Prefeito Edivaldo entrega em março mais um Ecoponto como parte da política de limpeza urbana

Publicado em   28/fev/2018
por  Caio Hostilio

O prefeito Edivaldo inaugura no mês de março um novo Ecoponto. O equipamento, o 10º construído pela Prefeitura de São Luís, vai funcionar no bairro do Anil e será o segundo a ser entregue ainda nos primeiros meses de 2018 à população da capital. Os Ecopontos foram criados com o objetivo de garantir à população um espaço para a coleta seletiva e destinação adequada de materiais recicláveis ou em condições de reuso. Com a iniciativa a Prefeitura, na atual gestão, segue avançando no cumprimento das metas estabelecidas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos.

O novo Ecoponto vai ampliar o número de moradores já beneficiados e de bairros atendidos por esses equipamentos. Atualmente, a Prefeitura tem nove Ecopontos em pleno funcionamento e 300 mil moradores beneficiados diretamente, pois cada Ecoponto atende também aos bairros localizados em um raio de 2 quilômetros do seu entorno. Com os equipamentos, a Prefeitura de São Luís já conseguiu abranger 78 bairros e quase 30% da população da capital.

Localizado na Rua 02, as obras do Ecoponto Anil foram iniciadas em janeiro deste ano e avançaram apesar das fortes chuvas deste início de 2018. As baias de alvenaria para acondicionamento de materiais recicláveis já estão concluídas, faltando apenas a colocação das placas de identificação que em todos os Ecopontos já em funcionamento seguem os padrões definidos de coleta seletiva: amarelo para metal, azul para papel, vermelho para plástico e verde para vidro. As instalações sanitárias e parte administrativa também já foram concluídas.

Agora os operários trabalham na concretagem do piso para manobra de veículos durante a descarga nas caixas estacionárias e na pavimentação com pedra brita da área de circulação de veículos e pedestres. “A estrutura dos Ecopontos foi projetada para ser uma área de fácil circulação de pessoas e veículos, de fácil identificação dos setores e com um modelo de adaptação às características do terreno onde cada unidade é construída. Por isso, é uma obra que avança com rapidez, seguindo determinação do prefeito Edivalo”, informou a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela.

EXPECTATIVA

Com a inauguração marcada para o mês de março, o Ecoponto Anil é aguardado pela comunidade. Isto porque como ocorreu com os demais Ecopontos, o do bairro Anil está sendo instalado em uma área conhecida por ser um ponto de descarte irregular na comunidade. Por causa das chuvas os moradores preocupavam-se com a proliferação de criadouros para o mosquito Aedes aegipty, que transmite doenças como a dengue, chikungunya e zika vírus.

A dona de casa Izabel Ramos mora em frente às obras do Ecoponto e lembra como era o local antes do início dos trabalhos. “Este terreno era um matagal que servia de lixão. Era muito comum caçambas chegarem aqui qualquer hora e despejar todo tipo de entulho. Quem mora aqui sabe o quanto os mosquitos e o mau-cheiro nos incomodava. Agora eu acredito que nossa situação vai melhorar”, disse.

ECOPONTO ANIL

O Ecoponto Anil será o décimo a entrar em funcionamento em menos de dois anos desde o início da implantação desta política de limpeza urbana da Prefeitura de São Luís. O primeiro Ecoponto, localizado no Parque Amazonas, foi inaugurado em maio de 2016. Ao longo de 2016 foram entregues à população os equipamentos do Bequimão, Angelim e Turu. Em 2017, entraram em funcionamento os Ecopontos Jardim América, Jardim Renascença, Residencial Esperança e Cidade Operária. Em janeiro de 2018 o prefeito Edivaldo inaugurou o Ecoponto São Francisco, localizado na Avenida Ferreira Gullar.

Neste período, em São Luís, mais de 10 mil toneladas de resíduos recicláveis ou passíveis de reutilização foram recebidas nos Ecopontos, retornando à cadeia produtiva e diminuindo a demanda por matéria-prima. Com os Ecopontos a Prefeitura de São Luís consegue, ainda, eliminar pontos de descarte indevido no entorno do equipamento, pois a população passa a contar com um espaço adequado para a entrega de resíduos sólidos domiciliares que não são recolhidos pela coleta domiciliar convencional.

SAIBA MAIS

Localização dos Ecopontos
– Ecoponto Anil
Rua 02, s/nº, Anil (próximo à agência do Banco do Brasil)
– Ecoponto Parque Amazonas
Avenida dos Africanos, s/nº, Bairro de Fátima, entrada do Parque Amazonas;
– Ecoponto Angelim
Rua 27, s/nº (antes do Makro, próximo ao Restaurante Chico Noca);
– Ecoponto Bequimão
Avenida 1, s/nº, Bequimão, ao lado do CRAS
– Ecoponto Habitacional Turu
Travessa G, s/nº, Habitacional Turu, próximo ao antigo Mateus Supermercados
– Ecoponto Jardim América
Avenida 03, s/nº, Jardim América, ao lado da União de Moradores
– Ecoponto Jardim Renascença
Rua Netuno, próximo à Paróquia de São Paulo Apóstolo
– Ecoponto Residencial Esperança
Rua Doutor Ribeiro, s/nº, Residencial Esperança
– Ecoponto Cidade Operária
Avenida Este 203, s/nº, Cidade Operária, próximo ao Campo do Real
– Ecoponto São Francisco
Avenida Ferreira Gullar, próximo à Estação Elevatória da Caema

Que materiais são recebidos nos Ecopontos?
ELETRÔNICOS: televisão, monitores, celular, impressoras, mouses, teclados, etc – até três unidades
ENTULHO: resíduos de construção civil, como tijolos, telhas, gessos etc – até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
MADEIRAS: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
ÓLEO DE COZINHA: até 5 litros
PNEUS: até 4 unidades
PODAS DE ÁRVORE E RESTO DE CAPINA: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
RECICLÁVEIS: plástico, papel, isopor, metais, vidros, etc (até 300 litros – 3 sacos grandes)
VOLUMOSOS: móveis, sofás, colchão etc (até dois volumes)
*Quantidades por pessoa/dia

Que materiais os Ecopontos não recebem?
Lixo doméstico
Animais mortos
Resíduos hospitalares
Resíduos perigosos/contaminados: pilhas, baterias, lâmpadas, cartuchos/tonner etc

Qual o horário de funcionamento dos Ecopontos?
Segunda-feira a Sábado, das 7h às 19h

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Publicidade

Busca no Blog