Prefeito Edivaldo acompanha mutirão de consultas no Centro de Especialidades Médicas do Filipinho

Publicado em   21/set/2019
por  Caio Hostilio

A ação beneficiou 175 pessoas que puderam realizar consultas em cardiologia, neurologia e otorrinolaringologia, além de fazer a autorização dos exames solicitados

Prefeito Edivaldo acompanha mutirão de consultas no Centro de Especialidades Médicas do Filipinho

O prefeito Edivaldo Holanda Junior acompanhou na manhã deste sábado (21) o mutirão de consultas que foi realizado no Centro de Especialidades Médicas (CEM) do Filipinho. A ação beneficiou cerca de 175 pessoas que puderam realizar consultas em cardiologia, neurologia e otorrinolaringologia, além de fazer a autorização dos exames solicitados. A ação atende à determinação do prefeito Edivaldo de ampliar o acesso da população aos serviços de saúde.

O prefeito Edivaldo, que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, e do secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, destacou a importância da ação. “Temos investido na melhoria dos nossos serviços de saúde, implantando novos atendimentos e ampliando os serviços já disponíveis na nossa rede. Ações como a de hoje são importantes, sobretudo para aquele cidadão que não tem tempo de ir ao médico durante a semana”, disse o gestor municipal.

Uma grande equipe médica foi mobilizada para garantir a celeridade do atendimento a quem foi ao CEM Filipinho neste sábado. Sete médicos especialistas da unidade estiveram à disposição dos pacientes.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, explicou que o objetivo do mutirão foi atender à demanda reprimida. “A Semus constatou que havia um volume grande de consultas marcadas para serem realizadas em um período longo de tempo, e sabemos que a resolutividade em saúde passa pela agilidade do atendimento, por isso, decidimos oferecer o serviço, em caráter excepcional”, informou.

ATENDIMENTOS

O mutirão foi direcionado a pacientes que ainda precisavam fazer a primeira consulta médica. Além da consulta, eles puderam também fazer a marcação dos exames solicitados imediatamente após o atendimento.

Foi o caso de Roclino Galvão, de 72 anos, que aproveitou o mutirão para consultar com um cardiologista. “Eu tenho pressão alta, por isso, preciso fazer acompanhamento constante. Quando eu soube do mutirão, aproveitei a chance. Fui um dos primeiros a chegar”, informou.

Rosário Gusmão, 65 anos, também aprovou a ação da Prefeitura de São Luís. “Eu estava precisando de neurologista há muito tempo, e fui atendida por uma médica atenciosa, sem demorar muito tempo”, disse.

CONSULTAS DE RETORNO

Segundo a diretora do CEM Filipinho, Adriana Ramos, o fluxo de atendimento foi organizado para garantir até o retorno dos pacientes. “Eles fizeram a primeira consulta e já estamos programando uma ação semelhante para disponibilizar uma nova data, apenas para que os pacientes retornem aos médicos, com os exames. Assim, a gestão do prefeito Edivaldo oferece a assistência integral”, explicou.

Além das consultas, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) disponibilizou também testes rápidos para diagnóstico de HIV, sífilis e hepatite C; e uma equipe de educação em saúde, que ofereceu orientações de prevenção ao suicídio, como parte das ações do setembro amarelo.

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Busca no Blog