Isso é grave e os professores não podem aceitar, caso o Sinproesemma tenha praticado tal denúncia!!!

Publicado em   04/fev/2013
por  Caio Hostilio

untitledRecebi a denúncia abaixo pelo email wiliandickson (wiliandickson@bol.com.br) e mediante as informações contidas é preciso que as mesmas sejam apuradas. Os professores não podem ser lesados, ainda mais pelo sindicado que representa a categoria. Fica aqui o espaço para que a Direção do Sinproesemma queira se manifestar.

Vamos a denúncia:

SINPROESEMMA FAVORECE ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA E AGE CONTRA PROFESSORES

O Sinproesemma, sindicato que era pra defender incondicionalmente os direitos dos Professores, parece que anda dando “tiro nos pés dos professores”.

Quando se trata em dinheiro, alguns diretores ficam cegos, e aí, não há estatuto ou ética.. Tudo, porque o sindicato ganhou duas ações milionárias, e essa é uma grande oportunidade para: mostrar que o sindicato defende exclusivamente o interesse dos professores, ou… a atual diretoria está preocupada mesmo é com dinheiro, e esta é a chance de lograr alguns cifrões em suas contas.

Resolvi dar uma passeada no site do próprio sindicato (www.sinproesemma.org.br ), e logo na entrada, vejo o seguinte link, Vantagens de filiar-se, cliquei e imediatamente vi o que eu queria: …O Sindicato oferece assistência jurídica gratuita aos seus filiados, com informações e orientação, além da proposição de ações judiciais….

Acontece que, com o interesse de quem, ou com a conivência de alguém, milhares de professores estão sendo lesados.

O secretário de comunicação do SINPROESEMMA, “professor” Júlio Guterres, que segundo alguns, nem mesmo é professor, é compadre do advogado Luís Henrique Falcão Teixeira, o mesmo que comanda a assessoria jurídica do sindicato há muitos anos. Dizem também que o diretor jurídico do SINPROESEMMA, professor Francarlos Ribeiro, que também é advogado, está compactuando com tudo, pois estaria recebendo propina juntamente com o secretario de comunicação de cerca de 30% do valor das idenizações.

ENTENDA O CASO

O Sinproesemma ganhou duas ações na justiça, (Mandato de Segurança Nº 20700/2004 e Ação Judicial Nº 14440/2000). Em média, cada professor receberá entre R$ 3.000 ( três mil reais ) e R$ 150.000 ( cento e cinquenta mil reais ), lembrando que o Sindicato tem mais de vinte mil associados.

Depois de ter ganho as duas ações, o advogado contratado pelo sindicato, e o próprio Sinproesemma (através do site e panfleto), enviou carta para os professores sugerindo uma contratação individual do mesmo escritório (que já é contratado do Sindicato e recebe mensalmente para prestar assessoria jurídica ao professores ).

Consultamos alguns advogados e o entendimento é unanime, se o sindicato contratou o escritório ou o advogado para representar os professores, é provável que o mesmo já tenha pago por tal serviço, então, não há porque os professores pagarem honorários, mesmo que seja de 5%, o que, pela tabela da OAB, fere a ética. No próprio site do Sinproesemma, a informação é muito clara, como citamos acima, uma das vantagens de ser filiado seria “…a assistência jurídica gratuita…

Tal cobrança tem deixado muito professor indignado com a atual diretoria. “Pago o sindicato há décadas, e agora recebi uma cartilha em minha casa dizendo que o sindicato ganhou as

duas ações, mas para receber devo ir ao escritório de um advogado assinar um contrato com ele e pagar os seus honorários. Isso é como se eu pagasse duas vezes para a mesma coisa, afinal, pago o sindicato para, entre outras coisas, ter assistência jurídica. Acredito que o sindicato já pague esses advogados muito bem” desabafa uma das professoras que preferiu ter o nome em segredo com medo de perseguição, e completa “pago o Sindicato há exatos 23 anos, todos os meses vejo o desconto em meu contra-cheque e agora tenho uma única certeza: sustento um bando de diretor de sindicato que não está nem aí para os professores.”

“Tem alguma coisa errada. Quanto que o sindicato paga por mês para esses advogados? Agora ainda precisamos pagar de novo? Que vantagem nós professores temos então? Se está tudo certo, porque não temos acesso a prestação de contas da diretoria?” Questiona indignado um professor que também pediu para ter o nome em sigilo.

E o absurdo se completa com mais uma taxa que o Professor é obrigado a pagar, uma espécie de antecipação. No site é informado o valor de R$ 55,00, que segundo o Sinproesemma seria uma taxa para cobrir despesas com “um contador”, mas, segundo informações de dezenas de professores, ao chegar para entregar os documentos e assinar contrato, a cobrança na verdade é de R$ 110,00 pois são duas ações.

Atualmente, a rede estadual de ensino conta com mais de 40 mil professores, se cada um pagar essa taxa de R$ 110,00 o montante acumulado pela diretoria do Sinproesemma será de mais de R$ 4 milhões de reais. Isso é o valor correspondente a uma “simples taxinha para o contador”, porque o professor já paga a taxa do sindicato todos os meses, e agora, se quiser receber o que é seu por direito, vai ter que pagar “taxinha de contador”, “taxinha de advogado”, e por aí vai.

  Publicado em: Governo

24 Responses to Isso é grave e os professores não podem aceitar, caso o Sinproesemma tenha praticado tal denúncia!!!

  1. Pingback: Isso e grave e os professores nao podem aceitar, caso o Sinproesemma tenha praticado tal denuncia!!! | Governo & Política – DEAQWEB

  2. Telêmaco disse:

    5% eh só para professor sindicalizados,mais para professor que só recolhe contribuição sindical eh 10% meu caro CAIO. E a partir de amanhã o SINPROESEMMA já começa articular para um possível greve geral,para responder esse arremedo de aumento divulgado por FÁBIO GODIM.que não contempla nenhum reajuste aos professores.

  3. Williandckson Azevedo Garcia disse:

    Caro Caio Hostilio, Eu sou Williandckson Azevedo Garcia, Diretor do SINPROESEMMA. Venho esclarecer os fatos:
    1- Não mandei e-mail algum com denúncias, mesmo porque esse e-mail não é o meu;
    2- Alguém com medo de se identificar usou o meu nome;
    3- O meu -e-mail é esse que deixei, vc deveria ter me procurado na Direção do Sindicato para apurar os fatos;
    4- Concordo com o procedimento do Sindicato com relação às ações;
    5- Solicito a você que retire a publicação, uma vez que envolve meu nome e não fui eu quem a fiz;
    6- Solicito uma matéria com direito de resposta.

    • Caio Hostilio disse:

      Se você prestar a atenção na matéria, eu coloco a disposição do Sindicato o espaço para que se posicione, com isso fica aqui o espaço para qualquer manifestação do sindicato.

  4. Madryt disse:

    Itˇ¦s actually a nice and useful piece of information. I am glad that you shared this helpful info with us. Please keep us informed like this. Thanks for sharing.

  5. FRANCISCA disse:

    ESTAS PESSOAS TEM MUITO TEMPO…

  6. Socorro disse:

    Gente… Deixem a vida dos outros em paz.
    Apresente sugestões… Não conheço nenhum sindicato que conseguiu que professor ministre 13 aulas…Pensem como evoluimos e apresente contribuição companheiros.

    • Caio Hostilio disse:

      Continua aqui o espaço para que o sindicato se manifeste.

    • Luiza disse:

      Socorro.. vida dos outros…? Caríssima, mais de 40 mil professores não são os outros…. E as 13 aulas não é mérito do Sindicato… É uma lei federal.. a Lei do Piso, conhece? Aplicabilidade esta que os governos já estao concedendo tarde e sem nenhum planejamento haja vista os rombos que temos hj na rede por falta de concurso público. É alienação ou puxa-saquismo? Francamente!

  7. FRANCARLOS DINIZ RIBEIRO disse:

    DIREITO DE RESPOSTA

    Prezado jornalista Caio Hostílio,

    Me chamo Francarlos Diniz Ribeiro, sou advogado, inscrito nos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Maranhão, e professor de História da rede estadual de ensino. Li com surpresa um post publicado em seu blog intitulado: SINPROESEMMA FAVORECE ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA E AGE CONTRA PROFESSORES, no qual é alegado, de modo leviano e irresponsável, que eu, na condição de diretor e militante da advocacia estaria sendo complacente com a cobrança de 5% (cinco por cento) honorários de duas ações de cobranças ajuizadas pelo Sinproesemma durante os governos de Roseana Sarney e de José Reinaldo Tavares.

    Caro jornalista, no uso das mídias em internet, em especial blogs, é necessário compatibilizar as garantias da honra e imagem do indivíduo e a liberdade do pensamento, de modo que convivam harmonicamente, sem impedir o direito à livre informação e, por outro lado, garantir o direito do cidadão de não ter sua honra e imagem violadas, pela exposição excessiva ao público. Constitui ato ilícito capaz de ensejar o dever de indenizar a veiculação em ‘blog’ de matéria sugerindo a prática de crime e de conduta irregular, sem comprovação, sendo inegável a ofensa à honra daí resultante, o que se percebe no caso telado.

    Sem adentrar no mérito de tais cobranças, pois tais explicações são devidas pela assessoria jurídica contratada pela digna Entidade Sindical, cabe esclarecer que tal cobrança foi discutida e aprovada em reunião de diretoria. Antes de adentrar nos quadros da direção do Sinproesemma fui diretor do Centro Acadêmico de História da Universidade Estadual do Maranhão e auxiliei a coordenação do CA de Direito da Universidade Federal do Maranhão, nunca sendo imputadas a mim nem menos indícios de quaisquer atos de corrupção. Importante também frisar que não pratico atos privativos de advocacia dentro do Sinproesemma, visto que possuo um cargo de caráter administrativo, no caso o de Secretário de Assuntos Jurídicos.

    Como trabalhador, vivo dos rendimentos advindos do cargo de professor e da militância da advocacia. Se preciso for, abro meus sigilos fiscal, bancário e as minhas declarações do Imposto de Renda, para confirmar que todos os meus rendimentos advêm das aludidas práticas laborais, e que não participo de tal “esquema” denunciado em seu blog.

    Me despeço, colocando-me à disposição para responder a quaisquer dúvidas ou esclarecimentos deste blog.

    São Luís, 09 de fevereiro de 2013

    FRANCARLOS DINIZ RIBEIRO

    • Caio Hostilio disse:

      Informo que será publicado na página principal desse blog o seu direito de resposta, com total teor descrito e de acordo com os princípios democráticos.

  8. Pingback: Caio Hostilio | Metendo o bedelhoDocumentações que comprovam contrato irregular do Sinproesemma |

  9. Luiza disse:

    E qual dos dois digníssimos e ilibados diretores do sinproesemma explicará a irregularidade da cobrança indevida? Pq de tudo que aqui fora dito, este é o fato. E ele se pode comprovar.
    E vc, Caio, certamente em breve receberá um carinhoso papel convidando dar explicações à justiça… Processos dessa natureza brotam como água daquela entidade. Adoram uma ação por dano moral… Pq de Lei eles entendem!!

  10. Pingback: O Sinproesemma precisa respeitar os professores!!! Ali não é o PCdoB!!! | Caio Hostilio

  11. Pingback: O Sinproesemma precisa respeitar os professores!!! Ali nao e o PCdoB!!! | Governo & Política – DEAQWEB

  12. Professora indignada disse:

    A cobrança é fato, não mandei minha documentação porque sou filiada ao simproessema desde 1998 e não aceito pagar duas vezes. Essas pessoas que se dizem defensores do sindicato são uns sangues-sugas, na minha cidade tem um professorzinho, que de professor só tem o nome, passou oito anos sem trabalhar porque estava a “serviço” do sindicato, é amigo do Guterres e de sua corja suja. Muito indignada!

  13. Pingback: Tem PCdoB no meio, então tome muito cuidado!!! | Caio Hostilio

  14. Good day! Do you know if they make any plugins to protect against hackers?
    I’m kinda paranoid about losing everything I’ve worked hard on.
    Any tips?

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog