Arquivo de abril de 2020

Assistam ao vídeo e veja quanto você paga para bancar as mordomias do STF…

Postado por Caio Hostilio em 30/abr/2020 - 2 Comentários


O pior de tudo é saber que nenhum ministro do STF foi concursado ou quiçá sofre algum critério em meritocracia para exercer um cargo vitalício, com salário altíssimo e demais mordomias que apontam esse vídeo.

As suas escolhas são políticas através dos presidentes da republica, que utilizam suas maiorias no Senado para concretizar a escolha.

Muitos desses ministros são mais ativistas políticos que magistrados… Buscam todo tipo de alternativas e brechas jurídicas para os seus intentos.

Alguém tem dúvida? Então vejam a foto abaixo, cuja decisão do Ministro Alexandre de Moraes atendeu a argumentos políticos, não jurídicos.

Sobe para 16 o número de casos confirmados da covid-19 em Caxias

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - Sem Comentários

O Boletim Epidemiológico divulgado na noite desta terça-feira (28) aponta que aumentou para 16 o número de casos confirmados da covid-19 em Caxias. Divulgados pelo Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Novo Coronavírus, os dados também trazem informações estratificadas. Ao todo, 62 casos suspeitos estão em monitoramento; 15 casos aguardam resultado; 45 casos foram descartados por exame; 144 casos foram descartados por tempo de isolamento; 15 casos confirmados em isolamento domiciliar;  e 1 caso confirmado em internação hospitalar.

NÚMEROS POR BAIRRO

O comitê também divulga os números por bairro:

  • Centro – 4 casos.
  • Dinir Silva – 2 casos.
  • Residencial Eugênio Coutinho – 1 caso.
  • Nova Caxias – 5 casos.
  • Seriema – 1 caso.
  • Vila Lobão – 3 casos.

QUANTIDADE POR SEXO:

  • Masculino – 8 casos
  • Feminino – 8 casos

Em todo o estado do Maranhão, 2804 casos foram confirmados, com 1550 pessoas em isolamento domiciliar, 600 recuperadas, 166 óbitos, 309 internados em enfermarias e 179 internados em UTI. Ao todo, 7232 pessoas estão suspeitas e 4099 casos foram descartados.

Quem fiscaliza? Sobra para o povo fiscalizar os gastos com os recursos enviados para a saúde dos estados afim de conter o coronavírus…

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - Sem Comentários

O que se ver mais pelos quatro cantos do Brasil são denúncias de desvios de finalidade dos recursos públicos (fundo a fundo) enviados aos estados para conter os avanços do Coronavírus… São desvios, compras superfaturas, obras sem funcionalidade etc.

O que leva tudo isso é a decretação de estado de calamidade, que dispensa a licitação (que contém muito pouco a corrupção), que facilita todo tipo de negociatas, como compra de máscaras a preço dez vez o seu valor, desvios de finalidade dos recursos, obras que não saem dos cavaletes e outros tipos de patacoadas.

Tem até governador que estimula prefeitos a aumentar o número de casos, internações e mortes, exatamente para requerer mais dinheiro do governo federal… Tem um vídeo aí circulando nas redes sociais.

Quanto mais números de infectados, internados e mortos, maior o valor a ser recebido… A disputa é grande!!!

Mas se o povo não se ater aos gastos reais com os valores já disponibilizados, vão continuar isolados de onde foram parar os recursos advindos dos contribuintes.

Aí recebem mais respiradores e mais verbas para o maior número de leitos de UTI.

Está tudo uma maravilha no país da patacoada!!!

Assistam ao vídeo!!! Bolsonaro: “Não posso admitir que ninguém ouse desrespeitar nossa Constituição”… Isso na presença dos ministros do STF: Gilmar Mendes e Toffoli

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - 1 Comentário


Na cerimônia de posse de André Mendonça, o presidente Jair Bolsonaro ainda destacou a independência dos três poderes públicos ao ler artigos da Constituição Federal.

“Não posso admitir que ninguém ouse desrespeitar ou tentar desbordar a nossa Constituição. Este é meu papel, não só dos demais Poderes, mas de toda população. Harmonia e respeito entre si”, disse Bolsonaro.

“Uma das questões importantes, que quem nomeia sou eu: a nossa PF não persegue ninguém, exceto bandidos. Respeito o Poder Judiciário, mas antes de tudo respeitamos a nossa Constituição. O Ramagem foi impedido por uma decisão monocrática de um ministro do STF. Eu gostaria de honrá-lo no dia de hoje dando posse como diretor da PF. Tenho certeza que esse sonho meu, mais dele, brevemente se concretizará, para o bem da PF e do Brasil”, declarou o presidente.

Vereadores aprovam projetos que beneficiam população diante da proliferação do coronavírus

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - Sem Comentários

Projetos aprovados por vereadores em mais uma sessão remota vão bemeficiar a população da capital

A Câmara Municipal de São Luís realizou, nesta quarta-feira (29), mais uma sessão extraordinária remota na qual foram aprovados Projetos de Lei que beneficiam a população, que continua sofrendo com a proliferação do Novo Coronavírus (COVID-19) na capital maranhense.

As proposições possuem caráter autorizativo e são de autoria dos vereadores César Bombeiro (PSD), Chico Carvalho (PSL), Astro de Ogum (PC do B), Pavão Filho (PDT), Antônio Garcez (PTC) e Dr. Gutemberg (PSC).
As matérias foram aprovadas em 1º e 2º turnos e seguiram para apreciação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

O Projeto nº 044/20, de autoria de César Bombeiro, determina a suspensão das obrigações relacionadas aos empréstimos consignados, junto as instituições financeiras, contraídos por servidores públicos municipais, pelo prazo de três meses, prorrogáveis por igual período ou enquanto persistirem as circunstâncias de calamidade pública instaladas pelo COVID-19.

O PL recebeu emenda, de autoria da vereadora Concita Pinto (PC do B), incluindo no benefício aposentados e pensionistas e determinando que o pagamento das parcelas suspensas seja feito ao término do empréstimo.

Chico Carvalho teve dois Projetos aprovados. O primeiro, de nº 047/20, prorroga automaticamente o pagamento das parcelas de IPTU, ISS, multas de trânsito e ITBI pelo prazo de 180 dias, bem como cria o Programa de Parcelamento de Emergência (PPE). O segundo, de nº 048/20, institui a redução proporcional das mensalidades da rede privada de ensino do Município de São Luís, de no mínimo 30%, durante o Plano de Contingência do Estado do Maranhão para enfrentamento ao Novo Coronavírus.

Este último foi aprovado com emenda do vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) determinando que sejam incluídos na obrigatoriedade estabelecimentos de ensino de Educação Infantil.

De autoria do vereador Astro de Ogum, o PL nº 049/20 autoriza o Município a proceder a isenção do desconto de ISS aos profissionais autônomos da área da saúde. A matéria recebeu emenda proposta por Pavão Filho.

O pedetista teve aprovada proposição, de nº 050/20, determinando a obrigatoriedade de uso e fornecimento de máscaras em estabelecimentos públicos, industriais, comerciais e de serviços, como medida de enfrentamento à disseminação do COVID-19 em São Luís, durante o estado de calamidade pública.

Já Antônio Garcez teve aprovado Projeto, de nº 051/20, que estabelece a obrigação do uso de kits de EPIs (material de segurança) para prestador de serviço público e privado para o combate à pandemia na capital.

O presidente Osmar Filho conduziu mais uma vez os trabalhos na sessão remota da Câmara Municipal

Dr. Gutemberg teve três proposições aprovadas. A primeira, de nº 052/20, autoriza o Executivo Municipal a prorrogar o prazo de validade das certidões negativas de débito durante o período da pandemia. A segunda, de nº 053/20, autoriza o Poder Executivo a implantar o pagamento suplementar de 100% sobre os valores já pagos a título de adicional de insalubridade aos profissionais da área de saúde que estejam envolvidos diretamente no atendimento e tratamento dos pacientes portadores do COVID-19, durante o período de vigência do Decreto nº 54.936, de março de 2020, ou outro instrumento legal que venha a substituí-lo, ou ainda, venha prorrogar os seus efeitos.

Já a terceira, de nº 054/20, autoriza a Prefeitura a suspender temporariamente a cobrança do Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN) durante a vigência do Decreto nº 54.936, de março de 2020, ou outro instrumento legal que venha a substituí-lo, ou ainda, venha prorrogar os seus efeitos.

Nova sessão – Após exaustiva análise das matérias colocadas em pauta, o presidente da Câmara, vereador Osmar Filho (PDT), suspendeu os trabalhos às 13h27, determinando a convocação de nova sessão para esta quinta-feira (30), a partir das 9h, quando deverão ser votados mais 12 Projetos de Lei e seis requerimentos, além de mensagem governamental que dispõe sobre concessão de benefício funeral em decorrência de doenças infectocontagiosa

Prefeito Edivaldo alerta para o perigo de trotes ao Samu neste período de pandemia

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - Sem Comentários

Por meio das suas redes sociais, o prefeito Edivaldo Holanda Junior fez um alerta aos riscos que mensagens falsas podem trazer à população durante a pandemia da Covid-19. Em sua mensagem ele destaca os trotes que o Samu vem recebendo. Os dados mostram que houve redução no número de chamadas falsas, no entanto, o percentual ainda é elevado.

“Só em abril foram 2.500 trotes. O serviço é essencial à população, sobretudo neste momento de pandemia”, disse o prefeito. Segundo dados da Prefeitura de São Luís, mais de 10% de todas as chamadas feitas ao Samu de 1º a 28 de abril foram falsas. O número é menor que o registrado em março, mas ainda assim alto e preocupante.

Em postagem nas suas redes sociais, Edivaldo explica que “quando uma solicitação falsa é feita, quem realmente precisa pode deixar de ser socorrido”. Ele informou ainda que já orientou à Semus que denuncie à Polícia.

Desde o início da pandemia, houve aumento no número de chamadas diárias ao Samu, que tem atendido principalmente a pacientes com sintomas graves da Covid-19. Para reforçar o serviço, Edivaldo já confirmou que mais uma ambulância do tipo Unidade de Suporte Avançado entrará em operação nos próximos dias.

Será que vão insistir com a manobra espúria? 77% rejeitam alterar a Constituição para permitir reeleição de Maia, diz pesquisa

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - Sem Comentários

Levantamento da empresa Paraná Pesquisas divulgado nesta 4ª feira (29.abr.2020) mostra que uma mudança na Constituição para permitir a reeleição do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, é rejeitada por 77,1% da população. Outros 16,4% são a favor, enquanto 6,5% não souberam responder.

A empresa ouviu 2.364 pessoas por meio de questionário on-line em 205 municípios nos 26 Estados e no Distrito Federal de 25 a 27 de abril. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

A parcela da população que mais demonstrou contrariedade à mudança é observada no grupo de pessoas com ensino superior. Nesse estrato, 84% são contra.

Já o recorte mais favorável à alteração está entre os mais jovens, de 16 a 24 anos: 21,9% são favoráveis a uma PEC para alterar as regras de reeleição na Casa Baixa.

Assistam ao vídeo!!! Deputados dizem em frente ao Alvorada a imprensa: “Prefiro um presidente que fala demais do que um presidente que rouba demais”… E a ditadura do STF, o suposto interino tem relações com Moraes!!!

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - Sem Comentários

A pauta era única: a defesa da retomada das atividades no Brasil.

Hoje, foi assinado pelo Presidente um Decreto que amplia a quantidade de atividades essenciais, possibilitando o retorno de diversos profissionais à rotina de trabalho.

A pandemia do coronavírus precisa ser atacada juntamente com a onda de desemprego e Bolsonaro indica o caminho certo para enfrentarmos estes dois inimigos de uma só vez.

Não se resolve este tipo de situação atacando só um problema e deixando o outro avançar.

Bolsonaro está desde o início certo e a opinião pública está ao seu lado.

Confira:

Informações do Jornal da Cidade
Enquanto isso, o STF vem agindo ditatorialmente, isso com a ajuda de membros do Congresso Nacional, num ato absurdo, o ministro de Temer no STF, Alexandre de Moraes, quer manter o controle da PT, cuja montagem de uma PF paralela está em andamento. Que ele quer: Braço direito do ex-diretor-geral, Maurício Valeixo, Rosseti foi indicado ao cargo por Sergio Moro no início do ano passado e tem ótima relação com Moraes. É como esse blog disse na matéria “O Brasil vive uma ditadura judiciária?“, publicada no dia 26 de abril, onde disse: O que se ver mais é o STF tomando decisões que seriam do Poder Executivo ou do Poder Legislativo, isso numa postura nada democrática e muito menos republicana.

Os ministros do STF, que sequer tiveram um voto dos brasileiros, pois foram escolhidos por circunstâncias políticas sem nenhum critério em meritocracia, passam a agir como deuses, como se estivem acima do bem e mal.

Tercem os cometários mais sórdidos contra qualquer um que se atreva a encará-los e agem como se estivessem acima de tudo e de todos… SE ACHAM DEUSES!!!

São sim ativistas políticos, pois todos ali foram escolhidos por ex-presidentes, que conseguem com suas maiorias no Senado aprovar a indicação.

O atual presidente da república está engessado, pois quem quer governar o Brasil é o STF através de suas decisões esdrúxulas, com o argumento que são guardiões da Constituição. TUDO BALELA!!!

Votam na maioria das vezes dentro daquilo que seus padrinhos políticos querem… A TV Justiça mostra!!!

Depois da ditadura militar estamos vivendo uma ditadura do STF?

Assim segue o Brasil que se diz democrático e republicano!!!

SÓ SE FOR DE ARAQUE!!!

AS CONSEQUÊNCIAS DESSE PODER DO STF NÃO VAI TERMINAR BEM!!! 

Hildo Rocha defende urgência na apreciação de projetos que tratam sobre gratificação por insalubridade para Agentes Comunitários de Saúde

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - Sem Comentários

Durante live promovida pela Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias (CONACS), coordenada por Hilda Angélica, residente da entidade, com a participação do deputado federal Hildo Rocha, o parlamentar maranhense discorreu sobre projetos de leis que tramitam atualmente na Câmara dos Deputados que criam adicional de insalubridade para os ACS e ACE.

Rocha, que é o presidente da Frente Parlamentar dos Agentes Comunitários de Saúde da Câmara dos Deputados, levou ao conhecimento da categoria que apresentou requerimentos de urgência, para serem analisados diretamente pelo plenário, os principais projetos de leis que tratam sobre o adicional de insalubridade.

Hildo Rocha destacou que por se tratar de propostas que versam sobre o mesmo tema todos os projetos poderão ser apensados ao PL 1402/2020, do deputado Luiz Nishimori (PL-PR), que determina direito a adicional de insalubridade em grau máximo, que é de 40%, a todos os Agentes de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, envolvidos nas ações de combate ao novo coronavírus, por ter sido o primeiro a dar entrada na mesa da Câmara dos Deputados.

“O trabalho realizado pelos Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Combate às endemias é extremamente importante e, diante da grave crise sanitária, que hora vivenciamos, o papel desempenhado por esses profissionais torna-se ainda mais relevante e muito mais perigoso agora do que em tempos normais. Então, apresentei o requerimento a fim de que possamos aprovar, com a máxima brevidade, as propostas que melhoram as condições de trabalho desses profissionais. O pagamento do adicional de insalubridade é justo. Se eles fossem celetistas já estariam recebendo um acréscimo de 40% no seus salários a título de adicional de insalubridade”, argumentou Hildo Rocha.

Orçamento de Guerra

O parlamentar enfatizou que apesar das propostas criarem novas despesas para o Governo Federal, gerando impacto financeiro sem previsão legal, essa questão pode ser contornada por meio da alocação dessas despesas no Orçamento de Guerra que já está praticamente aprovado, por meio da PEC 10/2020, proposta quede verá ser votada na Câmara, hoje.

“Lógico que as propostas aumentam despesas para o Governo Federal que não estão previstas no orçamento de 2020, mas podemos contornar essa barreira legal incluindo essas despesas dentro do Orçamento de Guerra previsto na PEC 19/2020, que deverá ser aprovada hoje. Portanto, por se tratar de gastos voltados para o combate à pandemia do coronavírus esses gastos se enquadram perfeitamente no Orçamento de Guerra”, explicou o deputado.

PEC 22/2011

Rocha falou também acerca da tramitação da PEC 22/2011 que dispõe sobre o reajuste salarial anual dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias. A proposta trata também da política de valorização daqueles profissionais. De acordo com o parlamentar, assim que a situação se normalizar a PEC deverá ser pautada.

“Precisamos aprovar essa PEC, idealizada pelo deputado Valtenir Pereira (MDB-MT), a fim de que possamos proporcionar segurança jurídica e resolver a questão do reajuste salarial da categoria. A proposta já está pronta para ser votada em plenário. Acredito que após o fim da crise sanitária avançaremos nesse debate”, afirmou.

Equipamentos de Proteção Individual (EPIs)

Hildo Rocha destacou ainda que logo no início da crise do coronavírus ele solicitou ao Ministro da Saúde a realização de capacitação dos ACS e dos ACE para o trabalho de combate ao coronavírus.

“O trabalho exercido pelos agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias, nesse grave momento de crise sanitária, é extremamente importante. São eles que diariamente estão em sintonia com a população realizando as ações de promoção da saúde e fazendo a prevenção das doenças. Logo, é necessário que eles estejam bem equipados e treinados para as atividades específicas exigidas por essa nova realidade que se impõe no nosso país”, declarou.

Rocha disse que é inadmissível que a categoria seja obrigada a comprar os seus próprios Equipamentos de Proteção Individual. “Esses equipamentos devem ser entregues pelo governo. Infelizmente, em razão da grande demanda mundial, os pedidos ainda não foram entregues. Infelizmente os agentes estão se expondo a riscos porque trabalham sem as condições adequadas, isso é temeroso. Vou levar todas essas demandas ao presidente Jair Bolsonaro, vou reforçar os pedidos já feitos por mim ao Ministério da Saúde. Esses equipamentos de proteção tem que chegar até os agentes comunitários de saúde e de combate às endemias”, afirmou Hildo Rocha.

Agradecimento e confiança

Falando em nome da categoria, a presidente da Conacs, Hilda Angélica agradeceu ao deputado Hildo Rocha pela participação na live e por tudo que o parlamentar maranhense já fez em defesa dos agentes de saúde e agentes de combate às endemias.

“Deputado Hildo Rocha, o seu mandato foi e continua sendo importante para a nossa categoria. Nós continuamos necessitando do seu apoio e acreditamos que você continuará trabalhando em prol das nossas causas”, disse Hilda Angélica.

Tramitam atualmente cinco projetos sobre o tema

PL 1402/2020 que altera a Lei n° 11.350, de 5 de outubro de 2006, que dispõe sobre a concessão de adicional de insalubridade aos Agentes Comunitários de Saúde e aos Agentes de Combate às Endemias.

PL 1910/2020 que institui o Adicional de Insalubridade Extraordinário de Combate ao COVID-19 aos Agentes Comunitários de Saúde e aos Agentes de Combate às Endemias durante o estado de calamidade de saúde pública, e dá outras disposições.

PL 1573/2020 que prevê gratificação extraordinária para os Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias durante as ações de combate ao coronavírus, enquanto durar a pandemia.

PL de Iniciativa popular que altera a Lei Nº 11.350/2006, proposta que também estabelece o recebimento automático do grau máximo de Insalubridade a todos os Agentes de saúde do Brasil, na situação de Epidemias ou Pandemias decretado pelo Governo Federal.

PL 1744/2020 que dispõe sobre o pagamento do adicional de insalubridade no percentual de 40% a todo trabalhador da saúde cujas instituições em que trabalham estejam vinculadas ao atendimento de pacientes infectados pelo coronavirus.

https://youtu.be/f57SPHYbBRU

http://hildorocha.com.br/site/hildo-rocha-defende-urgencia-na-apreciacao-de-projetos-que-tratam-sobre-gratificacao-por-insalubridade-para-agentes-comunitarios-de-saude/

https://bit.ly/2W6ryqF

Assistam ao vídeo!!! Por que a mídia só reproduz um parte da fala de Bolsonaro? Enquanto isso, ministro de Temer no STF quer ser o presidente da república!!!

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - 3 Comentários


Apenas espalharam uma parte da fala de Bolsonaro, como se ele não tivesse respeitando os familiares das vítimas do coronavírus… A edição de sua fala serve como estratégia para tentar desgastá-lo perante a opinião pública. 

O presidente Jair Bolsonaro disse ontem (28) que lamenta o recorde de mortes registradas em 24 horas, com 474 óbitos, ultrapassando a China no número total de óbitos pelo novo coronavírus. O chefe do executivo se solidarizou com as famílias que perderam seus entes queridos para o coronavírus.

Olhem o vídeo e vejam a outra parte da fala que fora desprezada pela mídia…

Por outro lado, o ministro do STF de Temer, Alexandre de Morais, um ato arbitrário, antidemocrático e nada republicano, quer ser o Presidente da República, pois acha que pode suspender nomeações do Executivo e manter os seus cupinchas em pontos estratégicos da Polícia Federal.

Estão transformando esse país numa balburdia e isso não acabará bem!!!

Busca no Blog