer parte dele com sua tua ignorancia. Como falou o dono do Blog, estuda primeiro e depois venha para ca debater e nao vir com essas babaquiçes que mais da metade dos maranhenses ficam falando!!!

        • Caio Hostilio disse:

          Ele desconhe completamente o debate dentro dos parâmetros em gestão pública.

        • papagaio verde disse:

          Tá apelando… o que falei no texto que é mentira? pessoal, jornalista tem que trabalhar com a verdade… assim como o medico… vamos lá, já pensou se eu fosse contratado por um laboratório e ganhasse dinheiro para passar um remédio ao doente que tivesse eficacia inferior ao medicamento do concorrente? todos não iriam “cair em cima de mim”? me chamariam de corrupto e tudo mais? pois bem, tem jornalista que faz o mesmo, é totalmente parcial… isso é antiético… ou estou errado? Sem apelações, vamos discutir no mundo das idéias…

          • Caio Hostilio disse:

            jornalismo imparcial existe aonde? Cite alguém? Meu caro, qualquer ser humano busca um lado a seguir e não seria diferente com um jornalista. No entanto, escrever com coerência e comentar com coerência, no campo das idéias, tem que ser dentro do científico e não no senso comum…

  2. papagaio verde disse:

    outra coisa, reavalie o que você acha que é baixa complexidade… veja arquivos no Google acadêmico, uma coisa é alta complexidade, outra é alta densidade tecnológica… Atendimento básico de saúde pode ser alta complexidade e baixa densidade tecnológica. UTI pode ser baixa complexidade e alta densidade tecnológica.

    • Caio Hostilio disse:

      Vai papagaiar lá na baixa da égua!!! Você não sabe nem o que está dizendo… Procure melhor informações sobre o SUS e depois volte para debater sobre os ditames que regulamentam o serviço público nesse país…

      • papagaio verde disse:

        Caio, gosto de um debate saudável, não se irrite pela falta de argumentos, leia este interessante texto sobre o que é alta complexidade no contexto de atenção em saúde.
        http://www.scielo.br/pdf/icse/v9n16/v9n16a04.pdf
        este outro livro é muito com para leigos: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/sus_3edicao_completo.pdf dê uma lida.
        Repito, não se pode confundir alta complexidade com alta densidade (que não é densidade populacional e sim de aparelhos)… o grande exemplo é o PSF, que é de alta complexidade, por necessitar de bastante conhecimento cientifico, porem é de baixa densidade… entendeu? dê seu ponto de vista e não fique apelando para palavras baixas, seu leitor que tiver interesse em ler os textos verá que estou correto e você cairá no conceito… novamente com todo respeito… PAPAGAIO VERDE…

        • Caio Hostilio disse:

          Acho que você está confundindo alhos com bugalhos… os paramentros do SUS não tem nada a ver com a rotina e o fluxo de um hospital…

    • papagaio verde disse:

      desculpa, cometi um erro neste texto, onde tem básico de saúde, substitua por: atendimento ambulatorial…

      • Caio Hostilio disse:

        municipios que atendem apenas a saúde básica ele deve oferecer apenas um clínico geral e um parturiente…

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog