Atualmente existe esquerda?

"Esses esquerdistas atuais são debilóides!!!"

“Esses esquerdistas atuais são debilóides!!!”

Embora coerente na abordagem da desencantada relação  política dos jovens com os partidos políticos, a análise que repasso baixo pode induzir à falsa idéia de que os adultos têm ainda uma relação proativa com estes partidos que povoam o universo político, o que não é verdade há muito tempo. Principalmente no Brasil, onde estas agremiações tornaram-se meros espaços de manobras pessoais oportunistas ou abrigos camuflados para grupelhos e tendências que, por si só, não teriam expressão alguma.

À direita esta realidade manipuladora sempre existiu, mas, à esquerda, foi-se o tempo do sonho coletivo partidário, onde utopias comuns uniam as pessoas acima das especificidades ideológicas. O pragmatismo maquiavélico de há muito retornou como a palavra de ordem para todo o espectro político, matando o jardim dos sonhos de mudanças e/ou afastando aqueles que ainda se negam à prostituição política.

O que eram e o que são hoje os partidos de esquerda, por exemplo, a começar pelo mais antigo deles, o Partido Comunista? Que histórias construíram os partidos ao longo do tempo, a não ser uma infindável troca de nomes para maquiar os fracassos e continuar iludindo as redes sociais? E o pior: ainda culpam os eleitores quando eles elegem, em protesto, figuras excêntricas. Agem no mais claro pragmatismo partidário e culpam os eleitores quando eles elegem, também pragmaticamente (pelos resultados concretos em suas vidas), pessoas diferenciadas do ramerrão histórico em que nos mergulharam. Afastaram-se do povo com suas manobras cínicas e quando este povo escolhe alguém como líder pessoal de seus anseios, adjetivam de populismo. E a miopia destes grupos partidários é tanta, que ainda precisam fazer pesquisa para descobrir porque eles não mais catalisam a participação social…

Quando me lembro de 30 anos atrás, na época dos últimos e desesperados suspiros da participação partidária popular, revejo as ruas lotadas e democraticamente vibrantes, militantes voluntários aos milhares, adultos e jovens transpirando idealismo e certezas. Hoje, até mesmo o PT, o mais vibrante de todos e o de identificação popular mais profunda, já precisa alugar militantes para balançar bandeiras…

Gente, de há muito, todos nós nos desencantamos com os partidos. O que os jovens de hoje têm de diferente é o acesso virtual, que lhes permitiu a ampliação das redes sociais e a condução das suas próprias vontades, coisa que não tivemos ao nosso tempo de jovens sonhadores e crentes na luta popular. O resto, este lixo que denominamos de partido político, daqui a pouco não servirá nem mesmo para aterro sanitário…

Acho que um candidato virou mercadoria, o pragmático PSDB, por exemplo, contrata agências de  publicidades para saber se a marca tucana está bem diante da opinião pública. Sucessivamente derrotado três vezes na tentativa de voltar à Presidência da República,o PSDB entende que errou  ” na comunicação”. A  agência não trabalhou direito o produto. Ou,  como quer Fernando Henrique Cardoso, não focou adequadamente o consumidor-alvo. “O partido precisa aprender a vender o peixe’, diz o grão-tucano, sem piscar diante da palidez das  guelras.

 A transfiguração da linguagem política  em clichê empresarial tornou-se uma prática  suprapartidária aqui e alhures, em consonância com a supremacia da lógica financeira sobre todas as dimensões da vida social. A finança comanda e pauta a democracia, em vez de ser contrastada e regulada por esta. Os partidos sancionam a transfiguração suicida. Dissolve-se  o alicerce da participação social com descrédito consequente nas organizações políticas.

Apenas me resta uma pergunta: A sociedade se afastou dos partidos ou  eles se afastaram das ruas? Mas quando se fala em rua, não é com o intuito de baderna, mas sim de luta democrática, como as da “Direta Já”… Ali foi o último movimento realmente suprapartidário em prol de uma causa justa e democrática acontecida nesse país!!! Quem teve a oportunidade de vivenciar aquele movimento sabe o que é de fato o verdadeiro sentido ideológico contra qualquer tipo de arbitrariedade imposta… Jürgen Habermas

 

Publicado em Governo | Deixar um comentário

Hei Flávio Dino, a idade pesa…

flavio-dino-e1385475191983Vale ressaltar que errar é humano. Quem nunca ouviu esse ditado popular? Mas, se você for orientado, há uma grande chance de evitar o erro. Principalmente quando o que está em jogo é a escolha correta a ser seguida.

Flávio Dino parece que na sua juventude tinha o tino para a política, porém se espelhou no irmão, o juiz Nicolau Dino, que tem o tino e dom para a magistratura, assim como o Sávio Dino.

Por questões meramente psicológicas, coisa totalmente particular ao ex-juiz, ele demorou muito a tomar a decisão de retomar sua vocação, esquecendo, com isso, que o tempo é a razão e que ele não retroage como gostaríamos… Isso causa angustia, desespero, querer que as coisas aconteçam…

Aristóteles já dizia: A virtude relaciona-se com paixões e ações, mas, um sentimento ou uma ação pode ser voluntária ou involuntária. Às paixões ou ações voluntárias dispensa-se louvor e censura, enquanto as involuntárias merecem perdão e, às vezes, piedade; por isso, é necessário distinguir entre o voluntário e involuntário. São involuntárias aquelas ações que ocorrem sob compulsão e ignorância, é compulsório ou forçado aquilo em que o princípio motor está fora de nós e para tal em nada contribui a pessoa que age ou sente a paixão. Há atos praticados para evitar males maiores.

Flávio Dino sabe que sua idade não ajuda e que não há mais tempo para esperar… Entrou em parafuso… A política é algo mutante, que pode mudar em meia hora… Partiu prematuramente para duas disputas majoritárias e em ambas foi derrotado… Hoje está sem mandato… Deixou a magistratura em 2005 e teve apenas um mandato de deputado federal, isso a custa da benevolência de José Reinaldo, Humberto Coutinho e, principalmente, de Tema, prefeito de Tuntum, município que Flávio não pisara os pés durante a campanha em 2006 uma única vez.

O seu desespero de ter visto sua escolha errada quando jovem, suas decisões políticas mal traçadas, sua idade avançando, um político de um mandato só – que para muitos é duvidoso -, tendo como orientador político José Reinaldo, só resta a Flávio Dino vencer essa eleição de 2014, por isso vale tudo até mesmo as alianças mais absurdas possíveis.

As redes sociais?

Porém ultimamente a sede pelo poder saiu da roda meritocrata e se espala cada vez mais pelos perfis “menores”, capazes de se humilhar por um follow, pra fazer uma “ponta” em algum podcast ou ganhar um RT de alguém. Como se já não bastasse os inúmeros links de favstar brotando na timeline todos os dias como se a cada RT+100 houvesse um prêmio especial. O próprio favstar é mais uma maneira de quantificar a popularidade, sendo ele mais um motivo do circo que virou o twitter.

A grande realidade é que o twitter virou um lugar chato, onde a zuera é “profissional” e o “reconhecimento” é mais importante que a diversão. Onde antigamente a galera só queria curtir, hoje virou um espaço pra propaganda pessoal e inchaço de egos. E é disso que o sistema meritocrata se alimenta: da própria merda (nadando numa piscina cheia de lama).

Publicado em Governo | Deixar um comentário

Há mais de 40 anos reclamando… Nunca apresentaram uma solução???

escóriaDesde que vi morar no Maranhão sempre escutei que a oligarquia Sarney domina o Maranhão há 40 anos. Sabe que esse papo às vezes perturba o juízo de qualquer um, principalmente por sabermos que sempre teve o lado opositor a essa oligarquia.

Houve-se falar de IDH, analfabetismo, estado mais pobre e tudo que não presta, nos discursos desses opositores, que já exerceram diversos cargos eletivos no executivo estadual e municipal, no legislativo municipal, estadual e no Congresso Nacional.

Vamos citar alguns casos para que não fique no blábláblá. São Luís é governada pela oposição há mais de 25 anos, por que não apresenta índices de melhoras e modelos de gestões inovadores que servisse de exemplo para a oligarquia? Vamos mais adiante. Caixas, Imperatriz, Matões etc. são governadas por opositores, cadê o modelo de gestão de diferencial que possa servir de modelo para o Estado?

Tai… Um excelente desafio aos “sabidos” da oposição maranhense. Sabe-se que vão realizar um encontro em Pedreiras, onde estarão todas as grandes lideranças da dita oposição, para discutir sobre candidaturas, principalmente a de São Luís… Deixo um desafio aos papas: Dêem a solução de imediato para a educação infantil que é de responsabilidade dos municípios e que é base para o seguimento do aluno até a universidade, principalmente no que tange a alfabetização… Vamos lá!!! Dêem a solução!!! Não adianta reclamar!!! Queremos a solução!!!

Na verdade, Vossas Excelências não têm conhecimento de causa para debater sobre um assunto como esse, apenas se restringiram suas vidas a reclamar, sem que dêem qualquer tipo de solução, isso há 40 anos na oposição!!!

É preciso saber se educar e, assim, compreender de onde tudo vêm mais óbvias se tornarão as coisas e aí você começará a ver as ilusões por todos os lados. A verdade é uma só, mas é como um diamante tem inúmeras facetas. Cada ser humano enxerga a faceta que for capaz de compreender. O problema é achar que uma só faceta seria a verdade em sua completude e simples complexidade.

É preciso, e precioso, que cada vez mais, todo tipo de conhecimento, tanto os que nos agradam como os que não agradam estejam disponíveis. Isso, para oportunizar o livre arbítrio à experiência da vida, para que as pessoas tenham a liberdade de escolha à luz da verdade.

Vale questionar: Caramba!!! Os caras estão aí há mais de 40 anos… Nós só ficamos reclamando há mais de 40 anos e não demos uma solução e olha que governamos a capital e as mais importantes cidades do Estado e não apresentamos nada modelar???

Publicado em Governo | 6 comentários

IX Ciclo de Atividades Acadêmicas da Universidade Ceuma

Com o tema “O poder das urnas x o poder das ruas”, acontece na próxima terça-feira (22), das 17h às 19h, no IX Ciclo de Atividades Acadêmicas da Universidade Ceuma, no Campus I, no bairro do Renascença, uma mesa de diálogo com o advogado e professor universitário Edson Travassos Vidigal e com o também advogado e professor Carlos Eduardo Lula.

Ambos são doutrinadores com obras publicadas na área do Direito Público. Edson Travassos Vidigal que atualmente é advogado membro da Comissão de Assuntos Legislativos da OAB – DF, trabalhou no Tribunal Superior Eleitoral por 19 anos. Graduado em Direito e em Filosofia, é especialista em Direito Eleitoral e em Filosofia Política, mestrando em Estudos Clássicos e em Direito e Políticas Públicas, e é autor de diversos livros, dentre os quais a obra “Fundamentos do Direito Eleitoral Brasileiro”, lançada recentemente em São Luís. 

Já Carlos Eduardo Lula é Consultor-geral da Assembleia Legislativa do Maranhão, presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB-MA, especialista em Direito Processual Civil e em Direito Constitucional, e autor das obras “Direito Eleitoral: comentários as Leis no. 9.096/95, 9.504/97 e a Lei Complementar nº 64/90” e “Direito Eleitoral para Concurso de Procurador da República”.

Segundo Edson Travassos Vidigal, o tema é importante porque coloca em discussão a legitimidade das manifestações sociais que têm ocorrido nas ruas de todo o país desde junho do ano passado.

O professor lembrou que o atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio, posicionou-se, recentemente, contrário às manifestações populares nas ruas, afirmando que a população deve exercer a sua cidadania apenas nas urnas. 

 “Discordo veementemente da posição do Min. Marco Aurélio. Procuraremos expor argumentos que comprovam a legitimidade, legalidade e a necessidade de a população exercer seus direitos políticos diariamente, fiscalizando e cobrando da administração pública e dos representantes eleitos suas obrigações, como forma de manutenção e aprimoramento constante de nosso Estado Democrático de Direito”, explicou Vidigal. 

A palestra é aberta ao público. 

Maiores informações: Departamento  de Direito da Universidade Ceuma – 3214 – 4274.  

Publicado em Governo | Deixar um comentário

Vale refletir a política atual?

darcyribeiroA política empobreceu? Não estou me referido a recurso, mas sim em intelectualidade e ideários… Em minha humilde opinião, ela perdeu o prumo, o caminho da sensatez, o discurso, o gosto do debate franco dentro do campo das idéias… Os “políticos” atuais não sabem diferenciar publico do privado e até de economia mista; desconhecem administração pública, não sabem a história de suas legendas, não defendem os interesses da coletividade, mas sim os seus e de seu grupo, isso para alcançar o poder.

Valia à pena ir aos debates no campo da educação… Quando Oscar Niemeyer e o inesquecível e saudoso professor Darcy Ribeiro, criaram o Centro Integrado de Educação Pública – CIEP –, escola revolucionária que tirava a criança da rua, do caminho do crime e da marginalização e formava cidadãos conscientes dos seus direitos. O CIEP era uma escola de turno integral. Foram construídos 500 no Rio de Janeiro.

Lastimavelmente, esses projetos não tiveram a devida continuidade. Eram sementes da construção de uma sociedade com igualdade de oportunidades para todos, de uma sociedade verdadeiramente democrática, porque, nessas escolas, aos filhos dos pobres e dos trabalhadores seriam dadas as mesmas condições de formação, de instrução e de educação dadas aos filhos dos ricos e da classe média.

Fico pensando, quanta falta na política atual à presença de lideres e de homens com dignidade, para reconhecer os feitos daqueles que fizeram tanto por esse país.

Certa vez, no Senado, o fundador da Universidade de Brasília (UnB) e criador do CIEP, senador Darcy Ribeiro, num debate sobre ex-presidentes disse a seguinte frase sobre Getúlio Vargas: “Quando você pensa que coisas elementares para qualquer País como os ministérios da Educação, da Saúde e do Trabalho não existiam no Brasil antes de 1930; quando você pensa que não havia jornada de oito horas de trabalho, não havia direito a férias, a sindicato, à greve, e constata que quem introduziu isso tudo foi Getúlio, mesmo reconhecendo seus defeitos não se pode esquecer sua importância histórica”.

Eu só posso agradecer ao mestre, pois foi através de suas palavras que busquei o prazer a pesquisa e a valorizar o homem não por sua posição política, mas por suas realizações.

Muitos desconhecem que foi um presidente militar, marechal Castelo Branco, que criou o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço… Um presidente do regime ditatorial. Muitos outros esquecem que foi o ex-presidente José Sarney que criou o salário desemprego e o Vale Transporte.

Consciências como a de Darcy Ribeiro não são para todos os seres humanos… São para os iluminados, que sabem reconhecer a luminosidade de seu semelhante…

Atualmente não se ver debate algum, apenas conversas idiotas para tentar ludibriar o povo e, assim, chegar ao poder!!!!

Publicado em Governo | 2 comentários

Novo e Mudança é isso!!!

Depois que deixaram a Lei do Cão como herança e uma polícia desgastada, cujos veículos eram alugados e viaturas sequer tinham combustível, a governadora Roseana teve que reaparelhar a Policia Militar, fazer concurso público e voltar a valorizar esses combatentes de modo que tenham suas promoções dentro daquilo que se espera na vida militar.

O mesmo fez na Polícia Civil, cujos delegados e agentes de polícias são valorizados e empenhados no seu trabalho.

Na Educação, pois fim a famigerada Lei do Cão e introduziu o tão sonhado Estatuto do Magistério…

Isso sem alardear que estava trazendo o novo e a mudança que tanto se esperava!!!

Não se fala, mas se mostra agindo, ainda mais quando se tem a oportunidade, como a de gerir a coisa pública em diversos municípios e não consegue colocar em prática o que tanto alardeia…

ricardo

 

10169401_1486677861551461_7354169533818734502_n

10151765_1486677908218123_68096213024048705_n

734553_1486677931551454_3581237779603298646_n

1903004_1486677951551452_5204905628996338319_n

 

Publicado em Governo | Deixar um comentário

Mostrando o seu verdadeiro lado, nada melhor para o Flávio Dino ler esse texto abaixo:

Eu escrevi esse texto em 2012 e como ele é atual…

Partidos Políticos ou um aglomerados de fisiologistas?

tetas-do-governoComo Wladimir Pomar tinha razão!!! Seus apontamentos já levavam a esse futuro que vivemos hoje… Ele já previa isso no final dos anos 90. Só os inocentes não observaram que essa mudança era eminente.

Muitos incautos e falsos moralistas passaram a chamar o PMDB de partido fisiologista, como se eles fossem diferentes alguma coisa.

Os falsos moralistas do PMDB chagaram a criar o PSDB, como se ali estavam separando o joio do trigo. Rsrsrsrsrsrsrs. Quanta falácia e pouca vergonha!!! Os tucanos Venderam tudo desse país para o capital estrangeiro a preço de banana, como a salvação do país… O resultado está aí com a telefonia móvel. Nada como um dia atrás do outro e uma noite no meio para atrapalhar!!!  

Nesse intervalo, surgiram as legendas fisiologistas de aluguel. Aquelas que se vendem de acordo com as conveniências e assumem cargos de alto escalão… O mais honesto de todos esses foi o do Enéias, que ao menos cobrava um preço elevado para tê-lo e não escondia isso de ninguém.

Os partidos seguidores do fisiologismo petista se tornaram pior que ele, tais como: o PSB, o PCdoB, o PDT, o PPS e o PCB, para isso basta lembrar os últimos atos de corrupções desses partidos, principalmente do PCdoB do Ministério do Esporte, do PSB no Ministério da Integração e do PDT no Ministério do Trabalho.

Esses partidos são capazes de todo tipos de negociata para alcançar o poder e suas alianças são até imorais.

Diante do fisiologismo do PT e desses outros partidos ditos de “esquerda”, surgiram outras legendas, como o PSTU, o PSOL, PCO… O lema “Luta muda vida”… Parece que não durou nada, nadica de nada…

O PSOL foi o primeiro a se render ao fisiologismo e se aliou rapidamente a essas outras legendas fisiologistas. O PCO ficou pelo caminho… Agora o PSTU se rendeu ao fisiologismo do PCdoB, coisa que muitos que acreditavam na luta árdua contra essa luta apenas pelo poder e o capital, estão desestimulados e saindo da legenda…

O neoliberalismo se apoderou completamente da economia, do social e da política… Alguém tem dúvida?

Publicado em Governo | 3 comentários

Governadora Roseana assina MP que garante benefícios à PMMA

Foto 1 - PAC 2 Mobilidade Urbana - Governadora Roseana Sarney foto Antonio MartinsA governadora Roseana Sarney assinou, nesta quarta-feira (16), a Medida Provisória nº 173/2014, que garante benefícios aos integrantes da Polícia Militar do Maranhão (PMMA). Entre as determinações, o documento acelera as promoções, cria novos cargos de coronel e diminui o tempo de interstício (prazo para ascensão de posto).

“Essa é mais uma medida de valorização da tropa, já beneficiada recentemente com o reajuste das gratificações pelo exercício de função e pela garantia de poder levar para a reserva a remuneração da última patente, mesmo que não tenha ficado cinco anos no último posto. Também foram garantidas melhorias nas condições de trabalho, com a nomeação dos 1.800 policiais que foram aprovados em concurso e estão reforçando o efetivo da corporação”, ressaltou a governadora Roseana.

A MP nº 173/2014 altera dispositivos da Lei nº 3.743, de 2 de dezembro de 1978, e da Lei nº 6.513, de 30 de novembro de 1995, mais conhecida como Estatuto dos PMs e BMs do Maranhão. Uma das alterações se dá quanto ao artigo nº 120 do Estatuto e se refere à transferência compulsória do policial para a reserva remunerada, já que o tempo máximo do policial militar na ativa passa a ser de 35 anos, mantidos todos os direitos até hoje conquistados.

A transferência também se dará quando este completar 5 anos no último posto do quadro, desde que tenha mais de 30 anos de contribuição (se for homem) e 25 anos (se for mulher). Não são alcançados pela decisão os oficiais que estejam nas funções de comandante geral da PMMA ou de chefe do Gabinete Militar do Governo.

O secretário de Segurança Pública, Ricardo Murad, ressaltou a criação de 4 postos de coronel. “O objetivo é intensificar e melhorar o desempenho da Polícia Militar nesse momento de violência que atravessam o Brasil e o mundo, além de garantir mais agilidade na carreira”, afirmou.

De acordo com a Medida Provisória, o tempo de permanência no posto de coronel também passa dos atuais 8 anos para apenas 5 anos. “Essas providências, acrescidas àquela tomada pela governadora Roseana que garante a passagem para a reserva do policial militar sem a exigência mínima de 5 anos no posto, muda por completo a estrutura atual, permitindo crescente e justa renovação dos quadros da corporação”, complementou Ricardo Murad.

A Medida Provisória também aborda os postos a serem assumidos pelos novos coronéis, à frente de três comandos e de uma diretoria recém-criados. As novas unidades são o Comando de Policiamento da Área Metropolitana 2 (CPAM 2), com ações abrangendo os municípios de São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar; o Comando de Policiamento da Área Metropolitana 3 (CPAM 3), englobando os bairros da Área Itaqui-Bacanga e do Distrito Industrial de São Luís; o Comando de Segurança Comunitária, responsável pelo planejamento e coordenação dos órgãos e USCs na capital e no interior; e a Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos, que trabalhará a análise de dados e informações de todo o setor.

Subordinados ao Comando Geral da PMMA, se somarão o já existente Comando de Policiamento da Área Metropolitana 1 (CPAM 1), que continuará a atuar com ações na área de São Luís – excetuando o Itaqui-Bacanga e o Distrito Industrial. As demais circunscrições dos comandos existentes continuam a vigorar.ricardo murad

Publicado em Governo | 1 comentário

O jogo pelo poder e sujo!!!

aecio1Não é de se estranhar que a trapaça caminhe junto com qualquer modalidade de disputa e não seria diferente com o mais cruel dos jogos: “O jogo pelo PODER”.

A disputa pelo poder se transformou com o passar dos anos numa espécie de uma luta sem escrúpulo algum, cujo objetivo é se utilizar as mais diversas trapaças contra o seu oponente, que muito das vezes são seus próprios aliados.

O interessante é que a massa não consegue mensurar e, por isso, se deixa levar pelas trapaçarias políticas, que só tem em mente alcançar o poder, isso sem pensar na coletividade.

É impossível que pedetistas e tucanos esquecessem rapadamente dos ocorridos nas eleições de 2010 e 2012. Será que esquecessem por serem iguais?

Nas eleições de 2010, foi visto o maior massacre contra o então candidato do PDT, Jackson Lago, isso desferido pela dupla: Flávio Dino e José Reinaldo, que conseguiu condicionar que o ex-governador seria cassado caso fosse para o segundo turno. A dupla conseguiu seu intento, porém não pensou que os votos que estavam migrando para Flávio Dino eram os do Dr. Jackson Lago e não os de Roseana… Resultado? Vitória de Roseana no primeiro turno.

Nas eleições de 2012, foi a vez do massacre ao então prefeito tucano João Castelo, chegando a chamá-lo de ultrapassado.

Após ser derrotado em 2010 por Roseana, Flávio Dino foi chorar sua derrota no colo da Dilma, que lhe presenteou com a presidência da EMBRATUR, cuja gestão foi um desastre.

Agora, Flávio Dino se une aos adversários da presidenta Dilma que lhe estendeu a mão.

O pior de tudo é que Flávio Dino trai o PDT, um partido aliado da presidenta Dilma em prol do PSDB, e está prestes a trair o PSB de Eduardo Campos, que já havia lançado o senador de sua chapa, o Roberto Rocha.

Qual é o motivo?

Eduardo Campos não consegue ultrapassar Aécio Neves!!!

De repente o camarada deixa de ser comunista para se tornar neoliberal!!!!

Publicado em Governo | 3 comentários

Mas desde quando Flávio Dino foi comunista? Sua ideologia é o poder!!!

dinomarcio1Por isso fiz questão de escrever o artigo “Comunismo de araque!!!”, mas vamos ao que interessa…

É certo afirmar que a palavra ideologia se apresenta como a ciência que trata da formação de idéias. Já o termo partido, equivale à associação de pessoas que seguem a mesma doutrina política. Mas, a expressão “ideologia partidária”, pelo que se observa na prática, torna-se distante do pensamento utópico de um grupo político movido pelo mesmo ideal.

Diante das alianças em prol da governabilidade e da conquista eleitoral, os políticos chegam a descambar em combinações de linhas de pensamento totalmente antagônicas. Fica a dúvida: o que vale mais? O Poder ou a proposta?

Hoje, alguns ainda querem se intitular dialéticos, comunistas, que têm ideais firmados na ética e na moralidade. O PCdoB, por exemplo, defende essas questões da boca para fora. Com os últimos episódios da legenda, frente ao Ministério dos Esportes e da própria Embratur, mostrou o contrário, cuja corrupção com o dinheiro do contribuinte leva a crer que tudo não passa de uma hipocrisia.

Pelo senso comum, os partidos de esquerda tenderiam a ajudar os pobres e buscar um Estado maior e mais forte, enquanto que os partidos de direita tenderiam a querer um Estado menor, mais enxuto, interferindo o mínimo possível na economia e favorecendo o controle da inflação. Você acredita nisso?

Como diversos estudantes universitários ainda acreditam na utopia repassada pelos falsos comunistas de uma revolução que jamais acontecerá, usando a dialética de forma equivocada. Não poderia deixar de alertar que, na dialética, as coisas ao mesmo tempo em que são, comportam o seu não ser, sua condição de não existência. Assim, para se descobrir o que algo é, precisa-se também saber o que ele já foi e não é mais. O método dialético leva em consideração a história (dos objetos em geral, dos fatos), busca a origem destes e as relações entre eles. Socialmente falando, no método dialético, o sujeito é condicionado à realidade histórica e materialmente construída.

Diante disso, a dialética é uma corrente cientifica importantíssima para a evolução das ciências, principalmente nos seus princípios básicos: a busca da historicidade e negação da negação ou “tudo se transforma”.

O “comunismo” de Flávio Dino está tão longe de pregar isso!!!

Publicado em Governo | 1 comentário

Rede municipal de ensino debate violência contra mulher

Estudantes do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), professores e funcionários da Unidade de Ensino Básico (U.E.B.) Professor Rubem Almeida, no Coroadinho, receberam na manhã desta quarta-feira (16) orientações sobre medidas de prevenção e combate à violência contra mulher. O titular da Vara Especial de Combate à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de São Luís, juiz Nelson de Moraes Rêgo, visitou a escola para ministrar uma palestra sobre o tema.

Ele destacou que, além da agressão física, existem outras formas de violência, como a moral, psicológica, patrimonial e sexual, para as quais a sociedade precisa estar atenta e, assim, possa auxiliar no combate a esse crime. O juiz lembrou que o Maranhão é o 13º estado brasileiro em denúncias de violência contra vítimas do gênero feminino.

Segundo a gestora da U.E.B. Rubem Almeida, Ana Maria Frazão, está sendo articulada mais uma palestra do jurista, desta vez em um turno diferente, para dar oportunidade a outros estudantes debaterem o tema. “Nossa intenção é falar sobre a prevenção a esse crime, bem como as providências cabíveis e os órgãos competentes envolvidos. A mulher, como vítima, não pode ficar calada. Todas as pessoas do ambiente familiar devem estar cientes de como prevenir e denunciar situações desta natureza”, observou a gestora.

A realização de campanhas continuadas de prevenção e a garantia de atendimento humanizado estão entre as determinações do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Dentro da estrutura da administração municipal, a Coordenadoria da Mulher é o órgão especializado para o desenvolvimento de políticas públicas para vítimas de violência do gênero feminino.

Publicado em Governo | Deixar um comentário

Seduc capacita equipe do Colégio Maranhense Marcelino Champagnat

GetAttachmentA Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio da Secretaria Adjunta de Ensino (SAE) e em parceria com o Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (Gespública), promoveu, na quarta-feira (16), encontro de integração e capacitação da equipe técnica do Centro Experimental de Ensino Médio Colégio Maranhense Marcelino Champagnat, primeira escola de tempo integral do estado.

O evento teve como objetivo integrar os professores, supervisores e demais profissionais da equipe escolar às metodologias da escola de tempo integral, realizando uma avaliação de expectativas dos profissionais a respeito do trabalho, além de uma dinâmica de grupo voltada às melhores práticas em planejamento e gestão pública.

Segundo a secretária adjunta de Ensino, Leuzinete Pereira, o encontro é uma oportunidade de troca de experiências e definições de metas à construção do novo modelo de escola a ser aplicado no Colégio Marcelino Champagnat. “É importante discutirmos e socializarmos as experiências de cada profissional e suas expectativas, visto que o projeto trata de um modelo inovador de escola, que servirá de referência às demais escolas do estado”, afirmou.

Para a professora Andrea Maciel, que atuará como coordenadora pedagógica na nova escola, o desafio de construir um novo modelo de escola motiva os profissionais envolvidos no projeto. “Fiquei tão encantada com o projeto pedagógico proposto que decidi participar, trocando minha lotação de Itapecuru para São Luís em busca do sonho de construir uma escola de referência à toda educação no estado”.

Ensino Integral

O Centro Experimental de Ensino Médio Colégio Maranhense Marcelino Champagnat será a primeira escola pública de tempo integral para alunos de ensino médio do Maranhão. Com previsão de inicio das aulas em maio, o centro pretende se tornar uma referência de ensino no estado oferecendo meios para que o aluno vivencie na prática o que é aprendido por meio das aulas.

Para obter essa prática, a escola contará com oito laboratórios, que servirão de apoio às aulas teóricas: física, química, biologia, matemática, idiomas (inglês, espanhol e francês), robótica, informática e um horto escolar.

As aulas do Centro Experimental de Ensino Médio Colégio Maranhense Marcelino Champagnat foram planejadas buscando uma integralidade no currículo.  O aluno passará oito horas por dia na escola, das 7h30 às 17h30.

Durante o período na escola, os estudantes receberão um café da manhã, lanche, almoço e lanche da tarde. Serão quatro refeições diárias para garantir que os alunos tenham condições de enfrentar a carga horária, já que muitos estudantes não têm condições de arcar com alimentação fora de casa.

Assim como o Marcelino Champagnat, já estão previstos para serem implantados no decorrer deste ano 13 centros de ensino integral, que funcionarão, além de São Luís, em unidades regionais em todo o estado.

Publicado em Governo | Deixar um comentário

Holandinha também será atingido com descarte do PDT por Flávio Dino…

Do blog do Marco D’Eça

Agradecido pelo apoio do PDT, ainda em 2011 – quando o próprio comunista ainda apostava na candidatura de Tadeu Palácio (PP) – o prefeito avalizou a presença do partido na chapa de 2014, num acordo firmado também com o socialista Roberto Rocha (PSB). E que, agora, Flávio Dino se recusa a cumprir

Weverton, Roberto e Holandinha: eles confirmam o acordo…

Weverton, Roberto e Holandinha: eles confirmam o acordo…

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), foi o principal avalista da garantia de que o PDT iria indicar o companheiro de chapa do chefão comunista Flávio Dino nas eleições deste ano.

Holandinha bancou o apoio ao PDT e foi o primeiro a revelá-lo publicamente, durante a entrevista dos seus 100 dias de governo, em 2013.

brandaoO apoio foi uma retribuição do prefeito à postura dos pedetistas, que desde 2011 já defendiam uma coligação com Edivaldo Júnior, quando nem o próprio Flávio Dino acreditava em sua viabilidade.

Na época, em 2011,  o chefão comunista apostava na candidatura do ex-prefeito Tadeu Palácio (PP). E até menosprezava as pesquisas que apontavam Holandinha com possibilidades reais de crescimento durante a campanha.

A aposta do PDT no atual prefeito começou a partir de junho daquele ano. A ideia inicial era levar Edivaldo para o PDT.

O projeto foi abortado diante  da resistência dos pedetistas que ainda sonhavam com a aliança em torno do então prefeito João Castelo (PSDB). Mesmo assim, a parte do PDT que acreditava na vitória de Holandinha bancou sua indicação.

Flávio Dino e o PCdoB só foram ter maior confiança no candidato do PTC a partir de janeiro de 2012, a seis meses das convenções.

Foi então que se definiu a candidatura de Holandinha em 2012, com Rocha de vice e a garantia de que seria ele o candidato a senador em 2014.

Para o PDT, que não pôde ter o candidato a prefeito e nem pôde indicar o vice,  ficou a garantia de que comporia a chapa de Flávio Dino em 2014.

Acordo que, agora, o comunista mostra resistência em cumprir.

Mesmo com a chancela do seu aliado na Prefeitura de São Luís…

Publicado em Governo | 4 comentários

O “comunista” Dedé Macedo indo a inauguração de sua Boate na Ponta D’ Areia…

Como esses comunistas vivem nababescamente a custa do famigerado neoliberal!!! Depois o Flávio Dino, que deve ter ido a essa inauguração com seu mentor intelectual, José Reinaldo – que adora dançar o rebolation -, vem dizer que precisa da força dos neoliberais para chegar ao poder!!! Mas pra quê? Se no grupo tem o comunista milionário Dedé Macedo??? É cada uma!!!!

dede

Publicado em Governo | 2 comentários

O PDT envergonhará Brizola?

280610_Brizola007Quem viveu os anos 70 sabe que o nascimento do PDT foi travado numa luta de grandes intelectuais. Homens de reconhecimento internacional pela igualdade.

Em 1979, Num encontro, em que estava presente Mário Soares, representando a Internacional Socialista, saiu a Carta de Lisboa, que definiu as bases do PDT.

O PDT de Brizola, Darcy Ribeiro e tantos outros lideres jamais aceitaria ser diminuído, ainda mais observando o quadro que vemos atualmente.

Na primeira eleição presidencial estava lá o Brizola disputando, isso tendo outros lideres da oposição, como o Lula, Roberto Freire…

É triste ver o PDT atual servindo de reboque, quando tem em seus quadros opções melhores que as apresentadas.

O que leva o PDT a covardia?

Publicado em Governo | 1 comentário