Cajueiro: Reintegração de posse com demolição é covardia do poder do capital…

Publicado em   12/ago/2019
por  Caio Hostilio

Pelo que se ver é uma ação do capital contra o proletariado, num estado que é governado por sistema comunista, ou seja, que tem como postura dialética preservar as condições de bem-estar dos excluídos, ou melhor, do “proletário.

Contudo, o comunismo na literatura é uma maravilha, onde todos têm as mesmas condições de vida, enquanto que na prática é outra coisa, pois a força do capital é quem dita as regras aos mais fracos… Eis os porquês de vermos um “comunismo de araque”, porém isso é outra história.

Como os chineses (comunistas de araque) são os detentores do capital e os moradores de décadas do Cajueiro são os excluídos, não poderia ser diferente uma reintegração de posse com uma onda de demolições de casas que demoraram anos para serem construídas.

Como que se ver são destruições das vidas desses excluídos, que viram suas vidas de ponta a cabeça.

Portanto, o capital, seja ele advindo do positivismo (capitalismo) ou da dialética (seguimentos socialistas e comunistas), é o pecado do homem, que considera os desprovido de recursos como excluídos no mundo neoliberal.

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Busca no Blog