Direito de Resposta

Publicado em   11/set/2019
por  Caio Hostilio

Ao Blog do Caio Hostilio
Exercício do Direito de Resposta:
Eu, Daniel Barros, portador da OAB N 7898/MA, atualmente exercendo o cargo de Gestor da Regional de Saúde em Caxias, vinculado à Secretaria de Estado de Saúde do Governo do Maranhão, tendo em vista a matéria divulgada em 11 de setembro de 2019, no Blog do Caio Hostilio, onde fui citado e que trata de fatos que não condizem com a realidade, exerço meu direito de resposta assegurado pela Lei nº 13.188/2015.
Direito de Resposta do Sr Daniel Barros:
Venho através desta esclarecer acerca de texto publicado neste blog, e que muito provavelmente foi produzido nos porões da fábrica de mentiras que se tornou o Governo Municipal de Caxias, onde são feitas insinuações a meu respeito e sobre a Regional de Saúde de Caxias que não condizem com a realidade.
Cabe esclarecer, que a Regional de Saúde de Caxias não tem qualquer ingerência sobre o Sistema de Regulação de Pacientes do Estado do Maranhão, sendo o ingresso de pacientes no Hospital Regional Everaldo Aragão regulado por sistema próprio da Secretaria de Estado de Saúde, obedecendo a critérios e normas previstas no conjunto de Leis e Normatização do Sistema Único de Saúde (SUS).
Logo, quaisquer acusações ou insinuações sobre esse assunto aventadas pelo senhor Fábio Gentil e pelo séquito de vereadores que hoje lhe servem são descabidas. Reconheço com pesar que é horrível ver um familiar sofrendo no corredor da UPA de Caxias ou no Hospital Gentil Filho sem atendimento médico digno, jogados em macas pelos corredores em situação desumana, são locais onde faltam medicamentos, médicos e muitas vezes um exame simples demora horas para sair o resultado, sou conhecedor do profundo descaso com que a Saúde Pública Municipal de Caxias é tratada.
Entendo que muitos enxergam no Hospital Regional Everaldo Aragão a chance de um atendimento melhor e mais humano, mas infelizmente não cabe a mim ou qualquer outra pessoa decidir quem terá atendimento lá, pois todo o sistema é hoje informatizado sendo a Regulação de pacientes e o ingresso na Rede Estadual de Saúde feita observando critérios tal como gravidade e urgência, cabendo tomar essa decisão uma junta médica especializada após a análise criteriosa do prontuário dos pacientes.
Gostaria de lembra-los também, que o Hospital Regional Everaldo Aragão é responsável pela oferta de suporte médico em atendimento de urgência e emergência, tratamento nefrológico e oncológico para 72 municípios do Leste Maranhenses, não servindo unicamente a Caxias, e que vem desempenhando seu papel com total responsabilidade e afastado de qualquer querela política.
Também importa destacar que a Saúde Pública no Brasil funciona em regime tripartite, onde União, Estado e Município são igualmente responsáveis, dentro de suas competências, pela oferta de atendimento médico digno, conforme estabelece nossa Constituição Federal. Para que toda nossa população tenha a garantia que cobertura médica é preciso que todos os atores façam seus respectivos papeis, o que não acontece no âmbito municipal. Quero com isso dizer, que nossa parte, enquanto Regional de Saúde, tem sido feita com total empenho, zelo, atenção e obedecendo a todos os critérios estabelecidos pela legislação vigente.
No mais, quero dizer que estou à disposição da população de Caxias para todo e qualquer esclarecimento que precise ser feito a respeito deste assunto ou qualquer outro assunto relacionado ou não, podem contar comigo.
Sem mais no momento, apresento meus mais sinceros votos de estima a todos.
Um abraço caloroso, do seu amigo Daniel Barros.
São Luís, 11 de setembro de 2019.

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Busca no Blog