O Maranhão e os seus grupos políticos pra lá de heterogêneos…

Publicado em   02/nov/2012
por  Caio Hostilio

Na verdade, são dois grupos que se embolam!!! Todos já comeram no mesmo prato, Muitos já cuspiram nesse prato, vão e voltam…

São pessoas de um sentimentalismo a flor da pele. Qualquer coisa magoa essas pessoas, assim como elas são fácies de trair e serem traídas. Simplesmente um barato!!!

Leio o desabafo de Zé Reinaldo em artigo do JP. Quantas verdades e traições!!! Faltou ele dizer: “Flávio Dino, o único mandato que você teve na vida foi eu que lhe dei de presente”.

Mas as magoas levaram José Reinaldo a falar muitas verdades, principalmente à de que o prefeito de fato de São Luís será Flávio Dino. Contudo, aposto que sua estratégia não é apresentar nenhum trabalho exemplar nesses um ano e oito meses, haja vista que capacidade em gestão ele não tem para isso e sequer conhecimento em mudanças inovadoras ou quiçá em mágica para fazer as transformações.

Qual será o discurso? O governo Roseana não deixou a Prefeitura trabalhar!!! Aposto um doce…

Aí vejo modificações no governo Roseana e fico sem entender nada…

Simplesmente tira um engenheiro da Secretaria das Cidades e o nomeia Secretário de Educação. Pedro Fernandes vinha desempenhando um excelente trabalho à frente da Secretaria das Cidades exatamente por ser um engenheiro e conhecer bem o andamento das obras do PAC.

Mas quais são os seus conhecimentos sobre a área educacional? Quais é entendimento sobre o Estatuto do Magistério? Se a governadora o colocou visando a atividade meio, como construções de escolas e controle orçamentário, eu poderia até entender, mas a atividade fim, como fica?

Desloca Hildo Rocha para Secretaria das Cidades. Mas como? Hildo Rocha é engenheiro? Saberá conduzir as obras do PAC como vinha sendo conduzida por Pedro Fernandes? O perfil de Hildo Rocha é de homem de bastidores!!!

Sabem de uma coisa? Cheguei à conclusão que hegemônico no Maranhão é mesmo a Fábrica de Cuscuz Ideal e a Fábrica de Pipa (papagaio) do Caveira!!!

  Publicado em: Governo

18 Responses to O Maranhão e os seus grupos políticos pra lá de heterogêneos…

  1. Daniel Melo says:

    Sobre o emprestimo que sua desgovernadora pediu…vergonha.
    Assim fica fácil fazer o sucessor. Primeiro, um empréstimo de R$ 3.8 bilhões para fazer durante dois anos convênios com prefeitos aliados e não aliados (Imperatriz que o diga); Segundo, um conselho composto de seus principais secretários todos em prol do secretário da casa civil e por último, o senador Lobão ainda nem saiu do hospital e já o deixaram para trás. Meu amigo, o que esse pessoal não será capaz de fazer contra o povo do Maranhão?

    • Caio Hostilio says:

      Vergonhonso são as desculpas esfarrapadas contra um emprestimo que melhorar e trará qualidade e viabilidade de ganho em logística, infraestrutura, saúde, educação, agricultura… Não se pode confundir alhos com bugalhos!!!

  2. XAna Marx says:

    Rapaz, parece briguinha de grêmio estudantil ! Tudo isso é futrica.
    Jamais esse Conselho Politico da governadora, se existe mesmo da forma descrito por muitos, tomaria decisão de tal envergadura sem antes consultar Sarney pai e filho, assim como o próprio Lobão. Não tem nada disso não. O conselho politico é do governo do estado, numa visão politica e administrativa.
    Quanto a 2014 o conselho politico é outro: Sarney e Fernando Sarney, Roseana e Jorge Murard, Lobão, João Alberto, Sarney Filho, e Gastão Vieira. Eles decidirão. Nenhum mais.

  3. ELLY FREITAS says:

    ELLY FREITAS
    SÓ OS IDIOTAS NÃO PERCEBEM ESSA PALHAÇADA DE FAZER EMPRÉSTIMO PARA AJUDAR A POBREZA… ISSO É TUDO UM VERDADEIRO ENGODO… ESSE SUJEITO PENSA QUE OS MARANHENSES NÃO OTÁRIOS…

    • Caio Hostilio says:

      Que sujeito? A presidenta Dilma? Pois isso é um projeto dela, com aval do Congresso Nacional e do Banco Central, além do BNDES não ser um agiota…

  4. Sidarta Marins says:

    OLHA SÓ CAIO, COMO O MARANHÃO ESTÁ….VERGONHA
    Cada maranhense, inclusive mulheres e crianças, vão começar 2013 devendo R$ 746,00
    Já que para o governo Roseana Sarney “Governar é Fazer Dívidas”, a Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta a toque de caixa, no ritmo determinado pelo Palácio dos Leões, o empréstimo de R$ 3,8 bilhões, aumentando a dívida do estado somente neste governo para R$ 5 bilhões.

    Com uma população de 6 milhões e 700 mil pessoas, cada maranhense vai ficar devendo R$ 746,00, inclusive os que ainda vão nascer, já que esse pagamento será cobrado das futuras gerações.

    Pelo projeto aprovado pela AL, o maranhense que vai pagar a conta não sabe e nem tem a garantia a onde e como serão aplicados esses recursos, ainda mais quando o pedido de empréstimo foi feito dois dias antes da considerada vitória de Flávio Dino nas eleições de São Luís.

    Além das incertezas sobre o destino de tanto dinheiro, o empréstimo faz estourar o limite de endividamento do Estado estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, fixado em 16% da receita corrente líquida do Estado aualmente. Com mais esse novo empréstimo o endividamento chega a 44% da receita.

    • Caio Hostilio says:

      Isso é balela, pois se o dinheiro for investido em logística e infraestrutura, além de implementar a agricultura, a educação e a saúde, cada maranhense vai ter um lucro imensurável, pois a geração de emprego e renda aumentará muitooooo. Isso é ter visão!!!

  5. Sidarta Marins says:

    Você ver TV Senado,tem visto SENADORES do MARANHÃO
    fazendo uso da TRIBUNA em defesa de PROJETOS para o MA?Talvez faça
    agora o Senador JOÃO ALBERTO para dizer que está de volta e VOTAR
    conforme instruções do Presidente do Congresso Nacional,né?
    Faça aí sobre o que fazem os senadores e dep. federais…duvido !?

    • Caio Hostilio says:

      Mas do que eu falo?
      Em minha opinião, Mudança e novo no Maranhão continua sendo José Sarney, que aos 82 anos é o dono do projeto que muda o código penal, assunto mais debatido nesse país, e o Pacto Federativo, que foi elogiado por todos, além de ser o político mais procurado em Brasília para resolver os mais diversos problemas dos estados.

  6. MAra Mazan says:

    EI CAIO É UM EMPRÉSTIMO E NÃO DOAÇÃO, COM CERTEZA PAGAREMOS ESSA CONTA MAIS TARDE COM O AUMENTO DA CARGA TRIBUTÁRIA OU UMA FORTE CONTENÇÃO DE DESPESAS, O QUE PODE SER MUITO BOM NESSE MOMENTO E DEPOIS VIRAR UMA FORTE RESSACA PROLONGADA

    • Caio Hostilio says:

      SE você está falando do BNDES, não se trata de nada disso, mas sim de um programa do governo federal para fortalecer os estados do Nordeste, tudo aprovado pelos poderes e pelo Banco Central… É preciso deixar a politicalha de lado é ver o lado correto.

  7. Django Maia says:

    Aqui no Maranhão, a Prefeitura de São Luís iniciou a construção de uma linha para veiculo leve sobre trilhos, e o Estado não botou um real. Em São Paulo, por exemplo, o metrô é todo ele sob a responsabilidade do governo estadual. Aqui em São Luís, o governo de Roseana não botou um real para o transporte de massa, nem um real, e impediu que os próximos governadores façam isso, porque ela está esgotando toda a capacidade de endividamento do Estado

  8. Django Maia says:

    Comentando a fala do deputado Rubens Junior: “E nenhum de nós, deputados estaduais do governo ou da oposição, sabe como foram gastos os R$ 800 milhões dos dois primeiros empréstimos. Nenhum de nós”. Agora a pergunta: Não é dever dos ‘nobres’ deputados procurarem saber onde foi parar esse dinheiro? Eles não estão lá para fiscalizar as ações do executivo? Então não estão fazendo seu trabalho direito. Sinto muito, mas aí tem a conivência de quem deveria “ficar de olho” na aplicação dos recursos.

  9. Zartur says:

    PARA O GOVERNO ESTA TUDO BEM, QUEM PAGA MESMO SÃO OS CONTRIBUINTES, GOVERNISTA ESTÃO DE OLHO NA PORCENTAGEM DESSE DINHEIRO A SER DISTRIBUÍDOS.

Deixe uma resposta

Publicidade



Busca no Blog