Concurso da PM: deputado Wellington denuncia no Ministério Público autorização pelo Governo do Estado para realização de provas em Teresina/PI

Postado por Caio Hostilio em 15/dez/2017 - Sem Comentários

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) denunciou mais uma irregularidade por parte do Governador Flávio Dino (PC do B) quanto ao concurso da Polícia Militar do Maranhão. Dessa vez, foram encaminhadas ao gabinete do deputado Wellington denúncias em que candidatos mostram que a cidade de Teresina, localizada no Piauí, será um dos pontos de aplicação da prova.

Ocorre que, de acordo com o item 1.3 do Edital N.2, de 26 de outubro de 2017, as provas deveriam ser realizadas tão somente em Caxias, Imperatriz e São Luís, não existindo para realização de provas em outro município e, tampouco, em outro estado.

“Incialmente, solicitamos a descentralização da realização das etapas da prova, o que foi acatado, já que agora há dois outros municípios, sendo eles Caxias e Imperatriz. No entanto, quanto mais municípios maranhenses fossem polos de aplicação das provas, melhor seria para os nossos maranhenses. Agora, recebemos a denúncia de que há local de prova em Teresina, em um outro estado. Fica o questionamento: qual Edital estão seguindo? Porque o edital N. 2, de outubro, prevê apenas tem três municípios maranhenses como polos. O governador Flávio Dino não cumpre o Edital da PM e realizará provas em Teresina para beneficiar sabe-se lá quem. Por que não beneficiar os nossos maranhenses? Isso tem que ser apurado urgentemente e é por isso que aguardo que o Ministério Público adote as devidas providências. Afinal, se for pra não cumprir Edital, que nem se publique!”, disse Wellington.

A denúncia foi encaminhada a OAB, Procuradoria Geral de Justiça do Maranhão e ao Ministério Público, por meio do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Patrimônio Público e Fiscal da Probidade Administrativa do Maranhão, a fim de que adotem as devidas providências.

Entenda o caso:

O concurso da Polícia Militar do Maranhão já foi modificado várias vezes. Inicialmente, a prova seria realizada no dia 28 de janeiro de 2018 e anteciparam o concurso em 45 dias, remarcando a prova para 17 de dezembro. No Edital original constava somente São Luís como local para aplicação das provas e por solicitação do Deputado Wellington foram acrescentadas mais duas cidades, mediante retificação do edital. No item 1.3 do Edital nº 2 – PM/MA, de 26 de Outubro de 2017 definiu que as provas objetivas serão realizadas em Caxias/MA, Imperatriz/MA e São Luís/MA. Contudo, de maneira ilegal e prejudicando milhares de maranhenses, o governador Flávio Dino autorizou a realização das provas na cidade de Teresina, no estado do Piauí.

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog