Hei Flávio Dino siga o exemplo do Rio de Janeiro e diminua a famigerada alíquota sobre os combustíveis?

Publicado em   25/maio/2018
por  Caio Hostilio

Tenha bom senso!!!

Sequer alguém sabe onde é aplicado o dinheiro arrecadado através do famigerado ICMS? Duvido!!! É como esse blog chamou a atenção através da matéria “E Maranhão está fora!!! Postos de pelo menos 15 estados vão vender gasolina com desconto de até 40%”, publicada no dia 23 de maio de 2018.

O Governo do Rio de Janeiro anunciou, por volta das 21h desta quinta-feira (24), ter chegado a um acordo com caminhoneiros. Com o compromisso de que as estradas estaduais não sejam mais bloqueadas, o governador Luiz Fernando Pezão ofereceu aos motoristas uma redução no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do diesel de 16% para 12%.

O governo federal vai propor a secretários de Fazenda dos estados uma redução do ICMS do diesel, após o acordo do governo federal com os caminhoneiros em greve há quatro dias.

Que o povo abra os olhos, visto que cerca de 29% são tributos, sendo 16% ICMS, recolhido pelos Estados, e 13% Cide e Pis/Cofins, de competência da União.

Como se ver a maior tributação vem através do ICMS, logo seria providencial que os governadores tivessem consciência e diminuísse seus lucros através desse famigerado tributo, que ninguém sabe onde e quando são aplicados em prol da coletividade.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Publicidade

Busca no Blog