Flávio Dino, uma saúde que trata seus servidores como escravos e desrespeita a coisa pública não merece respeito do povo…

Publicado em   21/jun/2018
por  Caio Hostilio


Ontem (20), publiquei a denúncia dos servidores que prestam serviço nas unidades hospitalares do Estado: “Então, os servidores da Saúde do Estado estão sendo passivos de trabalho escravo?”(clique sobre o título para lê-la), publicada no dia 20 de junho de 2018, onde falei: “Diante da denúncia abaixo, encaminhada ao blog por email, observa diversas divergências e irregularidades, que deveriam ser reparadas pelo Ministério Público e pela Justiça do Trabalho, haja vista que é princípio obedecerem aos ditames que regem a Lei Trabalhista… Será que continuaremos ver a inércia do MPMA e da Justiça aos desrespeitos as leis pela gestão Flávio Dino?”, e não se viu nenhuma movimentação do Estado e da Justiça para que sejam reparadas a forma cruel e arbitrária a que estão sujeitos os servidores.

O ex-secretário de Saúde do Estado, Ricardo Murad, se manifestou:

“Flávio Dino não paga e manda funcionários se virarem na Justiça. Calote da EMSERH e da BIOSAÚDE em mais de sete mil trabalhadores”, afirmou Ricardo Murad, conforme o vídeo acima.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Publicidade

Busca no Blog