O governo de Flávio Dino pode deixar de pagar aposentados e pensionistas? Seriam eles os mais novos “patos do golpe da mudança”?

Publicado em   14/jul/2018
por  Caio Hostilio

Leio, incrédulo, que ultrapassa o R$ 1 bilhão (hum bilhão de reais) o valor ‘resgatado’ pelo governo de Flávio Dino do Fundo Estadual de Pensão e Aposentadorias (Fepa).  O valor espanta mais ainda se considerarmos que isto foi feito de 2017 para cá. Ou seja, em um ano e meio, menos um bilhão de reais nas aplicações do Fepa.

E a incredulidade faz só aumentar. Na LDO 2019, quer dizer, nas contas dos comunistas, a Previdência dos servidores do Maranhão vai ter resultado negativo de mais de um bilhão de reais já no fim de 2018. Estas mesmas contas dos comunistas apontam para um resultado negativo superior a 2 bilhões no final de 2019.

Eu realmente não sou um especialista em Previdência ou em aplicações financeiras, mas nem precisa. Aritmética básica a gente aprendeu na escola. E a conta aqui é de um mais dois, somando ou diminuindo, ou de três mais dois. Graças a Deus, por enquanto, sim, de um dígito.

Se o resultado negativo, nas próprias contas dos comunistas vai ser de um bilhão este ano, mais outros dois bilhões em 2019, só aí já são 3 bilhões negativos. A menos, 3 bilhões negativos, no vermelho.

E, se ele ‘resgatou’ o hum bilhão e o resultado vai ser 3 bilhões menos, mesmo o mais vantajoso investimento financeiro seria incapaz de cobrir o ‘rombo’. Isso se ainda tivesse o hum bilhão aplicado. Mas não tem, acabou, evaporou.

Como não se tem notícia de que tenha acontecido uma explosão de servidores entrando na inativa, resta perguntar: o que está acontecendo? Que Diabos é que, de repente, o Fepa ficou sem um tostão? A resposta não se sabe. Pelo jeito, o governo nem quer que se saiba por que barrou todo tipo de explicação na Assembléia.

E como é que ficam os servidores e pensionistas que caíram como ‘pato’ nas promessas mirabolantes dos comunistas? Seriam eles os mais novos ‘patos’ do ‘Golpe da Mudança’? Porque de ‘pato’ já tem um monte. E eles, vão receber o que têm direito? Pelas contas dos comunistas mesmo, vai faltar dinheiro. Aliás, parece que já está faltando…

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Publicidade



Busca no Blog