O Congresso vai debater a idéia louvável de um porto seco em Caxias-MA

Publicado em   23/fev/2017
por  Caio Hostilio

Na verdade, esse debate é importante para o desenvolvimento do Maranhão, haja vista que o estado tem um porto super viável logisticamente para as exportações de toda natureza, pois fica próximo do canal do Panamá, fazendo uma ponte mais rápida e barata com o comércio no Continente Asiático, além de sua proximidade com o Continente Europeu e com a América Anglo-saxônica. Também, o Maranhão tem duas ferrovias importantes: Carajás e Norte/Sul.

Contudo, é importante lembrar que Caxias está próxima da ferrovia transnordestina, com isso um porto seco na região seria de grande valia para a geração de emprego e renda, e o desenvolvimento social e econômico. O ex-deputado federal Paulo Marinho e o senador Roberto Rocha estão corretos em levar esse debate para uma instância federal.

Vale ressaltar que os portos secos podem ajudar a logística nacional, diminuindo custos e prazos para importações e exportações, pois é através de portos secos as exportações já chegam ao porto marítimo prontas para o embarque, diminuindo tráfegos, esperas e burocracias no local de embarque; para as importações, tiram-se os produtos dos portos com pouco (e caro) espaço de armazenagem e, também, trazendo agilidade e ganhos econômicos em grande escala para as os agentes de comércio exterior, os portos secos nunca estiveram na pauta principal dos investimentos federais.

Que pena, que os gestores brasileiros estão aquém da modernidade e o investimento correto!!!

Não se ver no Brasil uma política pública de investimentos neste setor decisivo e estratégico.

Quem esses dois maranhenses lutem por esse projeto para o desenvolvimento do Maranhão, que tem como principal tesouro sua localidade geográfica e o seu plantio de soja, que tanto precisa de uma logística inovadora para diminuir os custos dos produtores.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Busca no Blog