Depressão cresceu 40% no Brasil após pandemia e mulheres são maiores vítimas

Publicado em   19/jul/2022
por  Caio Hostilio

Em agosto de 2020, uma pesquisa do CDC americano já havia atestado que a crise do coronavírus também tinha desencadeado uma crise de saúde mental

De acordo com um relatório do Inquérito Telefônico de Fatores de Risco para Doenças Crônicas não Transmissíveis em tempos de pandemia (Covitel), os casos de depressão entre adultos cresceram mais de 40% no primeiro trimestre de 2022, cujas mulheres são as maiores vítimas.

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos