Ele ama o seu semelhante? Idosos devem se apressar e morrer, afirma ministro das Finanças japonês

Publicado em   23/jan/2013
por  Caio Hostilio

Taro Aso, 74 anos, fez a declaração polêmica durante reunião do Conselho Nacional de Reformas da Segurança Social. Ministro reconheceu que linguagem foi inapropriada

ministroO ministro das Finanças japonês, Taro Aso, 74 anos, fez uma declaração polêmica nessa segunda-feira (21/1). De acordo com o político, os idosos do país “deviam se apressar e morrer”, notíciou o britânico The Guardian.

“Que Deus nos livre de ser forçado a viver quando se quer morrer. Eu acordaria me sentindo incrivelmente mal sabendo que (todo meu tratamento) foi pago pelo governo”, afirmou durante reunião do Conselho Nacional de Reformas da Segurança Social. “O problema não sera resolvido a não ser que eles se apressem e morram”, emendou.

No Japão, quase 25% dos 128 milhões de habitantes têm mais de 60 anos. A proporção aumenta para 40% ao considerar a população com mais de 50 anos.

As frases do ministro preocupam o novo primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, que teve que abandonar o primeiro mandato, em 2007, um ano após ter assumido.

O ministro das Finanças fez questão de salientar que recusaria um tratamento para prolongar a vida. “Eu não preciso desse tipo de cuidado”, afirmou.

No entanto, Taro Aso reconheceu que a linguagem utilizada foi inapropriada. Ao The Guardian, ele se explicou. “Eu disse aquilo que acredito pessoalmente, não falei sobre como o tratamento para os mais velhos deve ser”, colocou.

  Publicado em: Governo

7 Responses to Ele ama o seu semelhante? Idosos devem se apressar e morrer, afirma ministro das Finanças japonês

  1. Pingback: Ele ama o seu semelhante? Idosos devem se apressar e morrer, afirma ministro das Financas japones | Governo & Política – DEAQWEB

  2. Fábio de Moras Barros says:

    Será que esse assunto ou declaração não foi para o jurássico Jose´Sarney……..LARGA O OSSO SARNEY, CREDO…

  3. Antonio Lima says:

    Professor, politico sem escrúpulo é igual tem todo lugar…
    Vamos aguardar para vê o desfecho dessa insanidade… Por muito menos, naquele País, alguns já deram cabo da vida, espero que ele tenha em si a coragem que exige dos outros.
    Cruz credo!!! Deus nos livre e guarde!!!

Deixe uma resposta

Publicidade



Busca no Blog