Deputada diz que Gil Cutrim, presidente da FAMEM, deve entrar na justiça para garantir custeio aos hospitais de 20 leitos

Publicado em   28/ago/2015
por  Caio Hostilio

DSC_2745Nesta quinta-feira (27), a deputada Andrea Murad (PMDB) voltou a cobrar a manutenção do governo para os hospitais de 20 leitos que estão presentes em 44 municípios maranhenses. A preocupação se intensificou com as declarações do Secretário de Estado da Saúde, Marcos Pacheco, durante reunião com prefeitos e secretários municipais de saúde, que disse não saber o que fazer com os hospitais. “Aí as pessoas me perguntam: o que vc vai fazer com os hospitais de 20 leitos? Eu sei lá pô! Quem tem que dizer o que vai ser feito é a regional, não sou eu”, declarou o gestor. A deputada sugeriu a intervenção da FAMEM para que o diálogo avance e os hospitais sejam mantidos.

“O presidente da FAMEM, Gil Cutrim, se tiver vontade, através do órgão, tem capacidade jurídica de representar todos os municípios para lutar pelo interesse e conseguir a continuidade de repasse para ao hospitais de 20 leitos. A FAMEM, pode representar todos os municípios e brigar pelo repasse de R$ 100 mil para os hospitais que são uma grande conquista para o povo, não são para os prefeitos, não são para os políticos e sim uma grande conquista para o povo maranhense. Enquanto o Governador Flávio Dino quer fechar os hospitais, o povo quer que eles estejam abertos atendendo a população nos seus municípios. Então, acho que o Presidente da FAMEM, o Gil Cutrim, deve lutar pelas causas dos prefeitos e não do governo. Eu realmente vou estar aqui na torcida para que o Gil Cutrim faça aquilo que ele foi eleito para fazer, que é defender os municípios maranhenses”, discursou.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos