Cadê a PEC 300?

Publicado em   14/jul/2015
por  Caio Hostilio

Esse assunto foi debatido aqui nesse blog por diversas vezes “exclusivamente”, principalmente pelo post “Hei Flávio Dino, o que tem a ver PEC 300 com Diálogos pelo Maranhão?“, publicado no dia 14/05/2014, onde disse: Abaixo uma passagem do áudio gravado nas dependências da EMBRATUR em pleno horário de trabalho, em 2013.“…a questão dos bombeiros e da estrada de Amarante. Eu sei que uma das coisas que mais tenho dito dentro da nossa instituição (aparentemente a associação de policiais do sul) é a questão da melhoria salarial e da valorização do policial no estado do Maranhão. Eu tenho dito no quartel, e aí eu falo em São Luís, falo em Imperatriz, que a gente precisa construir já, no Maranhão, uma nova segurança pública. Já falei isso pro cabo Nilson, já falei pra (…) Noleto, falei pro próprio Márcio Jerry, em São Luís, já falei lá em Imperatriz e Amarante, e agora to tendo a oportunidade de falar para o senhor pessoalmente … Porque, do jeito que o senhor -tem feito o ‘diálogos do maranhão… (risos, após alguém fazer uma observação incompreensível no áudio)”

sousaneto1Sousa Neto (PTN) cobrou nesta terça-feira (14), na tribuna da Assembleia Legislativa, a aprovação da PEC 300, que pretende igualar os salários dos policiais militares em todos os estados, tendo por base o valor que atualmente é pago no Distrito Federal, na faixa de R$ 4,5 mil.

A ida do Projeto de Emenda Constitucional para votação foi uma das promessas de campanha do governador Flávio Dino. Sousa Neto leu inclusive trechos de uma reunião realizada com a presença de policiais militares e bombeiros no ano passado, em Brasília, quando o governador e então candidato ao governo do estado, prometeu que assim que eleito fosse, enviaria para a Assembleia Legislativa a PEC para aprovação

“Se até lá a gente não construir, primeiro, a gente precisa ganhar, claro, em a gente ganhando, se até lá vocês não acharem uma saída nacional, a gente constrói uma lá na Assembleia, nada impede”, prometeu Flávio Dino durante a reunião.

Ainda durante o discurso, Sousa Neto ressaltou que os policiais votaram acreditando na promessa de melhorias salariais e que apesar da  recente promoção ter saído para alguns, ainda faltavam compromissos firmados em campanha que precisam ser cumpridos como o Termo de Compromisso assinado para modificar a Lei de Organização Básica de forma a garantir que os soldados da Policia Militar possam ascender na carreira até o posto de coronel e principalmente a ida da PEC 300 para votação na Assembleia Legislativa  “Senhor governador, traga esse Projeto de Emenda Constitucional para cá, para esta Assembleia, que caso vossa excelência não mande, amanhã, darei entrada a essa Proposta de Emenda da Constituição Estadual do Maranhão”, concluiu.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos