Para Roseana, Flávio Dino destruiu a atração de investimentos…

Publicado em   02/dez/2017
por  Caio Hostilio

Em entrevista exclusiva ao Portal Hoje, a ex-governadora Roseana falou de diversos assuntos que a leva a disputar o governo do Estado em 2018, mas uma de suas fala que mais chama a atenção e o distanciamento da gestão de Flávio Dino na atração de investimentos para o Maranhão, cujo resultado é o desemprego e o sumiço da renda, que deixa todos em dificuldades.

Um dos pontos fortes da ex-gestão de Roseana foi exatamente a atração de investimentos, como exemplo a Celulose em Imperatriz, além da infraestrutura para acomodar os investimentos a serem atraídos e, assim, podermos ver a tão sonhada geração de emprego e renda.

A gestão de Flávio Dino retrocedeu, pois começou a afugentar investimentos, como a da própria Celulose em Imperatriz, que tinha planos surpreendentes, porém definhou pela falta da parceria do governo do Estado.

Outro fator preponderante para o afastamento de investidores, a ex-governadora Roseana foi muito feliz ao falar das perseguições aos pequenos e médios empreendedores e até ao pequeno agricultor, coisa que leva ao desanimo e por conseqüência o desemprego, tal como vemos por todo o Maranhão.

O reflexo desse afugentamento de investimentos esse blog tratou aqui através da matéria “Falta de perspectiva está levando milhares de maranhenses como mão de obra barata para cidades do Goiás” (clique sobre o título para ler o texto), publicada no dia 09 de outubro de 2017, onde disse entre outras coisas: O afugentamento de investimentos no Maranhão, que estavam gerando emprego e renda aos maranhenses e a falta de perspectiva para atração de empresas para o Estado, são fatores preponderantes para que milhares de pais família maranhenses tentem sobreviver no Goiás. Cidades como Goiânia, Caldas Novas, Anápolis, Pires do Rio e etc. estão tomadas por maranhenses das mais diversas cidades do Maranhão. Os empresários goianos, por sua vez, estão adorando, haja vista que contratam esses maranhenses com salários baixos e até mesmo de forma que não respeita os ditames da lei trabalhista em vigor.

É preciso resgatar o crescimento do Maranhão, que definhou nesses últimos de três de governo Flávio Dino…

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Busca no Blog