Por que a educação não tem qualidade se os 218 gestores maranhenses recebem os recursos?

Publicado em   04/fev/2013
por  Caio Hostilio

Assim como sempre falaram em procissão de Ambulância vinda do interior para São Luís e que isso foi que sempre destroçou o serviço a ser prestado em saúde pública aos ludovicenses – coisa praticadas pelos politiqueiros canalhas que sempre receberam R$ 110 milhões do SUS para oferecer os serviços de urgência e emergência exclusivamente aos pacientes vindos do interior -, vemos esses mesmo politiqueiros canalhas jogar a culpa pelos péssimos índices educacionais apenas em um só gestor público, como se ele administrasse os recursos repassados da educação para os outros 217 gestores públicos desse estado e que fosse o responsável pela educação infantil e pela educação fundamental.

Os politiqueiros safados sabem que a maioria da população desconhece com funciona o Fundeb e as suas prerrogativas junto aos Estados e Municípios.

Tenho certeza que quase ninguém da população sabe que apenas nove Estados: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí, são os que recebem a complementação, de acordo com a Portaria Interministerial 1.496, publicada em dezembro de 2012, de que o governo federal destinará a estes estados e seus municípios, no ano de 2013, um total de R$ 10,7 bilhões. A CNM adverte que 10% desse valor da complementação são para o pagamento do piso do magistério.

Como determina a Lei 11.494/2007, conhecida como a Lei do Fundeb, no mínimo 85% da complementação devem ser repassados até 31 de dezembro de cada ano, com valores estimados para cada Estado. Os 15% restantes para integralização da complementação dos recursos federais serão repassados, portanto, em janeiro de 2014.

Para que você, maranhense, acompanhe e não se iluda com os discursos mentirosos, acompanhe os valores abaixo repassados para cada município do Maranhão, em janeiro ou clique AQUI.

Não deixem que sumam com os recursos da educação e depois os politiqueiros passem a culpar pela educação um só gestor.  

MEC divulga lista de Recursos de Complementares para o FUNDEB:

valor fundeb

valor fund 1

valor fundeb 2

valor fundeb 3

  Publicado em: Governo

5 Responses to Por que a educação não tem qualidade se os 218 gestores maranhenses recebem os recursos?

  1. Pingback: Por que a educacao nao tem qualidade se os 218 gestores maranhenses recebem os recursos? | Governo & Política – DEAQWEB

  2. Evan de Andrade disse:

    Nossa Senhora de Nazaré! Administração João Castelo destruiu mais outra escola…

    “São Luís […] resistiu aos ataques predadores deste governo que acaba de findar. […] É meu dever informar a situação precária na qual São Luís se encontra. A cidade está em estado de abandono.” Edivaldo Holanda Junior discurso de posse.
    Continua em:

    http://evandeandrade7.blogspot.com.br/2013/02/nossa-senhora-de-nazare-administracao.html

  3. Pingback: Caio Hostilio | Metendo o bedelhoOs politiqueiros do Maranhão são engraçados!!! Quando o assunto é recursos para os 217 gestores públicos maranhenses se calam… |

  4. Pingback: Enfim, um politico fala sobre os bilhoes vindos para municipios!!! | Governo & Política

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog