Confusão!!! Rubens Pereira, o Rubão, cria suposta crise na base aliada de Carlos Brandão em Timon

Publicado em   12/maio/2022
por  Caio Hostilio

Por Ademar de Sousa

Rubão, Socorro, Rafael, Leandro, Jaconias e Schnneyder

O quiproquó envolvendo o secretário de Articulação Política, Rubens Pereira, o Rubão, na questão da divisão dos cargos públicos vai dar o que falar. É que, os aliados não querem aceitar a matemática do velho político de Matões. E muita confusão vai rolar.

Nos bastidores a conversa é uma só. Está em curso uma séria crise na base aliada do governador Carlos Brandão (PSB), em Timon, na região dos Cocais, devido à forte ingerência política do secretário de Articulação Política, Rubens Pereira, o Rubão, na contramão da divisão de cargos públicos vinculados ao Governo do Estado no município. Como se sabe, existem cinco líderes políticos que dão sustentação a Carlos Brandão, entre os quais, Socorro Waquim (deputada estadual), Rafael Rodrigues (deputado estadual), Leandro Bello (ex-vereador e suplente de deputado federal), Jaconias Moraes (ex-vereador e suplente de deputado federal) e Coronel Schnneyder (líder político).

A esperteza do secretário Rubão no sentido de “puxar a brasa para a sua sardinha” tentando favorecer a reeleição do seu filho deputado federal Rubens Pereira Jr (PT), chamou à atenção de aliados que não aceitam a distribuição de cargos a bel prazer dele. Há quem diga que Rubão vem agindo na tentativa de conquistar o apoio do pré-candidato a deputado estadual Leandro Bello na reeleição de Rubens Jr.  Quer dizer, em compensação lhe daria a liberdade para indicação do cargo de diretor da Unidade Regional de Educação – URE, de Timon. E tem mais: segundo fontes, ele estaria investindo também para garantir a permanência do ex-vereador Francisco Marques Torres, no cargo de diretor da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural – AGERP, desde que o mesmo confirme apoio ao projeto de reeleição de Rubens Jr.

Essa tal ingerência de certa forma já ganhou dimensão contrária e estremecimento local. Isso poderá desarticular o grupo de Brandão criando um clima desfavorável pesado em Timon.  A esperteza do chefe da Secap relembra a música de Luiz Gonzaga naquela divisão maluca: “um pra tú, um pra mim e um pra eu”.

O poder de Rubão vai mais além. A sua filha Camila Torres exerce forte influência na Unidade Regional de Saúde, de Timon, bem como no Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco.

Caxias 

Tudo em casa. Rubenilson Luna que vem a ser filho de Rubens Pereira, o Rubão, exerce cargo na diretoria de Regulação do Hospital Macroregional de Caxias. Segundo informações de fontes, o advogado Layl Ribeiro, sobrinho dele era nomeado na Gerência Regional de Articulação Política.

São Luis 

A esposa do deputado Rubens Preira Jr.,  Tereza Nunes Pereira, foi nomeada numa Diretoria do Hospital da Ilha, recém inaugurado em São Luís (MA).

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos