Hildo Rocha acusa Sinproesemma de criar e espalhar fake news

Publicado em   20/ago/2021
por  Caio Hostilio

Em pronunciamento na tribuna da Câmara, na tarde de ontem (19/08), o deputado federal Hildo Rocha denunciou o Sindicato dos Professores do Maranhão (Sinproesemma) por criação e disseminação de notícias falsas (fake news), referentes ao Projeto de Lei 3.376/2008. De acordo com Hildo Rocha, o sindicato omite a verdade, distorce os fatos, cria e espalha informações falsas.

O Projeto de Lei 3.376/2008, estabelece que o critério de reajuste do piso salarial dos professores seja feito pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), a proposta não fala em congelamento.

“O sindicato diz que o projeto é do Presidente Bolsonaro. É mentira! O projeto foi apresentado em 2008, pelo ex-presidente Lula. O projeto não fala de congelamento, diz apenas que o reajuste dos salários dos professores deve ser feito pelo INPC, Índice Nacional de Preço ao Consumidor, índice do IBGE adotado pelo Governo Federal para tratar sobre variação da cesta básica, variação de salário e variação do poder de compra dos trabalhadores. Portanto, é um absurdo dizer que estamos a favor de congelamento de salários, é mentira do Sindicato. Nós não votamos o mérito do projeto, nós votamos apenas o recurso, que foi solicitado por uma ex-deputada do PT”, explicou Hildo Rocha.

Tramitação
O deputado Hildo Rocha destacou que o Projeto de Lei 3.376/2008 foi enviado para a Câmara em 2008. O parlamentar lembrou que após aprovação na Câmara, o projeto seguiu para o Senado. No senado, o PL recebeu três emendas e um substitutivo. Após apreciação no senado a proposta voltou para a Câmara, que decidiu, através da Comissão de Finanças e Tributação, que o substitutivo apresentado pelo Senado era impróprio, inadequado.

“Quem disse que o projeto era impróprio, inadequado foi um Deputado do próprio PT, na Comissão de Finanças e Tributação. Na votação do recurso, eu entendi que o projeto deveria ir direto para o Presidente da República sancionar, ressaltando que o projeto foi apresentado pelo então Presidente Lula. Essa é a verdade que o Sinproesemma omite e distorce com a finalidade de fingir que defende os professores”, enfatizou Hildo Rocha.

Sindicato dominado pelo governo comunista
O deputado fez críticas a acusações contendentes contra diretores do Sinproesemma. De acordo com o parlamentar, a entidade não defende os professores do Maranhão. “O Sinproesemma não defende a categoria, nunca lutou pelo cumprimento da lei de reajuste dos salários dos professores, essa lei não é cumprida pelo Governo do Maranhão. Por várias vezes, aqui nesta tribuna, eu denunciei isso e o Sinproesemma ficou calado porque boa parte da diretoria desse sindicato é formada por pessoas que estão na folha de comissionados do Governo do Maranhão. Quem manda no Sinproesemma é o governo do Sr. Flávio Dino”, assinalou Hildo Rocha.

“Mesadinha” e falta de vergonha
Segundo Hildo Rocha, o principal dirigente do Sinproesemma recebe mesadinha, paga pelo Governador Flávio Dino. “Nós sabemos que ele é useiro e vezeiro em receber mesadas do Governo do Maranhão. Esse dirigente do Sinproesemma devia criar vergonha, porque ele não defende os professores, ele fica criando mentiras para fingir que está a favor da categoria. Por isso, criou mentiras acerca do Projeto Lei 3.376/2008. Nós não votamos o mérito, votou-se apenas um recurso para decidir se a matéria deveria vir para o plenário ou se iria direto para ser sancionada pelo Presidente da República”, elucidou Hildo Rocha.

Hildo Rocha acusa Sinproesemma de criar e espalhar fake news

https://bit.ly/3gkgUau

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos