A pobreza extrema é atingida pela famigerada tributação?

Publicado em   05/dez/2018
por  Caio Hostilio

A tributação atinge sim a todos os cidadãos, seja ele rico, de classe média, pobre e extremamente pobre, pois todos são consumidores dos artigos atingidos em cheio pelas famigeradas alíquotas. TODOS SÃO CONTRIBUINTES!!! Até uma criancinha que ganha R$ 0,50 de mesada e vai uma vendinha comprar uma balinha está pagando imposto!!!

Por isso, o Brasil, através dos impostos federais, estaduais e municipais, tem uma das maiores cargas tributárias do mundo e um dos sistemas mais perversos e injustos de recolher impostos.

O pior de tudo isso é saber que cobram demais, mas não convertem esses impostos em benefícios aos contribuintes. Quem mais sofre são os pobres, haja vista que o reflexo em seus ganhos é mais acentuado.

Aumentam os impostos, porém os péssimos serviços públicos oferecidos são degradantes e inoperantes. Em outras palavras, paga mais quem ganha menos. A classe média também é penalizada, porque, além de ser fortemente taxada, gasta com serviços privados de saúde, educação e segurança para não depender de escolas de baixíssima qualidade, hospitais precários e um sistema de proteção ineficaz e perigoso.

As justificativas para o aumento desenfreado de impostos são as mais esdrúxulas possíveis, pois tentam passar para a opinião pública que não haverá o efeito dominó sobre os produtos: alimentos e medicamentos.

Aí vale perguntar: quais são os produtos mais consumidos por todas as classes sociais? Basta dizer que ninguém fica sem comer e sem remédio, logo o aumento no combustível atinge de morte o valor dos mais simples ou mais caros produtos alimentícios e dos medicamentos de modo geral, haja vista que a logística para que esses produtos cheguem à ponta (consumidor) e transportado por meios que usam o diesel.

Que deixe de querer enganar!!!

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Publicidade

Busca no Blog