Assessor desmente o Secretário de Saúde Calos Lula

Publicado em   07/dez/2018
por  Caio Hostilio

Afinal, baseado em que o Gestor Regional de Saúde em Caxias, Daniel Barros, fez questão de desmentir o secretário estadual de Saúde e seu chefe, Carlos Lula, nas redes sociais sobre a melhora do índice de mortalidade infantil na gestão do prefeito de Caxias, Fábio Gentil, que é visto claramente na Maternidade Carmosina Coutinho?

O que teria levado o Gestor Regional de Saúde em Caxias, Daniel Barros, a fazer duras críticas e desmentir o seu chefe, Carlos Lula?

O secretário Carlos Lula reconhece o trabalho do município na redução da mortalidade infantil, conforme as matérias “Sem factóide!!! Caxias reduz mortalidade e tem um dos melhores índices do Brasil após Planificação”, 22 de novembro de 2018 e “Governo Flávio Dino reconhece a eficiência da saúde não gestão Fábio Gentil em Caxias”, publicada no dia 04 de dezembro de 2018, onde o secretário produziu o artigo “REDUÇÃO DO ÓBITO MATERNO”, publicado no Jornal Pequeno.

Com certeza esse destempero do Gestor de Saúde em Caxias se dá por questões políticas, haja vista que Daniel Barro era o secretário-adjunto de Saúde da gestão Leo Coutinho, que perdera a eleição de 2016 para o atual prefeito Fábio Gentil, que vem mostrando como se deve respeitar a coisa pública.

Parece que o ex-secretário de saúde da gestão de Leo Coutinho está esquecido à repercussão nacional das mortes de bebês em Caxias durante a gestão da qual fez parte.

Contudo, sua atitude em não coadunar com o Secretário de Saúde Carlos Lula e com o órgão do qual faz parte mostra que seu cargo atual se trata de político e não técnico.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Publicidade

Busca no Blog