Deputado Wellington defende direitos dos moradores que foram enganados pela construtora Cyrela

Publicado em   14/mar/2018
por  Caio Hostilio

Na manhã desta quarta-feira (14),  o deputado estadual progressista Wellington do Curso utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa para defender os direitos dos moradores de condomínios que foram entregues pela Construtora Cyrela. Wellington fez referência à audiência pública que ocorreu na última terça-feira e que contou com a força tarefa do Ministério Público, ao ter a presença dos promotores de justiça Lítia Cavalcante, Pedro Lins e Haroldo Paiva; do representante da Cyrela, Advogado Rafael Sousa; de representantes do CREA, Corpo de Bombeiros, Instituto de Arquitetura do Brasil, Secretaria de Urbanismo e Habitação de São Luís, além dos também deputados estaduais Bira do Pindaré, Zé Inácio, Marco Aurélio e Rogério Cafeteira, bem como inúmeros condôminos e maranhenses que estão tendo seus direitos enquanto consumidor violados.

Sobre a situação, o deputado Wellington colocou-se à disposição para continuar nesse debate, colocando em primeiro ponto os direitos dos maranhenses enquanto consumidores.

“Não adianta querer culpar os moradores por causa desses vícios construtivos. Eles pagaram para obter um bom empreendimento e não para terem que sair por falhas de ordem técnica e estrutural. Todo esse constrangimento tem sim que ser evitado e o investimento feito por cada maranhense que mora em alguma das obras entregues pela Cyrela tem que ser válido. A falta de respeito da Cyrela para com os maranhenses não pode ficar impune. É necessário sim que tenhamos visitas de inspeção, de caráter técnico, em todos esses condomínios, a exemplo do Vitória, Jardins, Farol da Ilha, Brisas e Pleno. Continuaremos em defesa dos maranhenses”, afirmou Wellington.

Entre os encaminhamentos da audiência, no que cabe à Assembleia Legislativa do Maranhão, coleta-se assinatura para instaurar Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI, destinada a apurar todas as falhas de ordem técnica e estrutural que caracterizam os condomínios que foram entregues pela Construtora Cyrela, além de investigar a possibilidade de prática de crimes e irregularidades na liberação de licença ambiental, para construção e habite-se. A CPI já conta com a assinatura do deputado Wellington do Curso.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Publicidade



Busca no Blog