A verdadeira identidade de um povo está na sua cultura…

Publicado em   31/ago/2011
por  Caio Hostilio

A identidade de um povo está na sua cultura. Podemos entender como tudo aquilo que é construído pelo ser humano. Inclui os mitos, símbolos, ritos, todas as crenças, todo o conjunto de conhecimentos e todo o comportamento etc. Portanto, conhecer e valorizar a nossa cultura são auto-afirmações do que somos. Do contrário, poderemos ser conduzidos por qualquer maré que chega. Por exemplo, ser conduzidos pelo fenômeno da globalização (Não considerado seus valores) que busca homogeneizar as culturas locais a fim de controlar as nações do mundo com as doutrinas capitalistas. Este processo chama-se aculturação. Quer dizer, a infusão de uma cultura sobre outra a fim de matar uma.

Já a inculturação, por sua vez, pode ser considerada um fator positivo ou negativo, pois alude a incorporação de elementos de uma na outra. Falo negativo e positivo, porque o processo pode dar-se de modo imposto ou partilhado.

Contudo, as gestões públicas não se preocupam muito com os movimentos que mantém a chama acessa da identidade do povo… Talvez por achar desnecessário manter viva essa identidade, cujo nascimento vem das classes mais desfavorecidas.

Diante dessa premissa, é certo valorizar a cultura popular, haja vista que ela e tão importante quanto à literatura, a arte plástica, a arquitetônica etc. Foi através da cultura popular que pesquisas antropológicas e sociológicas chegaram a diversas características de nossos antepassados.

Uma das estratégias do capitalismo é apresentar lixos culturais através dos meios de comunicação de massa e outros meios. Chega até nós através da música, das propagandas comerciam auditivas e visuais, através da internet, principalmente através da TV, responsável por criar modismos incoerentes à vida de sofrimento do povo; criar deuses falsos a fim de ludibriar através da estética. Também, difundindo o estrangeirismo da língua e outros costumes.

A cultura de massa não pergunta se o povo quer, ela impõe. Por isso, não poderia de parabenizar o Iphan pelo registro do Bumba-meu-boi como Patrimônio Cultural do Brasil. Também a governadora Roseana Sarney, que sempre manteve viva a cultura popular maranhense, valorizando os grupos folclóricos.

Viva a verdadeira identidade de um povo… A sua cultura popular!!!

  Publicado em: Governo

10 comentários para A verdadeira identidade de um povo está na sua cultura…

  1. […] É preciso amar a cultura!!! Foi com essa intenção que no dia 31 de agosto de 2011, escrevi “A verdadeira identidade de um povo está na sua cultura…” […]

  2. […] É preciso amar a cultura!!! Foi com essa intenção que no dia 31 de agosto de 2011, escrevi “A verdadeira identidade de um povo está na sua cultura…” […]

  3. É preciso conhecer nossa cultura para valorizar nossa escanência e firmar nossa identidade cultural.

  4. […] em agosto 31, 2011 por Caio […]

  5. ndombassi disse:

    sim devemos valorizar a nossa cultura porque ela e enterna

  6. […] dia 31/08/2011 escrevi “A verdadeira identidade de um povo está na sua cultura…”, onde disse nos dois primeiros parágrafos exatamente uma idéia para que se possa mensurar esse […]

  7. […] que todos que vivem a cultura de um povo, deixo aqui o que escrevi no dia 31/08/2011, “A verdadeira identidade de um povo está na sua cultura…”, onde disse entre outras coisas o […]

Deixe uma resposta para Caio Hostilio Cancelar resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos