E ainda tem imbecil contra a menor idade penal!!! Os assassinos e estupradores do Piauí por ser menores irão ter pena apenas de 3 anos

Publicado em   10/jul/2015
por  Caio Hostilio

content_MENORES-CASTELO-DO-PIÉ muita impunidade nesse país e ainda tem idiotas contra a condenação de bandidos como esses numa pena máxima ou até perpetua, coisa que seria o mínimo pelo crime praticado por esses bandidos!!! Vão deitar e rolar, podendo praticar novamente toda essa barbárie por ver que tudo valeu à pena, pois ficaram presos por três aninhos!!! Esse blog acompanhou o caso através das matérias: “Após estupro, garotas foram jogadas de penhasco com mais de cinco metros de altura“, publicada no dia 28/05/2015; “Que tal arrancar a língua e cortar as mãos também? Delegada defende castração dos suspeitos de estupro coletivo no Piauí”, publicada no dia 29/05/2015; “Os violentadores são adolescentes!!! Estupro coletivo em Castelo: quem são os 4 garotos mais odiados do PI”, publicada no dia 03/06/2015; “As meninas estupradas!!! Celebrada missa de sétimo dia de vítima de estupro coletivo no Piauí”, publicada no dia 13/06/2015, entre outras matérias publicadas…

UOL

A Justiça do Piauí determinou a internação por três anos dos quatro adolescentes acusados pelo estupro coletivo em Castelo do Piauí, ocorrido no dia 27 de maio. A sentença também abrange as tentativas de homicídio de três jovens e o homicídio de uma delas. A decisão saiu na quinta-feira à noite (9). O prazo para a conclusão do processo terminaria no sábado (11).

Os jovens vão ficar internados no Centro Educacional Masculino, em Teresina, onde devem cumprir a medida socioeducativa pelo período máximo previsto pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

As adolescentes com idades entre 15 e 17 anos foram estupradas quando subiam o Morro do Garrote, ponto turístico de Castelo do Piauí. Elas foram dominadas por quatro adolescentes e um homem de 40 anos, que as amarraram em árvores e espancaram com pontapés, pedradas e pauladas.

Após ficarem desacordadas, foram estupradas, arrastadas e jogadas de cima de um penhasco da altura de um prédio de três andares. Exame de DNA comprovaram a autoria do estupro.

O Ministério Público do Piauí denunciou os menores à Justiça por atos infracionais análogos a estupro qualificado (contra menor de 18 anos), homicídio com cinco qualificadores (motivo torpe, tortura acometida por meio cruel, impossibilidade de defesa das vítimas, ocultação do crime de estupro e feminicídio), tentativa de homicídio e associação criminosa.

Já Adão José da Silva Sousa, 40, o único adulto envolvido, foi denunciado por porte ilegal de arma, estupro qualificado, homicídio com as mesmas cinco qualificadoras, tentativa de homicídio, corrupção de menores e associação criminosa com aumento de pena por envolvimento de menores. Caso seja condenado por todos os crimes, ele poderá pegar 151 anos e dez meses de prisão, segundo cálculos do MPE.

A última das adolescentes que foram vítimas do estupro recebeu alta no último sábado (4) após mais de um mês de internação. Segundo o HUT (Hospital de Urgência de Teresina), a jovem ainda está em Teresina, na casa de familiares, e passa por acompanhamento psicológico na rede de saúde na capital piauiense.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos